XP Expert

A sociedade brasileira e seu futuro: Leandro Karnal e Giuliana Napolitano

O professor Leandro Karnal levanta o debate do que deverá acontecer com a sociedade, no Brasil e no mundo, após a pandemia. Adota um discurso pragmático do que irá por vir mesmo com uma incerteza na vida das pessoas nunca vista antes, afinal vivemos a era da informação. O historiador rememora que apesar de já […]

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O professor Leandro Karnal levanta o debate do que deverá acontecer com a sociedade, no Brasil e no mundo, após a pandemia. Adota um discurso pragmático do que irá por vir mesmo com uma incerteza na vida das pessoas nunca vista antes, afinal vivemos a era da informação. O historiador rememora que apesar de já termos vivido outras pandemias, essa apresenta características diferentes e expõem de forma mais nítidas as desigualdades e atenta para que para sermos um país mais justos, essas lacunas sociais deverão ser mais bem atendidas.

Relações interpessoais

Modelos de reuniões e encontros virtuais se mostram com muito melhor financeiramente; mas qual será o limite? Isso tem consequências comportamentais, culturais e econômicas. Nós tivemos a substituição da crença de escritórios por coworking; muito mais em conta financeiramente. Eis que a crise demostrou para muitas empresas que o virtual seria uma opção ainda melhor. Não há uma resposta clara para o futuro, mas que crenças como encontros de negócios devam começar a ser mais pragmáticas isso já é realidade. Hábitos como ir ao cinema em um shopping e enfrentar fila deve ser encarada com ceticismo diante da possibilidade de todas as pessoas preferirem assistir a um novo filme em alguma plataforma de stream.

Educação

Karnal cita desde Platão com seus alunos ao seu redor até o ensino na Prússia com cadeiras enfileiras visando a disciplina militar para frisar que não teremos mais uma educação super rígida. Ele acredita que a multidisciplinaridade deverá se impor de forma mais acelerada após a pandemia.

Desigualdade

A pandemia do coronavirus escancarou as desigualdades sociais. Enquanto os mais ricos conseguiram manter sua renda e relativamente a sua vida dentro de suas casas, os mais pobres se viram impedidos de trabalhar e buscar o seu bem-estar. Para termos uma sociedade mais justa, não só governo, mas toda a sociedade deverá ter um olhar mais atento sobre essa questão.

Desigualdade na educação

Karnal acredita que os efeitos da pandemia deverão aumentar ainda mais a educação entre os mais jovens ricos e pobres. A diferença entre escolas de alta renda e baixa renda estão apenas exacerbando. Nem todos tem acesso à internet; esse acesso não é comum muito menos universal. Nós brasileiros precisamos formar pessoas, e precisamos de uma pirâmide mais vasta, com pessoas bem formadas, com capacidade de comunicação ampla.

Dica a um jovem empreendedor

“Ser empreendedor pressupõem tomar risco. A primeira coisa é percebe se há coragem para essa iniciativa. Muitas pessoas gostam da rotina, de fazer tudo de forma organizada e sem sustos. No mundo de hoje e principalmente do futuro, é necessário falar inglês. Isso é uma ferramenta fundamental para conversar com todos os tipos de pessoas. Não acredite que irá dominar o mundo. Tenha medo, veja se consegue entrar no clima”.

Leandro Karnal

A sociedade será mais empática após o fim da pandemia.

Uma característica fundamental dessa pandemia é a velocidade de informações que somos bombardeados diariamente. Esse volume de notícias nos traz uma angústia nunca vista antes e acrescenta um grau de incerteza na vida pessoal das pessoas que a torna mais danosa. A doença em si é menos fatal que outras do passado, mas a incerteza acarreta um número maior de pessoas com depressão, solidão e até consumo maior de álcool. Normalmente, após um período de tristeza com este há uma bonança de felicidade. Entretanto que era de má índole continuara sendo e quem é otimista deverá se torna ainda mais. Uma realidade de tudo isso, é que hoje o mundo tem nas empresas de tecnologia e principalmente nas de informação as companhias mais valiosas já vistas. Deter informação hoje é mais valioso que ter um poço de petróleo como no passado.

Epidemias aceleram coisas que já estavam lá, e sempre vemos inovações positivas e culturais, como o jazz que seguir a gripe espanhola. Não é só coisas boas, mas é a esperança de que poderemos transformar essa dor em belo.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.