Eleições Americanas em Foco

A disputa pela presidência dos Estados Unidos está a todo vapor, confira abaixo as últimas novidades sobre o evento que deve impactar mercados nos próximos meses.


Compartilhar:


As eleições nos Estados Unidos serão realizadas no dia 3 de novembro deste ano. As pesquisas apontam uma disputa acirrada entre dois candidatos que representam diferentes setores da política, por isso, o evento será um dos principais fatores de impacto nos mercados nos próximos meses. 

O que você precisa saber: 

Candidatos

As pesquisas 

*RCP e 538 são agregadores de pesquisas com diferentes metodologias.

Como explicamos em maior detalhe na semana passada, as pesquisas hoje mostram vantagem relevante para o candidato democrata, Joe Biden, mas esse cenário pode mudar até novembro. 

Sistema eleitoral americano

Ao contrário do Brasil, onde a totalidade dos votos dos cidadãos é somada, nos Estados Unidos o voto da população não é creditado diretamente a um candidato. Esses votos servem para eleger representantes de cada estado que compõe um colégio eleitoral, que é responsável pela escolha final.

Cada ente federativo tem um peso diferente (como ilustrado no mapa acima), e no, total, somam 538 votos. Para vencer a eleição, são precisos 270 votos. Isso significa que um candidato pode perder a votação popular, mas vencer a eleição, como foi o caso em 2016.

Também, lembramos que as votações por estado não funcionam de forma proporcional, mas absoluta. Ou seja se na Califórnia, 30% do eleitorado votar pelo candidato A, e 70% pelo candidato B, 100% dos votos do estado (55) irão para o candidato B. Maine e Nebraska são a exceção a essa regra.

Para saber mais clique aqui.

Destaques da semana

Trump ajusta o discurso: Após mudanças na chefia e estrutura da campanha, o presidente Donald Trump fez mudanças no seu discurso sobre o Covid-19. Em meio a alta de casos nos EUA, Trump passou a defender o uso de máscaras em público e que não deve realizar a Convenção Republicana em Flórida, para evitar risco.

China: Como mencionamos na semana passada,  o eleitorado americano tem visto a China de forma casa vez mais negativa, independentemente de preferência partidária, portanto o assunto vem tomando relevante espaço no debate eleitoral. 

Nesse sentido, o presidente Trump voltou a escalar as tensões com Beijing ao determinar o fechamento do consulado americano em Houston, no Texas, e afirmar que acordo com China tem menos importância para ele após pandemia.

Destacamos também que o secretário de Estado, Michael Pompeo, se reuniu com o ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab, para alinhar uma estratégia coordenada nas relações com a China. 

Apesar de surtir impacto negativo no mercado, uma linha dura com a China favorece Trump na seara eleitoral, portanto, esperamos ruídos nesse sentido pelo menos até novembro. 

Proposta democrata: Joe Biden apresentou plano de USD 775 bilhões destinado ao cuidado de crianças, pessoas com deficiência e idosos que seria financiado com impostos a investidores imobiliários e regras tributárias mais rígidas. 

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins da Instrução CVM nº 598, de 3 de maio de 2018. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM