XP Expert

Resumo Diário de Política 17/03/2020: Ministério da Economia anuncia pacote que soma R$ 147,3 bi em estímulos à economia

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Depois de sustentar na semana passada que as reformas estruturantes seriam suficientes para o enfrentamento da crise do coronavírus, o Ministério da Economia anunciou ontem pacote que soma R$ 147,3 bilhões em estímulos à economia, dos quais R$ 60,3 bilhões dependem de aval do Congresso (http://bit.ly/2w4KVHJ e https://glo.bo/2WmCbr0). 

Sem espaço fiscal no teto de gastos, a maneira encontrada pela equipe econômica para amenizar os efeitos da crise foi a antecipação de pagamentos e diferimento do recolhimento de tributos.

Antes do anúncio, líderes na Câmara com quem conversamos sustentavam que medidas de estímulo à economia e de auxílio à saúde não sofreriam resistência – refutavam, no entanto, que a agenda anterior de Paulo Guedes “pegasse carona” na crise. Ainda assim, pode haver movimentação de deputados e senadores para deixar uma marca nas medidas.

As entrevistas de Jair Bolsonaro e de Rodrigo Maia e as reuniões que as sucederam reforçaram nos jornais um discurso de isolamento político do presidente (http://bit.ly/2vpaFho e http://bit.ly/38VF191). 

Pela manhã, Bolsonaro falou ao programa de José Luiz Datena e subiu o tom com o Congresso (http://bit.ly/33nu5jv). Maia falou na sequência e preferiu manter a mensagem de cooperação. À tarde, no entanto, Maia, Davi Alcolumbre, Dias Toffoli se reuniram com o ministro Luiz Henrique Mandetta para discutir ações de combate e demonstrar harmonia entre (parte) dos poderes – sem o presidente. O protagonismo do ministro tem incomodado o chefe (http://bit.ly/2w2JObv). 

Sem espaço para fazer um enfrentamento público com Bolsonaro, o Congresso ainda prepara retaliações nos bastidores. Parte do noticiário fala em remanejamento de recursos de áreas sensíveis para o presidente, como Comunicação e Ministério da Defesa, mas não há clareza sobre o que será feito.

Na vida prática, o Congresso pensa em como viabilizar votações nesta semana. O Senado discute realizar sessões remotas (http://bit.ly/3d994xd), enquanto a Câmara fala em acordos virtuais para votações simbólicas em plenário. Está prevista hoje sessão do Congresso para avaliar vetos o os PLNs do Orçamento impositivo, mas ela pode ser adiada (http://bit.ly/39TiT0i) diante dos problemas.

Nesse contexto de prioridade ao enfrentamento à crise e dificuldade de reunir quorum, congressistas devem se concentrar em temas consensuais, enquanto a agenda de reformas fica para depois (https://glo.bo/2wgvT1n). A mudança na rotina joga dúvida sobre a tramitação de medidas provisórias – há pelo menos nove que expiram nos próximos dois meses (https://glo.bo/3d62E21). 

E a dupla que capitaneou a parte jurídica do impeachment de Dilma Rousseff reapareceu com força ontem. Janaina Paschoal entrou para o time dos arrependidos e pediu o afastamento do presidente (http://bit.ly/2xFTPLX). Miguel Reale Jr. sugeriu que uma junta médica avalie a sanidade mental de Bolsonaro (http://bit.ly/2x1J32w) e levou o título de ideia brilhante do dia.

Internacional

Com número crescente de casos de coronavírus no mundo, mais países tomam medidas de precaução. Nesta terça-feira, França e Rússia anunciaram que fechariam fronteiras, enquanto a Alemanha fecha seu comércio. O presidente americano Donald Trump, que segundo a Casa Branca testou negativo para coronavírus, descartou fechar fronteiras, mas alertou que os impactos negativos da doença podem durar “meses” por isso estuda medidas para proteger empresas afetadas por ela (https://glo.bo/2vvVJ1a). Segundo a OMS, são 167.511 casos confirmados e 6.606 óbitos (http://bit.ly/2UcU7BB). 

Na disputa democrata dos EUA, hoje será realizada mais uma ‘mini super-terça’, com primárias em Arizona, Florida e Illinois. Ohio, que também votaria hoje, cancelou o evento pelo risco do coronavírus. Vitórias nos três estados podem definir a corrida a favor do ex-vice-presidente Joe Biden (https://bloom.bg/2TXoGwi). 

Hoje é o 442° dia* do governo Jair Bolsonaro.
Faltam 201 dias para as eleições municipais.
Faltam 231 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.