XP Expert

Resumo Diário de Política 17/08/2020: Semana tende a ser marcada por disputas sobre rumo da agenda econômica

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A semana que vem pela frente Pelo calendário acertado por líderes, está marcada para a quarta-feira nova sessão de análise de vetos do Congresso. Na pauta estão temas relevantes que exigirão atuação do governo, como a ampliação do acesso ao BPC (mais uma vez) e ao auxílio emergencial (veto 13/2020), a proibição de reajuste para servidores e suspensão de dívidas de estados (17/2020) e o uso de recursos do fundo de reserva monetária para o combate à covid-19 (19/2020). A extensão da desoneração da folha de pagamentos também consta da previsão, mas pode acabar sendo adiada como gesto de boa vontade de Davi Alcolumbre com o Planalto. 

Na semana, veremos ainda o esforço da equipe econômica para acelerar o envio da proposta do Renda Brasil ao Congresso, para evitar que o auxílio emergencial seja estendido em valores considerados elevados demais pelo governo. A tentativa é associar a discussão ao corte de despesas em programas ineficientes e à adoção de gatilhos do teto de gastos.

Por fim, a semana tende a ser marcada pelas disputas sobre o rumo da agenda econômica, depois dos sinais em direções contraditórias emitidos pelo presidente na semana passada e das desavenças entre Paulo Guedes e Rogério Marinho. O ambiente é bem ilustrado por um post do próprio Bolsonaro nas redes no sábado, em que diz que o compromisso é com a responsabilidade fiscal e o respeito ao teto, mas que é dever encontrar recursos para levar água a quem precisa — mensagem acompanhada de entrevista de Marinho, com cenas de uma família recebendo água. 

Na agenda do presidente de hoje, viagem a Sergipe e reuniões com Paulo Guedes (15h30) e com Guedes e Braga Netto (16h30). 

Os jornais no fim de semana se dedicaram à relação Bolsonaro-Guedes (https://bit.ly/3kSq8vy) e à disputa que segue dentro do governo sobre os rumos da política econômica. A repercussão da melhora da popularidade do presidente dá força aos defensores da agenda de gastos (https://bityli.com/Kgy28), percepção reforçada pela sequência de compromissos do presidente ao lado do ministro Rogério Marinho (https://bityli.com/kmoa9).

De maneira geral, vemos Bolsonaro convencido da necessidade de encontrar espaço para gastos, a despeito das restrições impostas, e a equipe econômica consciente da vontade do presidente, mas em um movimento de contenção de danos.  

Na continuidade do Bolsonaro Paz e Amor — outro ponto que ganhou força entre aliados com o resultado positivo do Datafolha –, vale menção a tentativa de se aproximar do MDB (https://bityli.com/E8PwX) e ampliar a base no Congresso.

Por fim, registro também da decisão de Gilmar Mendes, na sexta-feira, que restaurou a prisão domiciliar due Fabrício Queiroz e sua mulher, Márcia Aguiar (https://bityli.com/izN2v)

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 21 294 845 casos confirmados e 761 779 óbitos (https://bit.ly/31WYJzL).

Washington e Beijing anunciaram neste fim de semana que postergaram uma reunião virtual para avaliar a primeira fase do acordo comercial prevista para sábado.  Enquanto isso, a China aumenta compras de produtos agrícolas e de energia (https://reut.rs/3129uS8).

Nos EUA, o presidente Donald Trump disse na sexta-feira (14) que estava disposto a dar mais estímulos à economia e criticou parlamentares democratas por travarem o pacote de medidas no Congresso (https://glo.bo/3iRbYsr).

Em meio a tensões pelas votações por correio, a presidente da Casa dos Representantes, Nancy Pelosi, decidiu interromper o recesso de verão para votar uma lei que proíbe mudanças a serviços prestado pelo correio americano. A representante democrata disse que a votação era da mais alta importância devido a tentativas do presidente Trump de minar a empresa governamental (https://bloom.bg/2PXDxUD).

Hoje é o 595° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 159° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 90 dias para as eleições municipais.

Faltam 78 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.