XP Expert

Resumo Diário de Política 20/08/2020: Atenções voltadas para sessão do Congresso na Câmara dos Deputados as 15:00

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

As atenções do dia estão voltadas para sessão do Congresso na Câmara dos Deputados, depois de os senadores terem imposto uma dura derrota ao governo, ao votar pela derrubada do veto que impedia o reajuste aos servidores públicos até 2021 (https://glo.bo/327poKl e https://bit.ly/34g0Bqb). O custo potencial gira na casa de R$ 100 bilhões a R$ 130 bilhões. O veto a esse trecho do pacote de ajuda aos estados, em maio, havia sido objeto de disputa de Paulo Guedes no governo, depois de o Congresso ter tido aval do Planalto para aprovar a flexibilização da restrição aos reajustes.

Conversas que fizemos com líderes na Câmara na sequência da votação de ontem indicaram que o governo contava com a manutenção do veto no Senado e não tinha ainda preparado o terreno entre os deputados.

Por isso, o adiamento da sessão de ontem para hoje, às 15h, dá algum tempo ao governo para tentar reverter o quadro — líderes disseram que, se a votação fosse ontem, seria um “rolo compressor”. A queixa é que, enquanto o Senado posaria de “bom moço” com os servidores, à Câmara caberia o papel de vilã.

Líderes na Câmara saíram de reunião de ontem à noite relatando acordo para a manutenção do veto, mas reconhecendo que as bancadas não votarão unidas.

O resultado do Senado também chama a atenção para algo que temos falado aqui: se os senadores não resistiram à pressão para barrar a possibilidade de reajustes, a articulação do governo precisará ser muito maior para que eles topem levar adiante a implementação dos gatilhos previstos na PEC do Pacto Federativo.

Depois da votação de ontem, Paulo Guedes disse que o sinal é “péssimo” e chamou de “crime” o uso de dinheiro emergencial do combate à pandemia para reajustar salário de servidores. (https://bit.ly/3g8pSVy). A frase é forte, mas o efeito no Congresso nem sempre costuma seguir a lógica esperada.

No outro assunto do dia, a prorrogação do auxílio emergencial, Bolsonaro sinalizou ontem que busca um valor intermediário entre os R$ 600 e os R$ 200 (https://glo.bo/3l1SQdn). A ideia sugerida a parlamentares é a extensão até dezembro, no valor de R$ 250 (https://glo.bo/3gbTH7t), para manter o impacto adicional em perto de R$ 100 bilhões (https://bit.ly/2CJo0oB).

E o governo trabalha também na prorrogação do programa de manutenção de emprego por mais 60 dias (https://glo.bo/2EnKE69)

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 21 989 366  casos confirmados e 775,893 óbitos (https://bit.ly/3ge3REZ). 

Segundo a Bloomberg, negociadores dos Estados Unidos e da China pretendem se reunir de forma virtual nos próximos dias  para discutir a implementação da fase 1 do acordo comercial e as ações da Casa Branca contra empresas chinesas após adiamento da reunião que estava marcada para o dia 15 de agosto (https://bloom.bg/3g86fwM). 

No entanto, na quarta-feira (19) Trump anunciou que três acordos bilaterais com Hong Kong foram formalmente encerrados. A China se pronunciou dizendo que “insta os EUA a corrigir seus erros imediatamente” (https://bloom.bg/3iSBygI). 

Na política americana, a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, disse que o diretor do Serviço Postal admitiu não ter intenções de restaurar máquinas para processamento de correspondências que já foram removidas. Os democratas defendem que isso é uma ameaça eleitoral (https://bit.ly/3hft3Mn).

Hoje é o 598° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 162° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 87 dias para as eleições municipais.

Faltam 75 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.