Resumo Diário de Política 27/08/2019: PF conclui que Rodrigo Maia cometeu crime de corrupção

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Relatório da PF concluiu que Rodrigo Maia e seu pai, César Maia cometeram crime de corrupção, lavagem de dinheiro e ‘caixa 3’, uma vez que a Odebrecht teria repassado recursos à cervejaria Petrópolis, que então teria feito doações aos políticos nas eleições de 2010 e 2014. O inquérito está com Raquel Dodge, que vai decidir se denuncia ou se pede arquivamento do caso (http://bit.ly/2ZtV0qb e http://bit.ly/2HtcgWh).

Reforma tributária: Uma notícia de hoje aponta que o governo poderia mandar uma versão enxuta de reforma, apenas com a volta de um tributo ao estilo da CPMF para desonerar a folha e mudanças no IR (http://bit.ly/2ZoIckU). Outra fala sobre a intenção de Paulo Guedes atrair os governadores e prefeitos para o IVA federal. Na conta do Ministério da Economia, a alíquota do IVA para unificar os impostos federais precisar ser de 15%. Para incluir ICMS e ISS, subiria para 25%. Uma forma de atrair os entes seria dar uma repasse maior, algo entre 2 p.p. e 2,5 p.p. do novo imposto aos estados e municípios, reduzindo a fatia do governo federal (http://bit.ly/2ZxW6RX).

O governo prepara um pacote para estimular contratações. Seria desonerada e folha de pagamento para contratação de jovens e trabalhadores desempregados há mais de 2 anos, além de dar acesso a microcrédito a pequenos empreendedores (http://bit.ly/2ZoIRmo). Vale lembrar que uma desoneração precisa ser acompanhada de cortes em outras áreas e/ou aumento de arrecadação e sobre isso, ninguém falou.

Curtas: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico”. Poderia ser Sérgio Moro, que ontem disse a aliados que permanece no governo, mas a frase é de D. Pedro I em 1822 (http://bit.ly/2Zq0Top); Paulo Guedes quer R$ 13 bi em dividendos da Caixa e BNDES para liberar recursos contingenciados do orçamento (http://bit.ly/2Zq0nqt); governo recusa US$ 20 mi do G7 para o combate a incêndios na Amazônia (http://bit.ly/2ZuO6kt).

Pesquisas

Tem início hoje o campo da pesquisa XP/Ipespe extra de agosto.

Ontem foi divulgada a pesquisa CNT/MDA, que mostrou a aprovação de Bolsonaro em 29% e sua desaprovação e 40%. O campo foi realizado entre 22 e 25 de agosto. A pesquisa XP/Ipespe do início do mês mostrou aprovação de 33% e desaprovação de 38%.

As áreas mais bem avaliadas do governo foram combate à corrupção e segurança pública. Saúde e meio ambiente foram as áreas consideradas com pior desempenho por parte do governo. Sobre Sérgio Moro, 52% se disseram contra a saída do ministro do cargo e 35% afirmaram que ele deveria deixar o Ministério da Justiça (link para download do PDF: http://bit.ly/30DCDk3).

Pesquisa Veja/FSB explorou possíveis cenários eleitorais. Vale a ressalva que faltam mais de 3 anos para a disputa, o que significa que os números precisam ser encarados como retrato das avaliações recentes. O presidente Jair Bolsonaro teria 35% dos votos no primeiro turno em um cenário com Haddad (17%), Ciro (11%), Huck (11%), Amoêdo (5%) e Dória (3%). No cenário em que o candidato é Sérgio Moro, o ministro tem 27%.

Em cenários de segundo turno, Bolsonaro vence Haddad por 48% x 35% e Dória, por 45% a 29%. Em uma disputa entre Haddad e Dória, o petista venceria por 37% x 33%. A pesquisa foi conduzida entre 16 e 19 de agosto (link para download do PDF: http://bit.ly/2HtbN6t).

Hoje é o 239º dia do governo Jair Bolsonaro.

A reforma da Previdência está há 19 dias no Senado.

Faltam 404 dias para as eleições municipais.

Faltam 434 dias para as eleições nos EUA.

XP Política

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.