XP Expert

Mundo em 60 segundos: o que comprar e quando?

Panorama semanal, análises de cenário e ações globais

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O que está ruim: pedidos de auxílio desemprego nos EUA dobraram em uma semana, e já estima-se 15% ou mais da força de trabalho americana desempregada no segundo trimestre, superando os 10% atingidos na crise de 2008. A grande preocupação de curto prazo é com a implementação do programa de ajuda às pequenas empresas, para evitar um efeito dominó de insolvência e risco sistêmico de crédito.

O que não está tão ruim: ao contrário de 2008, o sistema é muito menos alavancado, o mundo não tem excesso de investimentos imobiliários podres com nota irreal de crédito, bancos centrais agiram rápido, e os alicerces econômicos continuarão preservados, considerando que o lockdown não se estenda demais. Rússia e Arábia Saudita deverão cortar produção de petróleo, levando a uma alta no preço da commodity de +37% na semana. Mesmo assim, a bolsa americana fechou a semana com 2% de queda e a taxa das treasuries de 10 anos caíram 7 pontos.

O que está sendo feito: coronavírus passa de 1 milhão de casos e os EUA ficarão trancados até o final de abril. Após pacote de US$ 2.2tri + compras infinitas de ativos, o governo americano discute quarta rodada de estímulos focados em infraestrutura, e o Fed segue mais perto de se consolidar como o Banco Central Global à medida que expande as operações de repo (recompra) e facilita fluxo de dólar para o mundo. Atualmente, as reservas de moeda estrangeiras já são 60% dolarizadas.

O que vem pela frente: a recuperação terá formato de V, U, L, ou “símbolo da Nike”? Estamos no 12° mercado de baixa desde a 2ª Guerra Mundial. Historicamente, o retorno médio do S&P 500 no primeiro ano após alcançar a maior baixa foi de 35%, e de 12% no segundo ano pós-crise. Onde é o fundo? De acordo com dados passados, 2 meses antes do pico de pedidos de auxílio desemprego e 4 meses antes do pico da recessão.

O que comprar: independente do formato da recuperação, S&P 500 negociando a 16x Preço/Lucro é um desconto de 20% em relação há 2 meses atrás. No relativo, preferimos bolsa americana vs mundo, dado que os EUA são donos da impressora de dinheiro global, e que a qualidade dos ativos é superior. Em especial, as empresas de tecnologia que combinam alto crescimento com alta geração de caixa tem tido melhor desempenho: o setor teve queda no ano 4x menor do que o setor de energia, por exemplo.

O que preocupa: excesso sem precedentes de liquidez poderá, no futuro, gerar inflação e enfraquecimento das moedas, mas para isso existe o ouro como proteção (+7% no ano). Perdedores? Setores aéreos (Warren Buffett vendeu parte de sua posição na Delta Airlines), de turismo, consumo e indústria de restaurantes. Vencedores? Empresas ”fique em casa” seguem se beneficiando com a crise. Quem são as Z.A.N.P.? Zoom, Amazon, Netflix e Peloton, são companhias antifrágeis nessa crise.

conteudos.xpi.com.br/internacional

@ggiserman

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.