XP Expert

XP Morning Call 22/01/2019: Foco no discurso de Bolsonaro em Davos

Diariamente compilamos e analisamos diversas notícias e publicamos um relatório com comentários relativos às notícias relevantes para nossa cobertura, assim como eventos importantes para monitorar no cenário político e macroeconômico, tanto no Brasil quanto no mundo, e seus respectivos impactos para a bolsa brasileira.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

Tópicos do dia

Brasil

  1. Política Brasil: Proposta de aumento da contribuição de servidores públicos na previdência e candidatura de Simone Tebet a presidência do Senado

Internacional

  1. Presidente da China adverte o Partido de “graves perigos”
  2. Partido Trabalhista pode conseguir uma nova votação pública sobre o Brexit
  3. FMI corta estimativas de crescimento global

Empresas

  1. Amazon começa a operar com estoque próprio no Brasil
  2. Santander (SANB11): Stone questiona práticas da Getnet no Cade
  3. Caixa avalia vender participação no Banco Pan

COE News

  1. Facebook: WhatsApp combate “fake News” ao restringir o encaminhamento de mensagens

Resumo

Foco no discurso de Bolsonaro em Davos

Começa hoje o fórum econômico mundial de Davos, com foco voltado para o discurso do Presidente Bolsonaro, esperado para 12:30 horário de Brasília (link para webcast). Ásia fechou com queda de 0,5-1%, Europa abre com leve queda, petróleo cai 1,3%.

Bolsonaro sinalizou que seu discurso buscará destacar a mudança no Brasil, assim como a atratividade para investidores. Nesse contexto, o foco está voltado para qualquer sinalização em relação ao seu grau de comprometimento com a Previdência, assim como a abrangência da mesma.

Na China, o Presidente Xi Jinping enfatiza necessidade de manter estabilidade política, com preocupações que vão desde a política, a ideologia e a economia, o que pode ser lido como consequência da desaceleração da economia e traz volatilidade.

Na Europa, a Primeira Ministra Britânica, Theresa May, anunciou seu plano B para o Brexit ontem, que será votado no Parlamento no dia 29 de janeiro. Os EUA voltam do feriado de ontem, com governo entrando no seu 32º dia de paralização.

No Brasil, Simone Tebet, líder do MDB no Senado, oficializa candidatura à presidência da Casa e disputa indicação interna contra Renan Calheiros. Ainda não está clara a amplitude do movimento, mas outros candidatos de oposição a Renan já haviam falado em abrir mão de concorrer caso Tebet fosse o nome do partido. A reunião para definir a candidatura ficou marcada para 29 de janeiro.

Amazon começa a operar com estoque próprio no Brasil, o que pode gerar pressão de curto prazo para empresas online brasileiras, como Magazine Luiza e B2W. Porém, a empresa americana tem avançado gradualmente, enquanto ainda há desafios para operar no Brasil.


Conteúdo na íntegra

Brasil

Política Brasil: Proposta de aumento da contribuição de servidores públicos na previdência e candidatura de Simone Tebet a presidência do Senado

  • A equipe econômica trabalha para incluir um aumento na contribuição de servidores públicos na reforma da Previdência. O tema é importante e ajuda no discurso de combate a privilégios, mas depende de boa comunicação do governo. A pesquisa XP-Ipespe de janeiro mostra que a população ainda se divide sobre o tema: 41% aprovam o aumento, mas 49% rejeitam;
  • Simone Tebet, líder do MDB no Senado, oficializa candidatura à presidência da Casa e disputa indicação interna contra Renan Calheiros. Ainda não está clara a amplitude do movimento, mas outros candidatos de oposição a Renan Calheiros (MDB) já haviam falado em abrir mão de concorrer em nome da proporcionalidade – o MDB tem a maior bancada e a tradição de apresentar o candidato a presidente – caso Tebet fosse o nome do partido. A reunião para definir a candidatura ficou marcada para 29 de janeiro – e não 31, como preferia o Senador Calheiros;
  • O relatório do Coaf e as movimentações atípicas ligadas ao senador eleito Flávio Bolsonaro seguem recebendo destaque na imprensa, como esperado, e continuam como fonte de desgaste para o governo. Agora a pressão recai sobre a evolução patrimonial do senador eleito e sobre confirmação do Ministério Público de que há investigação na área cível.

