XP Expert

Howard Marks: A visão de um dos maiores investidores do mundo

Tivemos neste quarto dia de Expert o lendário value investor Howard Marks, CFA. Marks que é cofundador da Oaktree, gestor de mais de USD 100 bilhões e autor de dois dos mais famosos livros de investimentos que temos, The Most Important Thing e Mastering the Market Cycle.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Tivemos neste quarto dia de Expert o lendário value investor Howard Marks, CFA. Marks que é cofundador da Oaktree, gestor de mais de USD 100 bilhões e autor de dois dos mais famosos livros de investimentos que temos, The Most Important Thing e Mastering the Market Cycle.

O gestor compartilhou sua visão sobre temas como a crise atual, riscos e se dinheiro e equivalentes não possuem valor no atual momento. Por fim, o gestor também deu sua opinião sobre como investidores deveriam se comportar em temas como ser contrário à natureza humana dita na hora de alocar capital e sobre a importância de pensar em ESG.

Na nossa visão, a apresentação foi uma aula ministrada por um lendário investidor, que fez questão de revisitar conceitos de seus livros e trazer sua visão sobre os principais temas que atormentam investidores neste momento. Seguem os principais tópicos.

Sobre a crise. A expectativa é de que vamos ter uma recuperação nos próximos anos, mas o gestor acredita que temos pouca visibilidade do que vai realmente acontecer e que apenas as ações de liquidez do banco central americano não serão suficientes para resolver os problemas nos fundamentos das empresas

Riscos que investidores deveriam estar cientes. Governos, economistas e o mercado parecem estar menos preocupados hoje com déficits e dívidas governamentais. Essa medida levou governos a aumentar o déficit mesmo em tempos de prosperidade e, agora com a crise, o governo americano aumentou sua dívida e déficit consideravelmente para amortizar os efeitos da pandemia. Marks discorda dessa teoria e acredita que o aumento inconsequente de dívidas e de déficit pode ter consequências relacionadas a crises.

Dinheiro e “cash is trash”. Marks acredita que a importância do dinheiro está mais relacionada com o perfil do investidor do que com o ativo em si e que “cash is trash” para aqueles pouco aversos a risco ou otimistas com o possível retorno da renda variável. Ainda neste tópico, o gestor enfatizou que concorda com o consenso da Expert de que diversificação é importante para investidores.

Barganhas. Marks acredita que, devido a deterioração da economia e as ações de bancos centrais de injetar liquidez, é difícil dizer que existem “barganhas” a serem adquiridas. Mas o gestor acredita que ainda existem comparativos interessantes, companhias cujos preços caíram muito e deixaram de subir conforme deveriam.

O que é uma ação barata? O gestor lembrou seu conceito de que o que determina se um negócio está barato não é apenas se o futuro do negócio parece bom ou não, mas sim se o preço desses negócios está abaixo do que deveria dado a  expectativa atual. O futuro de muitos negócios hoje parece pior do que antes da crise, mas se o preço destes negócios ficou desproporcionalmente menor do que antes da crise, a margem de segurança ficou ainda maior para investidores.Setores como hotelaria e companhias aéreas possuem pouca visibilidade sobre o futuro, então é difícil dizer se estão baratos ou não. Mas vários outros negócios  parecem interessantes para o gestor e ele acredita que investidores deveriam olhar para estes negócios.

Companhias Zumbis. Hoje existem companhias cujo custo da dívida ultrapassa sua margem operacional. Alguns pontos importantes foram citados pelo gestor sobre investimentos em ativos estressados. Primeiramente, o gestor citou que a liquidez gerada pelo banco central americano torna muitas destas companhias vivas não devido a sua situação operacional, mas devido a estímulos e que o fundo dele não investiria nestas companhias aos preços de hoje. Porém o gestor lembrou que tais companhias poderiam melhorar sua situação de solvência através de um processo de recuperação judicial e que, ao preço certo (barato), entrariam em seu portfólio.

“Tudo que é contra-intuitivo é importante e tudo que é óbvio é inútil”. Provocado por nosso sócio Benny, Marks lembrou da importância de, como investidor, agir contrário a natureza humana. Investidores, como o próprio gestor, querem “comprar na baixa e vender na alta”, mas a natureza humana nos faz agir exatamente ao contrário em momentos de crise. O grande desafio é ter a psicologia de um grande investidor e saber controlar as emoções para se sair bem desse momento.

Ciclos. O investidor lembrou que esta crise não faz parte de um ciclo comum e que investidores se enganam se acham que este é apenas mais o fim de um ciclo.

ESG. Por fim, o investidor citou que, apesar de ESG não ser sua especialidade, acredita que absolutamente todos devem contribuir para um mundo melhor e investimento consciente deve ser uma das formas.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.