XP Expert

EUA: Senado inicia debate sobre pacote de estímulo à economia

Após meses de discussões, o pacote de estímulo à economia americana de USD 1,9 trilhões está perto de se tornar lei. Com voto decisivo da vice-presidente Kamala Harris, o Senado abriu ontem o debate sobre o projeto e deve continuar analisando emendas nesta sexta-feira (5).  Segundo o líder da maioria democrata na Casa, Chuck Schumer, […]

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Após meses de discussões, o pacote de estímulo à economia americana de USD 1,9 trilhões está perto de se tornar lei. Com voto decisivo da vice-presidente Kamala Harris, o Senado abriu ontem o debate sobre o projeto e deve continuar analisando emendas nesta sexta-feira (5). 

Segundo o líder da maioria democrata na Casa, Chuck Schumer, a votação do pacote deve ocorrer neste fim de semana. Em seguida, o pacote deve voltar à Câmara para nova votação, protocolo requerido devido às alterações feitas ao texto no Senado, e, posteriormente, ser enviado ao presidente para promulgação. A expectativa democrata é que o processo seja concluído até 14 de março, data na qual expiram programas atualmente vigentes. 

Vale ressaltar que republicanos procuram atrasar a aprovação projeto por meio de obstruções, no entanto, sem maioria na Casa, tem pouco espaço para extender o processo significativamente. Lembramos que o projeto está sendo analisado e votado via reconciliation, uma manobra por meio de qual senadores podem aprovar certas pautas por maioria simples (51 votos), ao invés dos 60 votos geralmente requeridos na Casa. Em vista disso, consideramos que o calendário democrata irá se materializar. 

Alterações 

Devido à apertada margem dos democratas na Casa, Joe Biden precisa que 100% dos seus correligionários votem a favor do pacote. Portanto, modificações foram feitas para garantir o voto de democratas moderados e facilitar sua aprovação. 

Até agora, os principais ajustes ao texto foram: 

> Aumento do salário mínimo a USD 15 por hora: a proposta foi removida do pacote devido a falta de apoio entre moderados por sua aprovação via reconciliation. A ‘parlamentar’ do Senado, uma assessora bipartidária que interpreta as regras parlamentares, decidiu que o aumento não poderia ser feito por meio da manobra, mas requeria protocolo tradicional. 

> Auxílio de USD 1.400: o auxílio permanece no texto. No entanto, o critério para elegibilidade foi alterado. Cerca de 7 milhões de famílias menos devem receber o benefício do que em rodadas anteriores. 

O projeto ainda pode sofrer alterações no Senado durante a votação de emendas. A expectativa é que não sejam feitas mudanças relevantes, no entanto, as divergências entre as diferentes alas do partido democrata são consideradas um risco pela Casa Branca, que deve acompanhar de perto as votações. 

Veja a proposta na íntegra aqui: https://bit.ly/3riKpNx.  

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.