XP Expert

Carteira Destemida (Agressiva) – Janeiro 2022

O perfil destemido é indicado para clientes que estão no topo do perfil agressivo, e que sabe exatamente o que quer: ser sócio das melhores empresas do mundo ao lado dos melhores executivos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A política de investimentos Destemida é recomendada para investidores com perfil Agressivo que já compreenderam o conceito de risco e por isso possuem alto grau de tolerância, e isso serve tanto para aqueles investidores que (i) sabem que para capturar boas oportunidades a volatilidade pode ser uma boa aliada (ii) já possuem compreensão sobre as diversas classes e alternativas de investimentos mas preferem maior exposição a ativos de renda variável, ou para aqueles investidores que (iii) desejam alocar recursos para um prazo maior do que 8 anos e por isso possuem tolerância as volatilidades. Com a dinâmica mais agressiva de alocação, essa carteira busca potencializar o retorno mesmo que isso signifique maior volatilidade no portfólio.

Acreditar que a volatilidade pode trazer oportunidades exige uma análise dos fundamentos de cada investimento realizado, por esse motivo a alocação destemida não mede esforços para alavancar os riscos, já que abre a mão da liquidez para obter maiores retornos na alocação. A alocação do portfólio busca diversificação geográfica como o pilar principal de retorno, trazendo equilíbrio em diferentes setores e dinâmicas de rentabilidade. A alocação busca retornos no longo prazo, já que possui exposição a ativos de alto risco.

O que vimos do mês anterior

O mês de dezembro no Brasil pôs fim à novela da PEC dos Precatórios, que vinha causando tanta volatilidade nos mercados devido às incertezas sobre a dinâmica fiscal que o governo passará a adotar. Após sua aprovação no Senado, que abriu definitivamente espaço para novas despesas no próximo ano, houve uma diminuição dessas incertezas, ou seja, da volatilidade causada ao menos por essa pauta, tanto para as curvas de juros, quanto para a bolsa. Com isso, o Ibovespa conseguiu ter um desempenho positivo ao longo do mês, mas não escapa de ter um 2021 bastante duro, de variação negativa de quase 12%.

Adicionalmente, há poucos dias de encerrar o ano, o Orçamento de 2022 foi aprovado no Congresso. Após o alargamento do teto de gastos e o não pagamento de precatórios, o orçamento de 2022 parece crível, mas não será executado sem desafios. Em 2022, a trajetória fiscal continuará sendo uma das principais questões a ser monitorada.

Ainda no Brasil, tivemos a elevação da Selic em 150 bps pelo Banco Central para os atuais 9,25%, sendo que, dias depois, a ata do Copom trouxe um tom mais duro, indicando que as taxas de juros devem ser mantidas em patamares elevados por mais tempo do que o programado para garantir a ancoragem das expectativas de inflação. Inflação essa que ainda seguiu elevada em dezembro, mas que deve começar a ceder ao longo do primeiro trimestre de 2022, se considerarmos a latente desaceleração da atividade econômica e melhora do cenário hídrico, o que deverá reduzir o custo da energia elétrica.

Nos mercados globais, apesar de alguns sustos ao longo do mês, o clima continuou positivo, uma vez que disseminação da Ômicron não tem feito com que os governos tomem medidas restritivas muito severas até o momento a ponto de impactar atividade econômica e o emprego. Como a variante parece mesmo causar uma versão mais branda da doença, mesmo tendo uma transmissibilidade muito maior que variantes anteriores, analistas entendem que a nova onda da Covid não será um risco para a recuperação econômica global. Os principais índices de ações nos EUA e na Europa caminham para ter mais um mês de desempenho positivo, coroando um ano de retornos elevados.

A China por sua vez continuou volátil por conta de uma diversidade de riscos de curto prazo, pois além do setor imobiliário, desaceleração econômica e confinamentos, surgiram preocupações quanto a possibilidade de listagem de empresas chinesas das bolsas americanas por requisitos regulatórios. De qualquer forma, dados de atividade do mercado chinês indicam que o governo está conseguindo pilotar um pouso suave da economia.

Onde alocar os recursos nesse cenário?

Você até pode ser uma daquelas pessoas que não ficam conferindo a previsão do tempo a todo momento, mas se você já está saindo de casa e vê aquela nuvem carregada, com tudo nublado… vai voltar para pegar pelo menos um guarda-chuva – e a depender da situação, vai preferir ficar em casa mesmo. Sendo uma questão de comportamento, ainda vão existir aqueles que correm para dançar na chuva, mas te garanto que serão poucos. Pois bem, pense que essa tempestade é a volatilidade que o ano de 2022 pode apresentar, hoje já existem projeções em relação aos riscos que o investidor estará exposto – em especial os brasileiros.

O guarda-chuva para esse tipo de situação pode ser o da diversificação – mesmo que você seja do perfil que não tem medo da chuva. Como sempre reforçado por aqui, o investidor que possui uma carteira diversificada e alinhada aos seus objetivos, terá mais tranquilidade para momentos tempestuosos. Além disso, existe outra ferramenta muito eficaz para o conforto do investidor que é o conhecimento, por isso conte com nossos conteúdos e relatórios para guiar suas decisões ao longo de 2022.

Aproveitamos para desejar um excelente ano, repleto de conquistas e realizações, e para já começar a se preparar para  cenário, conheça nossa visão da alocação para 2022.

Quer saber em quais ativos investir?

Assine Expert Pass, e veja as nossas recomendações de alocação para a carteira Destemida.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.