7 razões para investir em high yield bonds

Recentemente introduzimos nas carteiras sugeridas exposição à ativos de crédito privado estrangeiros com grau especulativo, os high yield bonds. Com isto recebemos muitas perguntas de investidores: quais as razões para investir em high yield bonds?


Compartilhar:


Fixa

Recentemente introduzimos nas carteiras sugeridas Moderada e Agressiva exposição à ativos de crédito privado estrangeiros com grau especulativo, os high yield bonds. Com isto recebemos muitos investidores nos perguntaram: quais as razões para investir em high yield bonds?

É preciso mencionar que, por força de regulação, apenas investidores qualificados podem investir em fundos que apliquem 100% de seu patrimônio fora do país.

Primeiro explicaremos quais os ativos que compõe esta classe. Na sequência falaremos sobre os benefícios de retorno, risco e composição de portfólio que podem ser trazidos por ela.

Conheça o AXA WF US HY, veículo que escolhemos para investir em high yield bonds

O que são high yield bonds?

Bond é a palavra da língua inglesa que designa títulos de renda fixa. Assim, quando falamos em bonds no Brasil, comumente estamos nos referindo à instrumentos de renda fixa emitidos e negociados nos Estados Unidos. Esses papéis são sempre prefixados, ou seja, seus preços flutuam conforme a oscilação de suas taxas de juros negociadas.

O termo high yield indica instrumentos de crédito privado que possuem avaliação de risco (rating) inferior aos instrumentos avaliados como grau de investimento. Também são chamados de títulos com grau especulativo (abaixo de BBB na escala da S&P e Fitch).

Tipicamente os bonds high yield possuem taxas elevadas em relação aos bonds com grau de investimento, pois são classificados como tendo maior risco de crédito.

Para compensar o risco de crédito mais alto, investimos nessa estratégia com uma diversificação enorme de ativos, de modo que nenhum ativo individual possa afetar seu portfólio de maneira significativa.

Agora que sabemos o que são, podemos prosseguir às razões para investir em high yield bonds.

Razão #1 – Taxas altas em relação ao histórico

Poucas vezes na história a taxa de negociação dos papéis high yield atingiram patamares tão elevados. Ainda, quando atingiram, retornaram à patamares mais usuais.

Em especial, podemos observar os picos no spread de crédito no final da década de 80 com a crise de poupança e empréstimos, a bolha da internet nos anos 2000 e a crise de 2008.

Dado o histórico de movimentação das taxas, é esperado que elas voltem a cair com o passar do tempo. Vale também notar que as taxas já iniciaram um movimento de queda, saindo do pico de 10,88% para o patamar de 8%.

Um eventual movimento de queda nas taxas tem potencial para gerar ganhos de capital significantes para o investidor.

Razão #2 – É uma boa forma de aproveitar a recuperação da economia global

Analisando os períodos recentes de dificuldades em mercados globais, podemos notar que, globalmente falando, a classe de high yield bonds se mostra uma forma eficiente e estável de surfar recuperações.

Na bolha da internet, a classe de high yield bonds apresentou o segundo melhor retorno no período de recuperação.

De forma semelhante, na crise de 2008 e no crash do petróleo de 2016, esteve entre as duas classes que mais renderam na recuperação do pós-crise.

É importante notarmos que as demais classes que apresentaram bons retornos em momentos de recuperação não são as mesmas em todas as crises, diferente dos high yield bonds que estão sempre entre os melhores. Além disto, no período de recuperação, esta classe passa por drawdowns relativamente curtos e pequenos.

Razão #3 – Você é remunerado para esperar a recuperação

Num cenário onde as taxas em que são negociados os títulos não sofrem grandes mudanças o investidor recebe, durante o período em que detiver os títulos, a taxa do momento da compra. Esta rentabilidade é também chamada de carrego.

Hoje o portfólio do fundo que incluímos em nossa carteira recomendada, o AXA WF US HY Bonds Advisory FIC FIM IE CP, possui um carrego de aproximadamente 7% em dólar. Recomendamos a compra sem risco cambial, então estamos falando de, aproximadamente, a CDI +5%.

Ou seja, se as taxas destes títulos demorarem para voltar aos seus patamares mais usuais, você estará recebendo CDI + 5% no período de espera.

Invista no AXA WF US HY Bonds FIC FIM IE CP

Razão #4 – Bom retorno ajustado a risco

Observando a tabela ao lado, podemos ver que a classe de high yield bonds possui um Índice de Sharpe bastante alto, perdendo apenas para os bonds com grau de investimento (porém oferecendo um retorno superior).

Isto significa que, na média, esta classe de ativos entrega um bom retorno ajustado à risco.

Porém, vale observar que o pior mês da classe gerou retorno de -15,9%, na eclosão da crise de 2008. Desta forma é necessário que o investidor se lembre que há possibilidade de perda de capital de curto prazo neste tipo de investimento.

Razão #5 – Diversificação

Todos sabemos que é saudável ter um portfólio diversificado. O que nem todos sabem é que para diversificar não basta apenas comprar diversos ativos, você precisa que esses ativos se comportem de forma distinta.

De uma forma técnica, ativos que são bons para diversificação são ativos que possuem baixa correlação com os demais.

Como podemos observar pela tabela, de fato a classe de high yield bonds possui correlação relativamente baixa com os demais ativos.

Razão #6 – Resiliência à crises no Brasil

Como os ativos são emitidos e negociados no mercado americano, é intuitivo entender que crises oriundas de dentro do Brasil não afetem esta classe de ativos.

Ou seja, diferente da crise do coronavírus, que atingiu o mundo todo, a parcela de seu portfólio exposta a essa classe de ativos não estará sujeita a turbulências brasileiras, tais como fricções políticas ou outros problemas inerentes ao país.

+ Quer aprender a viver de mercado? Conheça o curso da Xpeed! 

Razão #7 – Gestão de qualidade

Uma das vantagens dos ativos globais é o acesso à gestores também globais. Incluímos em nossa carteira recomendada o AXA WF US HY Bonds Advisory FIC FIM IE CP, fundo que acessa a estratégia gerida pela Axa Investment Management, gestora com mais de 800 bilhões de euros sob gestão e mais de 750 funcionários dedicados à gestão de recursos.

A versão brasileira do fundo tem ainda pouco histórico, mas a estratégia foi lançada em setembro de 2001, há quase 20 anos. Você pode visitar a página do fundo AXA WF US High Yield Bonds (em inglês) bem como acessar sua última lâmina (ou factsheet).

Além disto, esta estratégia específica oferece grande vantagem em relação ao seu benchmark. O fundo conseguiu se defender bem da queda em março por ter baixa exposição ao setor de petróleo, muito afetado pela guerra de preços entre Rússia e Arábia Saudita.

A carteira do fundo possui um nível de diversificação alto para mitigar risco de crédito. Conta com 161 emissores (divididos em 249 ativos) e maior posição individual de 1,3% do patrimônio líquido do fundo. O histórico de inadimplência do fundo é de apenas 5 eventos de default contra 595 do índice de referência (2002-2020).

Invista no AXA WF US HY Bonds FIC FIM IE CP

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.