Internacional

Presidente da China adverte o Partido de “graves perigos”

  • Segundo a Reuters, o presidente Xi Jinping enfatizou a necessidade de manter a estabilidade política em uma reunião com os principais líderes chineses. Ele instruiu os funcionários a “prevenir e neutralizar os principais riscos” em diversos campos, desde política e ideologia até a economia, meio ambiente e situação externa;
  • O discurso vem depois de dados divulgados recentemente a economia da China registrou o ritmo de crescimento mais lento em quase três décadas no ano passado. O menor crescimento pressionou o governo a lançar mais estímulos para evitar uma desaceleração mais acentuada. O banco central reduziu as reservas compulsórias de bancos cinco vezes no ano passado;
  • Algumas medidas abordadas por Xi envolvem mecanismos de longo prazo que apoiam o desenvolvimento estável e saudável do mercado imobiliário, segurança nacional, inteligência artificial, edição genética, veículos autônomos e drones.

 Partido Trabalhista pode conseguir uma nova votação pública sobre o Brexit

  • De acordo com a Bloomberg, o Partido Trabalhista do Reino Unido está apoiando um plano que poderia dar espaço a um segundo referendo em relação ao Brexit;
  • O líder do partido, Jeremy Corbyn, propôs uma série de votações no Parlamento sobre como o Reino Unido pode evitar um Brexit sem acordo que não prejudique economicamente o país, incluindo um novo referendo como opção;
  • De acordo com a notícia, a medida poderia beneficiar a Primeira Ministra britânica Theresa May, já que os defensores do Brexit poderiam decidir que o acordo que a May apresentou é uma opção melhor do que arriscar outro referendo. Relembrando, ontem, May anunciou seu plano B para o Brexit e o Parlamento votará o novo plano no dia 29 de janeiro.

 FMI corta estimativas de crescimento global

  • O Fundo Monetário Internacional (FMI) cortou suas estimativas para o crescimento global, o que consiste na segunda revisão em três meses;
  • O Fundo reduziu as suas estimativas em 0,2 e 0,1 p.p. para 2019 e 2020, respectivamente, levando a estimativa de taxas de crescimento para 3,5% e 3,6%. Christine Lagarde reforçou em Davos que a economia mundial está crescendo mais lentamente do que o esperado e os riscos estão aumentando;
  • Após o rally que os mercados globais testemunharam no início do ano, as convicções estão sendo testadas com preocupações sobre a saúde da economia mundial e o crescimento da China.

Empresas

Amazon começa a operar com estoque próprio no Brasil

  • Segundo o Brazil Journal, a Amazon começou, a partir de ontem, a operar com estoque próprio no Brasil, além de ser também um marketplace. A Amazon estreia com 120 mil produtos em seu estoque, distribuídos em 12 categorias, incluindo quatro novas: cuidados pessoais, beleza, bebê e brinquedos;
  • Além disso, pela primeira vez, a Amazon venderá eletrônicos a partir de seu estoque, com marcas como Motorola, LG e Samsung, mas a linha branca permanece ausente. Para lançar as vendas com estoque próprio, a empresa inaugurou um centro de distribuição de 47 mil metros quadrado em Cajamar, São Paulo;
  • A entrada mais forte da Amazon pode gerar pressão de curto prazo para competidores online como B2W e Magazine Luiza, mas a empresa americana tem avançado gradualmente, enquanto ainda há desafios para operar no Brasil. Portanto, mantemos nossa visão positiva para o setor para o médio-longo prazo, com recomendação Neutra em Magazine Luiza e Compra em B2W, que já possuem operações bem estruturadas.

 Santander (SANB11): Stone questiona práticas da Getnet no Cade

  • Segundo o Valor Econômico, a adquirente Stone (STNE) solicitou a abertura de um processo administrativo contra o Santander no Cade, para a investigação de práticas anticompetitivas por parte da Getnet;
  • A principal prática questionada seria a exigência de exclusividade dos clientes via contrato de incentivos, além da venda casada de serviços bancários e de pagamentos;
  • Por ora não há maiores informações sobre o andamento do caso. Entretanto, ao longo dos últimos anos o setor de aquirencia teve seu ambiente regulatório significativamente modificado por iniciativas como a da Stone, que acabaram sendo implementadas por Cade e Banco Central.

