XP Expert

Resumo Diário de Política 18/08/2020: Bolsonaro diz que saída de Paulo Guedes “nunca foi cogitada”

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

As divergências em torno dos rumos da política econômica do governo tiveram novo capítulo apaziguador ontem, após reunião entre Paulo Guedes e Jair Bolsonaro. Depois do encontro, o presidente disse que a saída do ministro “nunca foi cogitada”. Guedes afirmou que existe confiança mútua entre os dois (https://glo.bo/2Q6fJxO e https://bit.ly/3azPf18).

As falas reforçam a visão de que Guedes não está de saída imediata, mas não encerram as disputas no governo. Ainda falta resolver como viabilizar os R$ 5 bilhões para agora — o que o próprio Guedes admite ser uma decisão de Bolsonaro — , e como solucionar o aperto do orçamento de 2021. O que moveu as tensões até agora foi a disputa por esses recursos. Enquanto ela não estiver solucionada, as oscilações na relação da dupla também existirão.

Para os recurso de curto prazo, segundo conversado na reunião, a ideia passou a ser o envio de um projeto de lei ao Congresso. Para custear o Renda Brasil, em substituição ao auxílio emergencial, Guedes quer antecipar a revisão de despesas, como está previsto em PECs em discussão no Legislativo (https://bit.ly/3iKCSlQ). 

E o “referencial orçamentário” de 2021 enviado pela Economia aos demais ministérios dá ideia do tamanho da indisposição na Esplanada: Infraestrutura tem os recursos cortados pela metade, e Desenvolvimento Regional perde 20% em relação aos números do mesmo documento apresentado em 2019 para o orçamento deste ano (https://glo.bo/3iRr9SK).

Em linha com nossa apuração, o governo trabalha para adiar a votação do veto à prorrogação da desoneração, marcada para amanhã. O líder no Senado, Fernando Bezerra Coelho, disse ao Valor que a votação deve ficar para setembro (https://glo.bo/3h8phEC e https://bit.ly/2Eb606P). Enquanto isso, líderes pressionam pela derrubada (https://glo.bo/320tcwV).

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 21 549 706 casos confirmados e 767 158 óbitos (https://bit.ly/3ge3REZ). 

A Convenção Nacional Democrata começou nesta segunda-feira (17). Nos quatro dias do evento, que deve oficializar a candidatura de Joe Biden à presidência dos EUA, líderes das diferentes alas do partido, como Bernie Sanders, Bill Clinton, Andrew Cuomo, Michelle Obama e Barack Obama, entre outras autoridades e artistas devem se reunir virtualmente para impulsionar a campanha democrata (https://bloom.bg/323QqC7). 

O evento contará também com a participação de quatro republicanos que deram seu apoio a Biden (https://on.ft.com/3ax4GXW). A Convenção Republicana está marcada para os dias 24, 25, 26 e 27 de agosto. 

No lado das tensões entre Beijing e Washington,  Mike Pompeo, anunciou que o governo Trump deve endurecer as restrições à Huawei para impedir que a empresa chinesa compre e use tecnologia americana (https://reut.rs/3g6TXoc).

Hoje é o 596° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 160° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 89 dias para as eleições municipais.

Faltam 77 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.