XP Expert

Resumo Diário de Política 20/01/2022: Lula moderado e o quebra-cabeça eleitoral

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Ontem Lula concedeu longa entrevista a jornalistas de veículos de esquerda na qual o ex-presidente mostrou moderação. Ao falar de política, fez o aceno público mais contundente na direção de Geraldo Alckmin para que seja seu vice e disse que conversa com o PSD, de Gilberto Kassab, além de outras legendas. Na seara econômica, defendeu o Estado como indutor do desenvolvimento e citou a Petrobras, Eletrobras e banco estatais. Criticou o mercado financeiro, o teto de gastos e o BC por perseguir unicamente a meta de inflação. Mas, importante, disse que a autoridade monetária é um órgão de Estado, não de governo (https://bit.ly/3IjELmmhttps://bit.ly/3tJAm8q e https://bit.ly/3rCKXiq)O mercado, que coleta sinais sobre o provável comportamento do petista na política econômica caso eleito, reagiu positivamente à fala. O secretário-geral do PT, Paulo Teixeira, disse em entrevista à Folha que há a construção de uma aliança com outros partidos baseada em uma agenda e que a presença de Alckmin na vice não muda o programa do partido (https://bit.ly/3IiLMDW).

No quebra-cabeça eleitoral, hoje ocorrerá importante encontro entre Glesi Hoffman (PT) e Carlos Siqueira (PSB) para tentar acertar os ponteiros. O maior conflito continua sendo São Paulo (https://glo.bo/3Kswqyt); alguns integrantes do União Brasil trabalham para atrair Moro para o partido (https://glo.bo/3Iq5hL1) enquanto o Podemos, resiste (https://bit.ly/3Ilo1Lp), e conta com a força do MBL para impulsionar o ex-juiz nas redes; apesar de movimentos de aliados para juntar Doria e Simone Tebet numa chapa para a disputa presidencial, os dois, por ora, não têm o acordo como prioridade (https://bit.ly/3FMok0i). Tucanos contrários a Doria querem que a senadora dispute em chapa separada (https://glo.bo/3Ik6H9z).

O governo escolheu o senador Alexandre da Silveira (PSD-MG) como novo líder do governo no Senado. O parlamentar é aliado Pacheco e vai assumir a vaga por ser suplente de Anastasia, que foi ao TCU (https://glo.bo/3tJxckT). O perfil conciliador e a proximidade ao presidente do Senado são pontos positivos, mas o fato de ser um neófito e a falta de alinhamento político com o próprio governo, especialmente se Pacheco for mesmo candidato, são pontos de atenção.

Hoje Bolsonaro visita Guiana e Suriname no que tem se chamado da retomada de sua agenda internacional. Em fevereiro deve ir a Hungria prestar apoio ao polêmico Viktor Orbán e depois a Moscou, que passa por escalada de tensões na fronteira com a Ucrânia (https://glo.bo/3KsvOZH). Nada que ajude o dia a dia do governo ou suas chances de reeleição.

Curta: Estaria 13 a 13 o placar dos governadores a favor e contra o descongelamento do ICMS, o que pode fazer que cada um trilhe seu caminho (https://bit.ly/3tD71MK).

Nas redes

Segundo o monitor XP-Conatus, o debate sobre a Covid-19 permanece em destaque nas redes, com ênfase na notícia da liberação do autoteste por parte da ANVISA. E o Reino Unido ganha atenção especial de apoiadores do governo pela suspensão da obrigatoriedade do passaporte sanitário.

Internacional

Conforme esperado, a tentativa democrata de mudar as regras do Senado americano para aprovar projetos de direito de voto foram rejeitados nesta quarta-feira (20). A iniciativa foi bloqueada pelo partido republicano e os senadores democratas Joe Manchin e Krysten Sinema, marcando mais uma derrota para Biden no Congresso (https://bit.ly/3fNj6GN).

Após a derrota, o presidente americano participou de uma coletiva de imprensa na qual indicou sua próxima prioridade legislativa – uma versão diluída e fatiada do pacote de USD 2 trilhões – e falou sobre a guerra comercial, afirmando que não seria o momento de reduzir impostos de importação sobre produtos chineses (https://bit.ly/3GKrp2b e https://bit.ly/3rCDhwT).

Hoje é o 1114° dia do governo Jair Bolsonaro.

Faltam 257 dias para as eleições presidenciais.

Hoje é o 678° dia da pandemia de Covid-19.

XP Política

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.