Resumo Diário de Política 13/10/2021: Foco no preço dos combustíveis e impasse no Senado

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Quarta-feira pós-feriado de noticiário leve na política. Na temática do preço dos combustíveis, a Folha traz a informação de que governadores, segundo Wellington Dias, do Piauí, defendem a criação do fundo de compensação como alternativa à proposta de Arthur Lira, de fixar o ICMS dos estados sobre a média do preço cobrado nos dois anos anteriores (https://bit.ly/2YEQIBA) — embora o fundo esteja longe da formalização, a fala dá ideia da articulação que ainda é necessária para avançar na alternativa do ICMS.

Na segunda-feira à noite, o relator do projeto apresentou seu parecer (desktop https://bit.ly/3p1Sub0 e app https://bit.ly/3lB1Icb), que Lira quer submeter a líderes nesta quarta. Na semana passada, ele havia mencionado acordo para votar o texto ainda hoje. O tuíte do ministro João Roma, em que diz que o “PT da Bahia está enchendo os cofres do estado e fazendo pouco pelo povo”, ajuda a entender a dificuldade de se angariar apoio dos governadores à proposta (https://bit.ly/3Azw2bn).

A pauta da Câmara, no entanto, segue às voltas com a tentativa de votação da PEC que, segundo associações de integrantes do Ministério Público, enfraquece poderes e a autonomia do órgão (https://glo.bo/3v7wjRE).

Em outro impasse que se segue, Davi Alcolumbre passa a ter mais segurança, depois da decisão de Ricardo Lewandowski, para manter os planos de só pautar a sabatina de André Mendonça quando tiver certeza da rejeição do indicado por Bolsonaro ao Supremo (https://glo.bo/3mJrsCy), o que tende a ampliar o estresse público do presidente com o Senado. E, em assunto correlato, a AGU se posicionou contra a possibilidade de que o STF fixe prazo para que o presidente da Câmara decida sobre a abertura ou não de um processo de impeachment contra o presidente da República (https://bit.ly/2YOtHfK).

Em dia de entrevistas à mídia estrangeira, o ministro Paulo Guedes disse que a prorrogação do auxílio emergencial só deve ocorrer em caso de surgimento de uma nova variante ou do recrudescimento da pandemia no país, o que não está no horizonte na sua avaliação (https://bit.ly/3mNJXWs).

E, em visita ao santuário de Nossa Senhora Aparecida ontem, Jair Bolsonaro foi recebido com vaias e aplausos, segundo o noticiário (https://glo.bo/3mO24vB). Ele ouviu um sermão com alertas sobre a pandemia de coronavírus e o desemprego (https://bit.ly/3v6cytZ).

Por fim, a CPI da Pandemia desistiu de ouvir o ministro Marcelo Queiroga, avaliando que sua presença pela terceira vez agregaria pouco à comissão (https://bit.ly/3FHzB37). Na segunda-feira deve ser ouvido um médico que coordenou estudos contra o kit covid. A previsão segue sendo a de apresentação do relatório de Renan Calheiros na próxima terça-feira.

Nas redes

A relação do governo com o Senado segue no centro das disputas nas redes, segundo o monitor XP-Conatus. Com a CPI entrando em sua reta final, a oposição centra forças na expectativa dos futuros indiciados, com ênfase na família Bolsonaro. Governistas, por outro lado, atacam o STF depois da decisão de negar pedido para obrigar Alcolumbre a marcar a data da sabatina de André Mendonça.

Internacional

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou a medida que eleva o teto da dívida em USD 480 bilhões. Segundo as estimativas do Tesouro, o valor deve ser suficiente para manter a solvência do país até 3 de dezembro (https://on.wsj.com/3axhAq0).

Antes de retomar as negociações sobre o teto da dívida e o orçamento para o governo federal e entes públicos no fim do ano, democratas devem dedicar cerca de três semanas para tentar resolver disputas internas, que têm o Plano das Famílias Americanas como principal tema. Moderados procuram diluir o valor do projeto para cerca de USD 2 trilhões, mas enfrentam resistência da ala mais à esquerda do partido (https://politi.co/3oXHKKU).

Hoje é o 1017° dia do governo Jair Bolsonaro.

Faltam 354 dias para as eleições presidenciais.

Hoje é o 170° dia da CPI da Pandemia.

Hoje é o 581° dia da pandemia de Covid-19.

XP Política

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.