Resumo Diário de Política 16/04/2019

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A CCJ da Câmara levou um dia inteiro para aprovar a PEC das emendas impositivas, que sofria pouca resistência no plenário da comissão. Vendo como inevitável a derrota, o objetivo do governo passou a ser tirar logo o tema da frente para que se pudesse iniciar a discussão sobre a previdência, cuja votação estava prevista para dia 17. Entretanto, o que se viu foi a inexistência da articulação do governo, que carregado pelos fatos ao longo de todo o dia, viu a votação do projeto de seu interesse ser adiada para a próxima terça-feira (23) (http://bit.ly/2GeI4ge). Tudo isso aumenta a pressão na articulação política do governo, de Onyx e Santos Cruz a Major Vitor Hugo e Delegado Waldir (http://bit.ly/2GgTccv)

STF manda tirar do ar reportagem de site Crusoé/Antagonista, impõe R$ 100 mil de multa para descumprimento e repórteres terão que depor (http://bit.ly/2Ggno7y). Segue link para Crusoé, que fornece detalhes do caso: http://bit.ly/2GaMbd2. O órgão máximo da justiça autorizou ainda dez operações de busca e apreensão em seis estados no inquérito que apura fake news contra ministros. Até procuradores estariam na linha de fogo (http://bit.ly/2GeIjIa). O tribunal agora colhe inimizades com militares, procuradores e grande parte da imprensa. O vice-presidente, Hamilton Mourão, foi taxativo “não tenho dúvida que é censura” (https://glo.bo/2GkEDoc).

Curtas: Joice diz que Bolsonaro não vai deixar PSL e nem o partido vai deixar o presidente (http://bit.ly/2GaNqsI); presidente do ICMBio pede exoneração e problemas se acumulam no Ministério do Meio Ambiente (http://bit.ly/2GnqZka).

Bastidores de Brasília

O dia de ontem (15) foi recheado de derrotas para o governo na saga da reforma da Previdência. Primeiro, houve insistência do governo em enfrentar no plenário a inversão de pauta para que o Orçamento impositivo fosse apreciado antes da Nova Previdência na Comissão de Constituição e Justiça. Houve mais uma derrota para o PSL no voto, além do adiamento da votação da reforma da Previdência.

Deputados e assessores mais experientes já apostavam que a votação da reforma da Previdência seria adiada para depois da Páscoa por não verem nenhuma movimentação concreta do governo para buscar um acordo com o Centrão e oposição de modo a iniciar um debate sobre a PEC da Previdência na noite de ontem. Culparam a falta de um líder do governo experiente.

Integrantes do PSL rejeitam, porém, a tese de que houve uma grande derrota. Consideraram que a única perda foi no primeiro requerimento apresentado pelo partido para que fosse agilizar a ordem do dia na CCJ (o pedido foi derrotado e a oposição gastou cerca de 20 minutos com a simples leitura da ata da reunião anterior). “Para minha surpresa terminamos a votação do Orçamento hoje. Eu achava que a votação se arrastaria até amanhã”, disse um dos deputados com quem conversamos.

Não faria uma diferença tão grande se a votação do Orçamento impositivo se estendesse até hoje pela manhã. O governo perdeu muitas horas com a votação do Orçamento impositivo e ganhou algumas com o encerramento da matéria ontem. O saldo foi negativo.

A agenda deste 16 de abril

O presidente Jair Bolsonaro recebe os empresários Rubens Ometto Silveira Mello (Presidente do Grupo Cosan) e Luís Henrique Guimarães (CEO da Raizen), às 9h. Entre outras agendas mais tarde, recebe, às 16h30, Paulo Guedes, ministro da Economia, Tarcísio Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura, Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia, Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, e Décio Oddone, diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, recebe presidentes das Assembleias Legislativas do Nordeste, na presidência da Câmara, às 15h30.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, além de se encontrar com o presidente Bolsonaro, recebe congressistas do PSD e do PSDB, às 14h é 15h, respectivamente.

Hoje é o 106º dia do governo de Jair Bolsonaro.

  • Placar Valor/Atlas – Favor (98); Apoio parcial (104) [-1]; Indefinidos (171) [+1]; Contra (140).
  • Placar Estadão – Favor (72); Apoio parcial (120) [+1]; Indefinidos (204) [-5]; Contra (117)[+4].

XP Política

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.