XP Expert

Resumo Diário de Política 17/06/2020: Ações do STF sobre o entorno de Jair Bolsonaro em foco

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O foco dos jornais continua nas ações do Supremo Tribunal Federal sobre o entorno de Jair Bolsonaro. O presidente reagiu ontem à noite, por escrito e em tom mais moderado que o habitual (https://bit.ly/2BcDZKO) às decisões de Alexandre de Moraes de autorizar a quebra — a pedido da PGR — do sigilo bancário de 11 parlamentares aliados (https://bit.ly/3d6pcP3) e o cumprimento de mandados de busca e apreensão em alvos ligados a ele. O noticiário registra o “cerco se fechando” sobre a base bolsonarista e os possíveis financiadores dos atos contra o Supremo (https://glo.bo/2CaO4Ip).

Válido notar que as medidas foram tomadas no âmbito do inquérito que investiga atos antidemocráticos — aberto a pedido do Ministério Público, que pediu as diligências — e não no que investiga fakenews, contestado pela instituição. Como os fatos apurados nos dois inquéritos muitas vezes têm conexões, a expectativa é vermos outras medidas “repetidas” e foco cada vez maior nos empresários suspeitos de financiar ativistas.

No texto que postou ontem, Bolsonaro diz que não pode “assistir calado enquanto direitos são violados e ideias são perseguidas” e que tomará “todas as medidas legais possíveis para proteger a Constituição e a liberdade dos brasileiros” (https://bit.ly/3hyFbZr).

As decisões do Supremo fizeram crescer pressão da ala ideológica para a *manutenção de Abraham Weintraub no governo (https://bit.ly/37Bv7KI)

O Congresso retoma na manhã de hoje a apreciação dos vetos de Jair Bolsonaro. Há 20 previstos na pauta, entre eles o que impediu a ampliação do BPC e o que barrou a inclusão de novas categorias no auxílio emergencial (https://glo.bo/2N7XLKa e https://bit.ly/30Rm1s4).

O Senado aprovou ontem a medida provisória 936 sem alterações de mérito (https://bit.ly/37AueC2). O texto, que segue para sanção presidencial, permitirá a prorrogação dos programas de redução de jornada/salário e suspensão de contratos, mediante compensação paga pelo governo. Confirma também a extensão da desoneração da folha até 2021. Vale registrar, no entanto, que o governo foi a voto e saiu derrotado, por 46 a 30, em um destaque apresentado pela oposição, que acabou por excluir um artigo incluído pela Câmara com a flexibilização de regras da CLT.

Do outro lado do Congresso, a Câmara aprovou a medida provisória 932, que reduz a contribuição de empresas ao sistema Salterando de três para dois meses o tempo da redução, outra derrota para o governo (https://glo.bo/2N7DgNG). O texto vai para o Senado.

E o governo decidiu se antecipar às discussões de um“super refis” no Congresso para lançar um programa de refinanciamento próprio (https://bit.ly/37DRXBs). Pelas regras, os descontos vão variar de acordo com o contribuinte, e só quem provar a impossibilidade de pagar a dívida poderá aderir. A expectativa inicial é de renegociação de cerca de R$ 50 bilhões.

O Globo registra que Paulo Guedes pretende correr com quatro privatizações ainda este ano: Correios, Eletrobras, Porto de Santos e a operadora do Pré-Sal (https://glo.bo/2zIB3Fi).

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 7.941.791 casos confirmados e 434.796 óbitos (https://bit.ly/2N9icWM).

Uma segunda onda coronavírus no mundo causa preocupação. Na China, Beijing cancelou voos após novo surto. Nos Estados Unidos, a Flórida é o estado mais recente a ver rápido aumento em número de casos seis semanas início da reabertura (https://bloom.bg/2N6HXHA).

Ainda sobre o Covid-19, estudo da universidade de Oxford mostrou que uma baixa dosagem de dexametasona, um esteroide comum, diminuiu o risco de morte em até um terço e pode ter evitado cinco mil mortes no Reino Unido (https://glo.bo/2N6xf3D).

Hoje é o 534° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 88° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 109 dias para as eleições municipais.

Faltam 139 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.