Pânico na Bolsa argentina impacta fundos brasileiros

Pânico na Bolsa argentina impacta fundos brasileiros. Exploritas é fortemente afetado.

access_time 13/08/2019 - 16:56
format_align_left 3 minutos de leitura

Nessa segunda-feira, a Argentina foi assolada por um verdadeiro “banho de sangue” em seus mercados locais. Após as eleições primárias mostrarem que a chapa populista Alberto Fernández/Cristina Kirchner disparou na liderança para a eleição presidencial de outubro (48% contra 32% do atual presidente Mauricio Macri), o Merval, principal índice acionário do país, caiu cerca de 38% na moeda local e quase 50% na cotação em dólares. O dólar subiu mais de 15% frente ao peso argentino, que encerrou o dia no patamar de 53 pesos por dólar. Para a bolsa, foi a pior queda diária da história do país, superior à queda emblemática de 45% (em dólares) observada em 2002, quando o país anunciou a moratória de sua dívida.

Dada a proximidade geográfica de nossos vizinhos, muitos fundos de investimento brasileiros se especializaram na cobertura de ativos da Argentina nos últimos anos e, em alguns casos, carregavam exposições nas carteiras até a data de ontem, o que levou tais fundos a serem fortemente impactados pelos movimentos de queda observados.

Das gestoras com as quais falamos, uma que merece destaque é a Exploritas, dado o forte movimento de captação observado pela estratégia “carro-chefe” da casa, o Exploritas Alpha América Latina, um fundo multimercado agressivo que vem de uma janela de 5 anos de retornos bastante expressivos (240% do CDI no acumulado dos últimos 5 anos e 400% do CDI em 2019, até o dia anterior ao evento nos mercados argentinos).

A principal estratégia do fundo consiste no investimento em ações e bonds (títulos privados) de empresas brasileiras e latinas, com exposição a ativos no Brasil, México, Colômbia, Chile, Peru e Argentina. Na data de ontem, a exposição comprada em ações argentinas somava 8% do PL e exposição comprada em títulos privados dolarizados (cotados em dólar) totalizava 15%. Acompanhando o resto do mercado, a carteira de ações carregada pelo fundo caiu mais de 50% e a cesta de bonds caiu entre 20% e 30%, resultando num impacto próximo de -7,00% na carteira do fundo como um todo. Fora isso, os ativos brasileiros também caíram fortemente ontem, o que levou o resultado consolidado do fundo a uma queda de 8,20% no dia e de 8,50% no mês. Após esse forte movimento negativo, o retorno acumulado no ano próximo a 15% foi para cerca de 5,80% (contra 3,85% do CDI no mesmo período).

Embora o resultado negativo chame muito a atenção, principalmente se comparado a outros fundos multimercados, está dentro do mandato de risco do fundo, que já teve outros meses bastante negativos no passado (o pior foi -8,68% em set/2015).

O gestor Daniel Delabio afirmou que não fez alterações relevantes nas posições entre ontem e hoje, por enxergar que o movimento foi demasiadamente exagerado. Segundo ele, ainda não há visibilidade o suficiente para pensar em aumentar posições ou adicionar novos nomes à carteira, mas também não acha que faz sentido vender ativos nos níveis de preço atuais, por isso está em compasso de espera. Hoje, por exemplo, o mercado mostrava alguma recuperação, com o índice acionário Merval subindo mais de 8% no meio da tarde.

Seguiremos no acompanhamento tanto da Exploritas quanto de outros gestores que possam ser impactados pela movimentação dos ativos argentinos.

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Receba nosso conteúdo por e-mail

Receba resumos diários, semanais e mensais e fique sempre bem informado sobre nossas análises, relatórios e recomendações de investimentos.

Clique para se cadastrar