XP Expert

LinkedIn influencia na escolha de produtos financeiros

Acompanhe em primeira mão os dados da pesquisa LinkedIn 2020 financial advisor apresentada por Dan Connell e contratada por Ana Moisés do Linkedin

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A busca por informação financeira para melhorar a forma de investir é cada vez mais crescente no Brasil especialmente em momentos de turbulência e insegurança como o atual que vivemos. Mas como exatamente os consumidores de produtos financeiros e até os assessores de investimentos buscam por dados e conteúdo para tomar as melhores decisões em suas carteiras?

Esse foi o tema do painel de uma das Lives da Expert XP 2020, no terceiro dia do maior evento de investimentos do mundo, que teve como palestrantes Ana Moisés, diretora da área de soluções de Marketing do Linkedin América Latina e Dan Connell, Managing director da Greenwich Research. A mediação foi feita pela especialista em finanças da XP, Ana Laura Barata.

Acesse a página do evento Jornada do Investidor

LinkedIn 2020 financial advisor study

O Linkedin, de acordo com Ana Moisés, é uma plataforma “Economic Graph”, que acompanha a economia global. Através dos dados de número de usuários da plataforma, número de empresas com perfis, número de vagas publicadas e as competências cadastradas nos perfis individuais a ferramenta consegue mapear uma série de tendência relacionadas ao mercado de trabalho ajudando empresas a encontrar melhores talentos e os usuários a encontrarem o emprego dos sonhos. Ou seja: aplataforma ajuda a economia a continuar funcionando.

E o mercado financeiro, além da sua importância crescente, também ganhou mais destaque neste momento de pandemia. O estudo, apresentado em primeira mão no evento, mostra um pouco de como os consumidores e investidores financeiros se comportam quanto ao consumo de conteúdo e apresenta algumas diferenças importantes entre o mercado brasileiro e o restante do mundo.

Dan Connell conta que a pesquisa foi dividida em dois públicos: entre os clientes ou os usuários que buscam por informações de investimentos e o assessores de investimento, que apresentam um papel bastante importante no nosso mercado. Esses assessores, por exemplo, são muito mais jovens no Brasil do que na média mundial.

Além disso também é visível que o número de investidores está aumentando no Brasil e não apenas entre os de maior renda aquisitiva, um reflexo esperado da queda da taxa de juros. Dessa forma o investidor, se quiser mais rentabilidade, precisará pesquisar mais sobre investimentos mais interessantes, sejam eles de renda fixa, caso ele tenha um perfil mais conservador, ou na renda variável, no caso de um perfil mais agressivo e suportar mais risco.

Ferramentas e canais de Social Media são fundamentais na escolha de produtos financeiros

Por conta do isolamento social e as restrições de circulação já era esperado que haveria um aumento do consumo de media de maneira geral. Mas esse consumo não ocorreu apenas para conteúdos noticiosos, relacionados a primeira onda da pandemia quando os usuários buscavam informações sobre o coronavírus ou de entretenimento, relacionados a segunda onda quando as pessoas começam a buscar mais momentos de laser e distração por conta do grande nível de estresse. Também notou-se crescimento pela busca de conteúdos financeiros, especialmente via redes sociais.

O Brasil, mesmo com dados de conectividades crescente ainda não consegue chegar em toda a população. Aproximadamente 50% dos brasileiros hoje possuem acesso a internet e muito desse acesso está relacionado com celulares e, principalmente, com as redes sociais.

E tanto o cliente que busca informações financeiras para investir melhor quanto o próprio assessor de investimentos também usam muito as redes sociais para buscar informações sobre produtos e ativos, especialmente o Linkedin. Entre os veículos listados pelos assessores de investimentos para se informarem sobre o mercado financeiro a plataforma aparece em primeiro lugar e logo depois o Financial Times e Blumberg.

Acesse a página do evento Jornada do Investidor

A importância do assessor de investimentos no Brasil

A influência do assessor de investimentos no mercado brasileiro também é muito grande de acordo com a pesquisa. 83% dos investidores brasileiros atendidos por algum assessor aceitam conselhos desse especialista principalmente se esse investidor conhecer esse ativo ou quem faz a administração do ativo. E 31% dos clientes geralmente fazem perguntas sobre fundos ou ativos específicos, o que já indica um conhecimento e interesse maior do mercado.

Além disso percebe-se claramente uma mudança importante do comportamento da figura do assessor: cada vez mais eles dedicam mais tempo para o estudo sobre finanças, compreensão e discussão do mercado, fazendo mais reuniões com o clientes investidores, produzindo cada vez mais conteúdo e material para os clientes sentirem-se mais confortáveis na hora de investir além de estarem mais disponíveis para discussões virtuais com o mercado. Ou seja: cada vez mais ele se torna uma figura de referência no mercado de investimentos.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.