XP Expert

“No Brasil, o que dá dinheiro mesmo é juros!”: Expert XP discute onde Investir com juros e inflação nas alturas

Mauricio Juncá e Ulisses Nehmi falam sobre como os juros altos e inflação impactam o mercado de Renda Fixa no Brasil

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Para Mauricio Juncá, da Vinland e o Ulisses Nehmi da Sparta, o mercado de crédito do Brasil tem muitas oportunidades. Ambos acompanham bem de perto os ativos de renda fixa, mas com uma diferença clara: enquanto Mauricio tem uma abordagem orientada pelo cenário macro, o Ulisses utiliza uma estratégia bottom-up, ou seja, tem um time de dez analistas dedicados a analisar o balanço das empresas emissoras buscando oportunidades.

Os últimos anos foram desafiadores, com os mercados convivendo com recessões, impeachments, pandemias e até guerras. Para o gestor da Vinland, isso fez com que as expectativas de inflação ficassem desancoradas, levando os Bancos Centrais e governos a lançar mão de estímulos fiscais e monetários. Estes estímulos nos trouxeram ao cenário de inflação alta que estamos vendo atualmente.

Oportunidades à vista

Neste cenário, ambos afirmaram que muitas oportunidade surgiram. Os dois acrescentaram que os investimentos em renda fixa costumam gerar mais valor no carrego, mas que estão sempre atentos a oportunidade de ganhos de curto prazo.

Mauricio citou posições tomadas em juros nos EUA, Chile, Polônia e até Austrália, assim como operações visando a se beneficiar da inclinação das curvas de Juros ou de cupons cambiais. Já Ulisses, que foca em empresas High Grade (com notas de crédito mais altas) tem uma abordagem bastante diversificada e faz alocações em ativos de empresas que apresentam uma assimetria positiva entre retorno e risco.

Ulisses acrescentou que os portfólios de Renda Fixa e crédito privado costumam ter uma diversificação maior, pois em caso de não pagamento (default) o impacto na rentabilidade tende a ser diluído.

“Na renda fixa, se tudo der certo, você recebe o que foi combinado”.

Ulisses Nehmi

Falando em desinvestimento, ambos concordaram que na renda fixa os desinvestimentos acontecem principalmente por dois motivos: ou porque o “ativo piorou” (aumento do risco de default); ou para realizar o lucro e comprar um ativo mais atrativo.

Em termos de setores, Ulisses afirmou gostar de setores mais conservadores, como infraestrutura e financeiro. Já entre os mais arriscados, prefere evitar varejistas e imobiliário em cenários mais negativos, como o atual.

Por fim, falaram de perspectivas para os ativos no Brasil. Mauricio e Ulisses acreditam que as eleições representam uma preocupação, mas que o cenário para a Renda Fixa é positivo principalmente porque o ganho real está bastante atrativo e as empresas estão pouco endividadas. Além disso, Ulisses citou que o momento atual, de juros altos, eleva demanda dos investidores por ativos de Renda Fixa.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.