Glossário: Fundos de Investimento

Saiba o significado das principais palavras de Fundos de Investimento.

access_time 15/06/2019 - 15:55
format_align_left 3 minutos e 29 segundos de leitura
  1. Ações: Ações representam uma fração do capital social de uma empresa. Ao comprar uma ação o investidor se torna sócio da empresa, ou seja, de um negócio. Passa a correr os riscos deste negócio bem como participa dos lucros e prejuízos como qualquer empresário.
  2. Benchmark: No mercado financeiro, o benchmark é um indicador de referência usado para comparar o desempenho entre ativos financeiros, como o Ibovespa ou a taxa Selic.
  3. Commodities: Produtos que são matérias-primas, como milho, soja, ouro, petróleo, minério de ferro, entre outros. O preço desses produtos é definido pela oferta e demanda dos mesmos.
  4. Derivativos: Os derivativos são aplicações que oscilam de acordo com o comportamento financeiro de outros produtos. Ele possui a sua própria cotação, mas que é lastreada por um segundo ativo-objeto.
  5. Fundo de investimento (FI): Tipo de aplicação financeira que reúne recursos de um conjunto de investidores (cotistas), permitindo assim investir em uma variada cesta de ativos, em diferentes mercados. Essa carteira pode englobar Títulos de Renda Fixa, Títulos Públicos, Títulos Cambiais, Derivativos, Commodities, Ações, entre outros. Quanto mais diversificado o fundo, menor é o risco.
  6. Fundo multimercado: É uma categoria de fundo de investimento que tem uma política de investimentos determinada a mesclar aplicações de vários mercados, como renda fixa, ações, câmbio, entre outros.
  7. Ibovespa: O índice Ibovespa é o principal indicador de desempenho das ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).
  8. Liquidez: É um termo que indica com qual velocidade um determinado ativo pode ser convertido em dinheiro. Ou seja, quanto mais rápido você conseguir vender ou comprar sem que ele sofra uma grande perda de valor, mais liquido ele é.
  9. Long & short: A operação de Long&Short é utilizada em momentos de instabilidade do mercado financeiro, onde se monta uma posição na ponta compradora e outra na ponta vendedora com diferentes ativos, buscando lucrar na diferença da rentabilidade deles.
  10. Long Biased: Os fundos long biased consistem em uma modalidade de fundos de ações. Esta classe de fundos tendem a manter uma exposição maior ao mercado de renda variável, porém utilizando proteções, através de posições vendidas em ações, ou até mesmo por meio de outros ativos, como juros e moedas.
  11. Renda Fixa: Investimentos em que o valor aplicado é emprestado a bancos, empresas ou governo. Sua rentabilidade é combinada previamente, ou seja, o investidor sabe quanto irá resgatar ao final da aplicação.
  12. Taxa de administração: Taxa cobrada sobre o saldo que está investido no Fundo.
  13. Taxa Selic: Taxa básica de juros da economia brasileira, definida pelo COPOM (Comitê de Política Monetária) do Banco Central. O cálculo é feito através da média de juros que o governo paga por empréstimos tomados dos bancos, assim, à medida que a Selic aumenta, os bancos optam por emprestar recursos ao governo e quando a Selic cai, os bancos emprestam dinheiro ao consumidor.
  14. Títulos Cambiais: Papeis que pagam a variação do dólar mais uma taxa de juro predefinida até o seu prazo de vencimento.
  15. Títulos Públicos: São títulos emitidos pelo Governo, por meio do Tesouro Nacional, com a finalidade de captar recursos para o financiamento da atividade pública.

Disclaimer:

As informações contidas nessa mensagem têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Corretora de Seguros Ltda. e qualquer outra empresa do grupo XP se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. Leia o prospecto, o formulário de informações complementares, lâmina de informações essenciais e o regulamento, quando aplicável, do fundo antes de investir. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. Fundos de investimentos não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou do Fundo Garantidor De Créditos – FGC. Para avaliação da performance de um fundo de investimento, é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. As informações presentes neste material técnico são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Descrição do tipo ANBIMA disponível no formulário de informações complementares. Os produtos de seguros e previdência do grupo XP são comercializados pela XP Corretora De Seguros Ltda., com código SUSEP n° 10062846-8 e inscrita no CNPJ sob o n° 10.558.797/0001-09 (“XP SEGUROS”). Todos os produtos distribuídos pela XP Seguros proveem de seguradoras registradas na SUSEP. O segurado poderá consultar a situação cadastral desta corretora pelo site www.susep.gov.br, por meio do número de registro na SUSEP, razão social ou CNPJ. Os recursos dos planos de previdência são aplicados em fundos de investimento que não possuem garantia de rentabilidade podendo, inclusive, ter rentabilidade negativa. O registro do plano na SUSEP não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização esta instituição é aderente ao código ANBIMA de regulação e melhores práticas para atividade de distribuição de produtos de investimento no varejo. Os dados mencionados neste material foram extraídos de fonte externa e podem apresentar distorções, não se comprometendo a XP Seguros. Com a veracidade dessas informações. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações aqui veiculadas. O presente material não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Seguros. Para informações, ligue para 4003-3710 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-880-3710 (demais localidades). Para clientes no exterior o contato é 55-11-4935-2701. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria: 0800 722 3710. Para deficientes auditivos ou de fala favor ligar para 0800 771 0101 (todas as localidades).