XP Expert

Bolsonaro indica Augusto Aras para o cargo de PGR

O presidente Jair Bolsonaro indicou Augusto Aras para o cargo de procurador-geral da República, substituindo Raquel Dodge. Augusto Aras é um sub-procurador com perfil conservador. É católico, fez oposição a Rodrigo Janot e é considerado dentro do governo como “desenvolvimentista”, o que quer dizer não colocar questões ambientais, indígenas e sociais acima de projetos que […]

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O presidente Jair Bolsonaro indicou Augusto Aras para o cargo de procurador-geral da República, substituindo Raquel Dodge. Augusto Aras é um sub-procurador com perfil conservador. É católico, fez oposição a Rodrigo Janot e é considerado dentro do governo como “desenvolvimentista”, o que quer dizer não colocar questões ambientais, indígenas e sociais acima de projetos que visem crescimento econômico e geração de empregos. Atuou boa parte da carreira com direito econômico e atuou como representante do MPF no CADE. Nas últimas semanas, Aras se reuniu várias vezes com o presidente Bolsonaro.

Baiano, Aras tem como padrinhos políticos o ex-deputado Alberto Fraga, fundador da bancada da bala, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Também amealhou apoio do prefeito de Salvador, ACM Neto. Fora de lista de eleitos pela carreira, a possibilidade da indicação de Augusto Aras já iniciou uma rebelião no MPF. Procuradores prometem deixar cargos internos e não aceitar assumir novos postos como auxiliares, se Aras for o escolhido. Além de não ser uma liderança na carreira, Aras é considerado uma pessoa difícil no trato pessoal. O risco disso é o PGR não ter voz ativa, nem ascensão política em relação aos colegas de instâncias inferiores.

Raquel Dodge, que também tentava se viabiliza fora da lista, teve apoio do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, mas também enfrenta problemas internos com demissões em grupo no núcleo duro das investigações da PGR. Pelo perfil, Aras não é um nome que deve atrair rejeição do Congresso.

O nome indicado oficialmente seguirá para sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e passará por votação em plenário. Essa é a primeira indicação de PGR, desde 2013, em que os favoritos estão fora da lista de nomes eleitos pelos membros da carreira do Ministério Público Federal.

XP Política

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.