XP Expert

Resumo Diário de Política 30/07/2019: Estados chegam a um consenso quanto à reforma tributária

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bolsonaro se envolveu em mais uma polêmica, agora sobre a morte do pai do presidente da OAB durante a ditadura (http://bit.ly/2LOAgH4). A afirmação de que não foram os militares os responsáveis pela morte, mas os próprios colegas do pai de Felipe Santa Cruz, gerou comentários de choque por personalidades e organizações. De impacto para a vida política à frente, uma nota de que “líderes e dirigentes de partidos” pregam uma reação do Parlamento e passaram a defender que o Congresso acabe com as Medidas Provisórias e derrube todos os decretos por meio dos quais Bolsonaro ultrapasse suas funções (http://bit.ly/2LOBpPc). A limitação do poder do presidente é um desejo frequente do Congresso.

Os estados chegaram em um consenso. Isso mesmo, um consenso! quanto à reforma tributária. Os 26 estados e o DF vão assinar documento para que a proposta em discussão na Câmara retire a União do comitê gestor do novo imposto (o IBS, do tipo IVA) e que a Zona Franca de Manaus seja mantida (http://bit.ly/312Xddb). Falta combinar com os russos, nesse caso, o Planalto.

Curtas: Greve de ônibus em São Paulo convocada para amanhã terá duração de 3h, deixando os milhões de usuários raivosos apenas entre as 9h e meio dia (http://bit.ly/313tT6m). A notícia só está aqui por que fizemos o alerta ontem de que poderia ocorrer um movimento maior; governadores do Nordeste se unem para fazer o mais médicos regional (http://bit.ly/31174QQ).

Internacional: Trump arruma confusão no Twitter. Sei que parece, mas não é notícia velha. A troca de mensagens e acusações de ontem foi com o pastor ativista Al Sharpton. A relação dos dois é de longa data e a briga gerou uma série de posts (para quem quiser acompanhar o thread da treta: http://bit.ly/312LNGn); e gastando um tempo com o hemisfério sul, a assinatura de novos termos para a comercialização de energia entre Brasil e Paraguai gerou revolta no país vizinho. Rolaram as cabeças, ainda bem que não literalmente, do chanceler do país, o embaixador no Brasil e dois mandatários paraguaios em Itaipú (http://bit.ly/2LRcnii).

  • Hoje é o 211º dia do governo Jair Bolsonaro.
  • Faz 160 dias que Jair Bolsonaro entregou projeto da previdência à Câmara.

XP Política

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.