XP Expert

A batalha das plataformas de smart contracts

Veja a lista de rivais da Ethereum e quem ganhará essa disputa

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Desde o lançamento do Bitcoin em 2009, a exploração da sua tecnologia para desenvolver aplicativos e soluções vem ganhando cada vez mais relevância no mercado. Os contratos inteligentes, conhecidos como smart contracts, estão no centro desta evolução nos últimos anos.

Smart contracts são códigos de computador autoexecutáveis que satisfazem condições contratuais diversas, sem a necessidade de intermediários, ou seja, de forma descentralizada.

Os contratos inteligentes foram fundamentais para a criação e utilização das finanças descentralizadas (DeFi), um dos setores que mais crescem no mundo cripto, como em outras áreas, a exemplo do mercado imobiliário e NFTs.  Abaixo, algumas das possibilidades:

  • Empréstimos
  • Stablecoins
  • NFTs
  • DAOs
  • Supply chain
  • Contratos jurídicos
  • Assistência médica
  • Exchanges descentralizadas
  • Emissão de tokens
  • Gerenciamento de identidade

Ethereum (ETH), a segunda maior criptomoeda do mundo em valor de mercado, foi criada em 2013, especificamente para criar contratos inteligentes e até hoje, é a plataforma mais popular para fazer isso, com aproximadamente 3.000 aplicações descentralizadas (Dapps)

Fonte: State of the Dapps

Quais são os competidores da Ethereum?

Desde de sua criação, a busca do mercado por outras plataformas de smart contracts se deu pela insatisfação provocada pelas altas taxas e tempo de transação da rede.

Como a Ethereum prioriza a descentralização e a segurança da rede, há períodos de congestionamento e suas taxas podem ficar maiores que o valor do ativo que está sendo transacionado.

Por conta desses fatores, plataformas como BNB Chain, Avalanche, Solana, Polygon, entre outras, ganharam notoriedade por seus mecanismos de escalabilidade e grande velocidade de transação, atraindo grande quantidade de investimento nos últimos anos.

BNB Chain

Lançada pela corretora de criptomoedas Binance, a BNB Chain é a segunda principal plataforma de smart contracts. Ela é composta de duas partes, a BNB Beacon Chain e a BNB Smart Chain e compatível com a máquina virtual da Ethereum (ETH), o que significa que os aplicativos criados usam a mesma linguagem de programação para contratos inteligentes, e serve como um ponto central para acessar outras blockchains.

Avalanche

Lançado em 2020 pela Ava Labs, a Avalanche (AVAX), foi projetada para lidar com algumas das limitações das redes blockchain. Ela apresenta uma solução de interoperabilidade, com possibilidade de criar subnets, que são um conjunto de redes capazes de interagir entre si no mesmo ecossistema.

Solana

A plataforma foi criada no final de 2017 pelo cientista da computação Anatoly Yakovenko. Por conta de sua tecnologia, ela pode verificar 65.000 transações por segundo a um custo baixo, e sua proteção conta com um modelo de consenso, que ajuda a proteger a blockchain da Solana, chamada de proof-of-history.

Polygon

Lançado em 2017 com o nome de Matic Network, a Polygon é uma plataforma de Segunda camada, também chamada de Layer 2. Ela funciona como um canal de comunicação entre blockchains e envia os dados de transação, com alta velocidade e custo reduzido sem comprometer a rede principal,  Ethereum, de Primeira camada (Layer 1).

Quem ganhará a disputa?

A Ethereum tem a vantagem do pioneirismo sobre as outras plataformas, possuindo o maior Gross Value Locked, indicador para avaliar a escala de adoção de um projeto DeFi calculando o valor total de todos os ativos bloqueados nos contratos inteligentes, como outras superioridades.

Além disso, ela passa por uma atualização na rede, denominada de The Merge, que promete reduzir drasticamente as taxas cobradas para transações e tempo de confirmação das operações, o que pode manter sua dominância.

Fonte: DefiLlama | The Block

Porém, em nossa análise, é improvável que seja um jogo em que o vencedor leva tudo (winner takes all). Se o mercado de criptomoedas continuar crescendo, todas essas plataformas poderão crescer juntas, oferecendo diferentes tipos de solução para diferentes setores, como por exemplo, a Solana que lidera o volume diário de negociações de NFTs.

Como investidor, é importante lembrar que são novas tecnologias com muitas incógnitas. Cada projeto adotou abordagens diferentes em termos de escalabilidade, segurança e descentralização, sendo sujeitas a falhas, ataques de hackers e dificuldades de gerenciamento.

Também vale ressaltar que a exposição em criptomoedas, ao mesmo tempo que possui alto potencial de retorno, também envolve muitas incertezas e riscos. Caso tenha interesse em investir, sugerimos que seja direcionada apenas uma pequena parcela do seu patrimônio, que não faça falta em caso de perda, e esteja ciente que haverá alta volatilidade nos preços.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.