 Caixa avalia vender participação no Banco Pan

  • Segundo o colunista Lauro Jardim, a Caixa Econômica Federal planeja vender sua participação de 32,8% no Banco Pan, o qual controla juntamente ao BTG Pactual. Considerando o valor atual de mercado de R$ 2,5 bilhões, a venda poderia totalizar R$ 820 milhões;
  • Os bancos dividem o controle do Pan desde 2011, após o Grupo Silvio Santos vender sua participação seguindo uma fraude contábil de mais de R$ 4 bilhões;
  • Além deste ativo, a Caixa discute para os próximos anos as vendas das divisões de seguros, gestão de recursos, cartões e loterias.

 Instituto Aço Brasil: Dados fracos para o mês de dezembro, mas números sólidos para 2018

  • De acordo com o Instituto Aço Brasil, a demanda aparente de aço caiu -1,9% A/A em dezembro, para 1,53mt, mas teve aumento de +7,3% em 2018, com os aços planos +8,9% (-0,4 A/A) e os longos +4,8% (-4,7% A/A);  
  • As vendas internas caíram -3,2% A/A em dezembro, mas acumularam +8,2% de crescimento no ano, com planos +10,9% no ano (-2% A/A) e longos +5,2% (-5% A/A);
  • A produção de aço bruto caiu -6,3% A/A e, apesar de acumular +1,1% de crescimento em 2018, para 34,7mt, a produção total ficou abaixo do estimado anteriormente pelo Instituto (36,1mt). As importações foram o destaque positivo do mês, com alta de +9,6% A/A e +3,3% em 2018.

Petrobras: Nivio Ziviani indicado para Conselho de Administração

  • Em comunicado divulgado ontem após o mercado, a Petrobras informou que a União indicou ou Professor Nivio Ziviani para o Conselho de Administração da companhia;
  • O Professor Ziviani é graduado em Engenharia Mecânica pela UFMG e tem Ph.D em Ciências da Computação pela Universidade de Waterloo, no Canadá. Publicou diversos livros e mais de 120 artigos em periódicos acadêmicos, e é membro da Academia Brasileira de Ciências desde 2007;
  • Além disso, o acadêmico também tem vasta experiência como empreendedor, fundando empresas como Kunumi, Neemu, Akwan Information Technologies e Miner Technology Group. Ziviani é também co-criador da máquina de busca TodoBR.

 Mineradora BHP vai aportar US$ 515 mi para Fundação Renova e Samarco

  • De acordo com documento publicado ontem pela companhia, a mineradora anglo-australiana BHP aceitou aportar US$515mi em apoio financeiro adicional à Fundação Renova e à Samarco;
  • Do montante informado, a BHP detalhou que US$ 438mi seriam aportados para financiar a Fundação Renova até 31 de dezembro deste ano e US$ 77mi disponibilizados à Samarco até junho;
  • A Fundação Renova foi criada para fins reparatórios após o colapso de uma das barragens de rejeitos da mineradora Samarco — uma joint venture da BHP com a Vale —, em novembro 2015.

COE News

Facebook: WhatsApp combate “fake News” ao restringir o encaminhamento de mensagens

  • O serviço de mensagens do WhatsApp está limitando a capacidade dos usuários de encaminhar conteúdo, buscando restringir o compartilhamento de informações falsas, de conteúdo impróprio ou viés político. Para o Facebook, o movimento segue uma série de outras medidas para combater a disseminação de conteúdo prejudicial à sociedade;
  • Com mais de 1bi de pessoas utilizando a plataforma, os usuários poderão apenas encaminhar material para cinco usuários ao invés de 20. A mudança provavelmente não será significativa para a maioria dos usuários, mas pode ser visto como uma mudança relevante para desenvolvedores e diversos profissionais que utilizam a ferramenta como fonte primária de compartilhamento de informações, incluindo conteúdo com viés político.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

B3 Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.