XP Expert

XP Innovation Week: Um Admirável Mundo Novo

Nesse relatório, trazemos alguns temas e destaques discutidos durante o evento XP Innovation Week (22-26/nov), onde participaram quase 30 empresas e empreendedores inovadores atuando em diversos setores da bolsa.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Nesse relatório, trazemos alguns temas e destaques discutidos durante o evento XP Innovation Week (22-26/nov), onde participaram quase 30 empresas e empreendedores inovadores atuando em diversos setores da bolsa.

Agronegócio

No dia 23 de novembro, realizamos uma videoconferência com André Glezer (Cofundador e CEO) e Alan Glezer (Cofundador e CFO) da Agrolend, uma Agfintech brasileira com foco em crédito para pequenos e médios produtores. Gostamos do modelo de negócios da empresa, pois compartilhamos da sua convicção de que existe um desequilíbrio entre a oferta e a demanda de crédito por agricultores dessa faixa de renda. A Agrolend terá como meta contratos com tíquetes médios de R$ 200 mil com juros de 16% a 18% ao ano e vencimento em até 12 meses, e os clientes terão experiência 100% digital, facilitando o processo de captação de crédito. Segundo o Sr. Glezer, a Agrolend pode atingir mais de 30 mil clientes e uma carteira de crédito de R$ 10 bilhões. Além do modelo de negócios da empresa, achamos seus economics muito interessantes, pois a empresa acredita que poderia atingir uma margem líquida de 5% -7% e seu modelo backtest das últimas 3 safras mostrou um índice de inadimplência de apenas 1%. (Leonardo Alencar, Pedro Fonseca)

Alimentos

No dia 23 de novembro, realizamos videoconferência com Marcos Leta, fundador e CEO da Fazenda Futuro, uma Foodtech brasileira focada em alimentos plant-based que começou a operar em junho de 2019 e hoje vende produtos para mais de 28 países, apesar da desaceleração causada pela pandemia. Gostamos do posicionamento da empresa, o qual foi reforçado pelo Sr. Leta, de não produzir apenas alimentos para veganos mas focar em proporcionar a mesma experiência de carne real para consumidores que desejam diminuir o consumo de carne, seja por questões de saúde ou outras, aumentando assim o seu mercado endereçável. Estamos vendo muitos players do setor alimentício (como JBS, BRF e Marfrig dentro da nossa cobertura) investindo em plant-based e acreditamos que o mercado crescerá muito nos próximos anos e que as empresas que conseguirem se aproximar da experiência real da carne terão um desempenho superior. Além disso, o Sr. Leta não desconsiderou a expansão para além da carne para outros produtos como leite, ovos e outras categorias não divulgadas. (Leonardo Alencar, Pedro Fonseca)

Bens de Capital

No setor de Bens de Capital, notamos o otimismo da Bravo Motor Company em relação à eletrificação de veículos nos próximos anos, com a empresa bem posicionada para capturar o crescimento futuro do segmento na América Latina, uma vez que suas instalações industriais sejam desenvolvidas no estado de Minas Gerais, no Brasil. Além disso, enquanto o Brasil depende do bioetanol como fonte alternativa para as tendências de descarbonização, a administração espera uma transição progressiva para a eletrificação da frota, com o desenvolvimento da infraestrutura necessária como um impulsionador de crescimento positivo para a WEG (exposta a estações de recarga para veículos híbridos). (Lucas Laghi, Pedro Bruno, Gabriela Ferrante)

Setor imobiliário

Nós recebemos em um de nossos painéis a OLX, focada principalmente no mercado de produtos usados de diversos segmentos (carros, imóveis, vestuário, bens de consumo, entre outros)  e que recentemente comprou a Zap VivaReal no ano passado, consolidando a sua posição de maior website de classificados imobiliários no Brasil. A companhia ressaltou o grande potencial de crescimento da sua plataforma no Brasil para os próximos anos e grandes sinergias a serem destravadas através da integração da plataforma da Zap VivaReal na OLX nos próximos anos. Apesar de não beneficiar as incorporadoras diretamente, dado que a OLX foca principalmente no mercado de unidades usadas (tanto para compra quanto para aluguel),  nós vemos isso como favorável para as incorporadoras de média e alta renda, pois ela promove maior liquidez para imóveis usados. Nós acreditamos que um mercado saudável de imóveis usados é chave para prover liquidez a potenciais clientes que almejam comprar um imóvel novo das incorporadoras. (Renan Manda, Ygor Altero)

Saúde

A startup Klivo utiliza tecnologia e análise de dados para a coordenação do cuidado, visando aumentar o bem-estar dos beneficiários de planos de saúde e, ao mesmo tempo, reduzir os custos médicos das operadoras de saúde. De acordo com o fundador, a empresa já possui parcerias com grandes operadoras de saúde para grupos de beneficiários de maior risco – como portadores de doenças crônicas –, pois são estes os pacientes que apresentam os melhores resultados em termos de redução de custos médicos. As principais iniciativas para abordar esses portfólios são (i) medicina preventiva, (ii) redução da taxa de abandono de tratamentos, (iii) incentivar diagnósticos frequentes e (iv) análise de dados para melhorar a previsibilidade na condição de saúde dos pacientes. A coordenação do cuidado está se tornando difundida nos diferentes segmentos do setor de saúde, e nossa visão é que isto pode se tornar um fator chave para possibilitar métodos de remuneração baseados em qualidade e controlar a inflação médica, trazendo mais estabilidade para o sistema de saúde. (Rafael Barros, Larissa Perez)

Transportes

No setor de Transportes, vemos a reunião com a gestão da “frete.com” (anteriormente conhecida como Cargo X) reforçando a necessidade de uma abordagem baseada na tecnologia para o setor de logística no Brasil, com o objetivo de aumentar continuamente a eficiência no transporte rodoviário de cargas. Apesar de não atender de forma tão profunda às necessidades dos clientes como as empresas tradicionais de logística fazem, a “frete.com” aumenta a eficiência da cadeia logística no transporte rodoviário de cargas ao garantir maior visibilidade de carga aos motoristas de caminhão, conectando motoristas autônomos, empresas de navegação/transporte e originadores de carga. Deste modo, a companhia reduz a ociosidade dos caminhões e, consequentemente, reduz as emissões de carbono (uma tendência para empresas listadas nos segmentos de transporte rodoviário e logística). (Pedro Bruno, Lucas Laghi, Gabriela Ferrante)

Varejo

Em Varejo, tivemos uma série de reuniões com conteúdos diversos, com a maior parte das reuniões focadas no segmento de e-commerce. As principais mensagens dos palestrantes foram i) Live commerce veio para ficar, e na visão da Alive, o comércio puxado por influencers pode atingir cerca de 20% do mercado total em 5 anos, tendo como foco da companhia a criação de um espaço onde as marcas tenham exposição e possam criar e desenvolver suas marcas para o mercado; ii) a UfoWay comentou que vê um cenário desafiador para o segmento de vestuário, uma vez que espera queda de volume em 2022 mas o forte aumento da matéria prima (subindo 40%) deve ser repassado para preços e compensar esse efeito; iii) vimos o time do Lead2b falando da importância da interpretação de dados dos consumidores por parte das companhias, além de ressaltar que ainda existe um longo caminho a ser percorrido, enquanto as empresas que mais movimentam a economia, apenas 10% tem uma jornada digital; e iv) a Unbox viabilizando a estrutura de logística, pagamento e conexão sociais para as PMEs impulsionarem suas vendas. (Danniela Eiger, Thiago Suedt, Gustavo Senday)

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.