XP Expert

Resumo Diário de Política 19/06/2020: Bolsonaro diz, “Da minha parte, está encerrado o caso Queiroz”

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

“Da minha parte, está encerrado o caso Queiroz”, disse ontem em sua live semanal o presidente Jair Bolsonaro (https://glo.bo/3eh2GnX). Faltou combinar com muita gente. 

Há algumas frentes de impacto da prisão do ex-assessor parlamentar de seu filho Flávio, na manhã de ontem, na casa do advogado da família, que precisam ser consideradas: a primeira é a da própria investigação, com a análise de materiais apreendidos — e há bastante material (https://glo.bo/37KFdc5, https://bit.ly/3fJ2bDd e https://bit.ly/37MuTAG) — e com a expectativa do cumprimento do mandado de prisão contra a mulher do assessor (https://glo.bo/3efKNWF), o que o tornaria mais suscetível a uma colaboração com os investigadores.

A segunda, que deriva dessa, é o aumento da pressão sobre o presidente com o acúmulo de casos que o tem no foco e ampliam a sensação de “cerco” do Judiciário — e acabam direcionando a reação diária de Bolsonaro e intensificando o clima de instabilidade; há ainda o o impacto na base mais fiel do bolsonarismo, que ontem sofreu nas redes (https://bit.ly/2Cfwl2y); e, por fim, o custo extra que o momento de fragilidade impõe ao presidente para as negociações com o Congresso (https://glo.bo/3fzuLH6), com o centrão, diga-se, cumprindo até aqui seu papel de minimizar o caso (https://bit.ly/2YgtVcQ)

É o tipo da crise que ainda produzirá bastante noticiário negativo e que não tem estratégia fácil para o presidente. A cartilha recomendaria direcionar o foco para uma “agenda positiva”, mas ainda parece faltar coordenação — e fiscal — nesse sentido.

O STF validou ontem o inquérito das fakenews (https://glo.bo/2Bkeqr5) e, em um gesto que pretendia acalmar as relações com o tribunal, Abraham Weintraub — investigado nesse inquérito — deixou ontem o Ministério da Educação (https://glo.bo/2V0TPz3).

O Senado marcou para terça-feira votação da PEC de adiamento das eleições (https://glo.bo/3ehraNQ), que ainda não tem acordo na Câmara, e deve deliberar na quarta sobre o marco regulatório do saneamento (https://glo.bo/3efVwA9).

No retorno das discussões sobre a reforma tributária, o secretário da Receita apontou foco na desoneração da folha e na tributação sobre renda (https://bit.ly/2YdR4wb). E a equipe econômica estuda uma nova meta fiscal, com compromisso de redução da dívida pública (https://bit.ly/37GSoLg).

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 8.242.999 casos confirmados e 445.535 óbitos (https://bit.ly/3eeINha).

Após indícios de relaxamento na relação entre os Estados Unidos e a China, Donald Trump voltou a escalar as tensões entre os países ao afirmar que ainda pode cortar todos os laços com a China, uma declaração que contraria o que o representante de comércio americano disse na quarta-feira. Trump também se referiu ao coronavírus como a “plaga chinesa” (https://bloom.bg/2YNkdO2).

No Reino Unido, o primeiro ministro Boris Johnson recebeu o presidente da França, Emmanuel Macron, para discutir as negociações sobre as relações comerciais com a UE pós-Brexit. Johnson reiterou sua intenção de intensificar as negociações em junho e afirmou que não considera necessário prolongar as conversar, porque devem chegar a um acordo até setembro (https://bbc.in/3ei7rgX e https://bit.ly/2YLLWic).

Hoje é o 536° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 90° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 107 dias para as eleições municipais.

Faltam 137 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.