XP Expert

Criptomoedas: O que são dados on-chain? Entenda

A análise on-chain é uma análise fundamentalista das criptomoedas para auxiliar na tomada de decisão dos investidores

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Afinal, o que é análise on-chain? Na rede do Bitcoin, também chamada de blockchain, sempre existirão pessoas comprando, vendendo, armazenando e minerando Bitcoins. Dependendo de como esses movimentos acontecem, é possível ter uma perspectiva dos preços do Bitcoin para os próximos meses, considerando o atual ciclo do ativo.

Vale lembrar que essa análise também é útil para demais moedas alternativas (altcoins), pois elas também surfam o mesmo ciclo do Bitcoin. Logo, faz sentido dizer que o movimento do Bitcoin afeta todas as outras criptomoedas. Por essa razão, é comum vermos as cotações de criptomoedas 100% positivas ou 100% negativas para as criptomoedas de maior relevância. Raramente uma criptomoeda se valoriza quando o Bitcoin desvaloriza, e vice-versa.

Leia também: Derivativos de criptomoedas: o que são e como negociar?

Indicadores fundamentalistas

Existe uma série de indicadores fundamentalistas que nos permitem entender em qual fase do ciclo de alta nós estamos. Interpretar esses indicadores nos possibilita concluir se compensa comprar, vender ou manter criptomoedas.

Semanalmente, incluirei alguns indicadores que considero de maior relevância. Explicarei algumas métricas e indicarei também minha interpretação em relação a esses dados.

Balance on exchanges

A métrica Balance on Exchanges está relacionada ao volume de depósitos em exchanges, que pode ser interpretado como um sentimento otimista ou pessimista em relação ao comportamento dos investidores.

Quando esse indicador cai, significa que os usuários estão depositando menos Bitcoins nas exchanges, ou seja, representa uma baixa intenção de venda. Já quando essa métrica aumenta, significa que os investidores estão fazendo mais depósitos em Bitcoin, o que representa uma alta intenção de se desfazerem de suas moedas.

A retomada do Bitcoin em novembro ainda não foi suficiente para fazer com que os investidores, de forma geral, pensem em se desfazer de suas moedas. O preço continua subindo à medida que o balanço nas exchanges segue caindo, indicando uma baixa intenção de venda e um choque de oferta que pode levar os preços a valores exponenciais.

Bitcoin: Balance on Exchanges
Balanço de Bitcoin nas Exchanges em mínima mensal. Fonte: Glassnode

Na minha série Cripto Research, na Levante, realizo análises fundamentalistas como essa para identificar a tendência do Bitcoin de maneira completa, principalmente com base nos indicadores on-chain.

A partir dessa análise, entrego recomendações de criptomoedas relevantes aos assinantes.

Se quiser conhecer a Cripto Research, basta clicar aqui!

Long-Term Holder NUPL

O NUPL (Net Unrealized Profit/Loss) analisa a diferença entre o lucro não realizado e o prejuízo não realizado para determinar se a rede como um todo está atualmente em um estado de lucro ou prejuízo. Qualquer valor acima de zero indica que a rede está em um estado de lucro líquido, enquanto valores abaixo de zero indicam um estado de perda líquida.

Em geral, quanto mais o NUPL se desvia de zero, mais próxima está a tendência do mercado para topos e fundos. Assim, o NUPL pode ajudar os investidores a identificar quando realizar lucro (linha azul) e quando entrar novamente (linha vermelha).

Net Unrealized Profit/Loss. Topos de ciclos foram marcados pelos trechos em azul no gráfico, algo que ainda não ocorreu no atual ciclo. Fonte: Glassnode
Net Unrealized Profit/Loss. Topos de ciclos foram marcados pelos trechos em azul no gráfico, algo que ainda não ocorreu no atual ciclo. Fonte: Glassnode.
Long Term Holder NUPL. Apesar da recente máxima histórica em Novembro de 2021, o NUPL ainda não atingiu os mesmos níveis de Março e Abril deste ano. Fonte: Glassnode.

Com bases nesses indicadores apresentados, vimos que a análise on-chain trata-se de uma análise fundamentalista das criptomoedas para auxiliar na tomada de decisão dos investidores.

Como o blockchain é transparente em relação às transações já ocorridas no passado, é possível obter esses indicadores a partir da atividade na rede. Diferente da análise técnica, a análise on-chain é uma abordagem orientada por dados como, por exemplo, a quantidade de endereços ativos, ou movimentação dos mineradores. Se comparados com os dados históricos, é possível estimar se o preço atual está acima ou abaixo de seu valor fundamental.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.