XP Expert

Brasil é a ‘bola da vez’, mas é preciso cautela, apontam especialistas em painel da Expert XP 2022

Otimismo cauteloso e distante de euforias: essa é a visão dos especialistas que participaram deste painel da Expert 2022 em relação ao futuro do Brasil.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

“Brasil é a bola da vez?” Essa foi a questão debatida por experts em análise de ações brasileiras neste painel na Expert XP 2022. Todos os presentes apresentam longevas trajetórias no mercado financeiro e concluíram, unanimemente, que sim, a Bolsa brasileira apresenta oportunidades únicas de investimentos, já que, além de estar negociando a múltiplos historicamente baixos, possui estruturalmente vantagens comparativas no mercado internacional.

O painel foi mediado por Danniela Eiger, Head de Varejo e Co-Head de Equity Research XP, e contou com a presença de Henrique Bredda, Sócio fundador e gestor da Alaska Asset Management, Rafael Bevilacqua, CEO e Estrategista-chefe da Levante, e Thomas Giuberti, Sócio fundador da Golden Investimentos e Head de Renda Variável.

“Eu acho que o Brasil é a bola da vez sim, eu acho que não é só nesse ano que está por vir, vai ser por um bom tempo a bola da vez.”

Henrique Bredda

Segundo eles, ao comparar a conjuntura macroeconômica brasileira com o mercado internacional, podemos sinalizar algumas vantagens comparativas. Olhando para os emergentes, vemos suas bolsas sendo negociadas a múltiplos elevados, países em guerras, enfrentando colapsos econômicos ou implementando políticas controladoras que limitam o mercado interno. Ao vermos os países desenvolvidos, também podemos observar alguns problemas estruturais, como a crise energética na Europa, conflito armado entre Rússia e Ucrânia e elevada inflação tanto nos países europeus quanto nos Estados Unidos.

“O Brasil vem construindo essa arquitetura aqui dentro de casa, benigna, e acho que tem realmente bastante espaço para o Brasil o ano que vem.”

Thomas Giuberti

Por outro lado, o Brasil apresenta uma conjuntura mais favorável, e os principais argumentos levantados no painel foram (i) preços elevados de commodities é benéfico para um país exportador de matérias-primas; (ii) podemos estar iniciando um ciclo de redução da Selic, o que favorece o preço de ações; e (iii) a Bolsa está negociando a múltiplos baixos na comparação histórica (P/L atual de 6x vs. 12x na média histórica).

Visão de longo prazo

Apesar de as ações brasileiras estarem baratas, o investidor precisa ser cauteloso no momento do investimento e ter visão de longo prazo. Todos os presentes concordaram que o Brasil vai “andar”, mas afirmaram que isto é um processo de longo prazo e não momentâneo. Portanto, investir com visão de longo prazo, se apegando a valuation e teses de investimentos, pode ajudar o investidor a enfrentar a volatilidade.

Mas como avaliar se a empresa é uma boa oportunidade? Henrique Bredda deu uma dica: “Primeiro se certifique que a empresa não é apenas uma ideia numa apresentação de PPT, depois descubra se ela é bem administrada. Em seguida, identifique se ela possui vantagens comparativas no seu produto comercializado e, por fim, se ela está ‘barata'”.

“Tentar separar o ruído do que de fato é: esse é o ponto principal para o investidor.”

Rafael Bevilacqua

Seguindo a lógica, Rafael disse que é importante o investidor saber diferenciar empresas sérias daquelas momentâneas. Fugir do modismo e se prender a métricas de avaliação é uma boa iniciativa para o investidor aproveitar o momento de muitas oportunidades.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.