XP Expert

Novo banco de criptoativos? – Radar Criptomoedas

Circle próxima de se tornar um banco, stablecoins no Twitter e Lightning Network como alternativa aos meios de pagamento tradicionais.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Semana de leves perdas para os criptoativos. No agregado, o valor das criptomoedas retornou para US$ 1,94tri, uma queda de -2,1% vs. a semana anterior.

Nova semana, velhos problemas

Nesta semana, o tema do aperto monetário do Federal Reserve continuou em alta, exercendo forte pressão sobre os ativos de renda variável e culminando em um movimento de aversão ao risco. Na terça-feira, James Bullard, presidente do Federal Reserve de St. Louis afirmou que gostaria de ver a taxa de juros básica americana atingindo 3,5% até o final do ano e não descarta altas de 75 b.p.s ao longo desta trajetória. Na última quinta-feira, Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, também afirmou acreditar que o movimento de alta da taxa de juros deverá ser mais agressivo para combater efetivamente a inflação. Uma alta de 50 bps será discutida já na próxima reunião do FOMC.

O resultado dos pronunciamentos foi uma alta na taxa de juros de 10 anos americana, que por sua vez já se aproxima dos 3%. O contínuo aumento do custo de oportunidade para os ativos de risco e os riscos de recessão com um cenário macroeconômico desfavorável têm pesado no mercado como um todo e, consequentemente nas criptomoedas.

Percepção de valor do Bitcoin entre US$ 38 mil e US$ 50 mil?

Fonte: Glassnode, XP Research.

Um estudo feito pela Glassnode concluiu que hoje a percepção de valor dos especuladores gira em torno de US$ 38 mil e US$ 50 mil. A conclusão é tomada a partir das faixas de preços em que os investidores de curto prazo optam por manter suas posições. Como visto no gráfico acima, especuladores tendem a realizar lucros/prejuízos quando o preço da maior criptomoeda do mercado cruza uma das faixas especificadas. Logo, entende-se que os investidores de curto prazo acreditam em oportunidades nestes preços. Por outro lado, os investidores de longo prazo mostram-se insensíveis as variações de preço da moeda e poucos realizam suas posições diante de uma forte volatilidade da moeda.

E o interesse segue baixo…

Fonte: Blockchain, XP Research.

A faixa em que os investidores enxergam valor na criptomoeda só poderá ser quebrada com um aumento nas negociações e interesse pelo ativo. Em contrapartida, não é isso que os balanços das corretoras e pesquisas do Google indicam. Há uma queda substancial no volume de Bitcoins negociados nas corretoras em 2022 e o Google Trends também indica uma queda no interesse dos investidores de varejo pelo ativo.

A tendência negativa não é exclusividade do Bitcoin!

Fonte: Duke Analytics, XP Research.

O gráfico acima, da Duke Analytics, mostra que o volume mensal negociado nas DEXes (corretoras descentralizadas), responsáveis por grande parte das negociações de altcoins e finanças descentralizadas, está em declínio desde o início do ano. Com a menor liquidez circulando entre estes projetos, é provável que haja uma consolidação dos mais bem estabelecidos e com maiores aplicabilidades e vantagens competitivas.

Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 15:45 de 22/04/2022

NOTÍCIAS

5 banknote

Novo banco de criptoativos?

A Circle, emissora da segunda maior stablecoin, disse que está mais perto de enviar um pedido para operar como banco nos EUA, avançando com um plano de meses, contudo, a startup vem mantendo discussões com reguladores que querem tornar mais difícil para as empresas de cripto garantirem este tipo de licença. A empresa, que emite USD Coin, já atraiu investimentos de diversas instituições. Na semana passada, a Circle anunciou que levantou US$ 400mi da BlackRock, Fidelity Management e Research LLC. A startup planeja se tornar pública ao se fundir com uma empresa de aquisição de propósito específico em um acordo avaliado em US$ 9bi.

O Escritório do Controlador da Moeda dos EUA, que supervisiona as cartas bancárias, discutiu uma variedade de tópicos com a administração da Circle em relação às ambições bancárias da empresa. Isso inclui interoperabilidade entre blockchains e como avaliar os riscos operacionais de um blockchain específico, de acordo com Jeremy Allaire, CEO da empresa. Se aprovado, a startup seria o quarto banco de criptomoedas aprovado para operar pelo governo federal nos EUA. Conseguir uma carta bancária pode ser a chave para o futuro da empresa. Vale lembrar que o Federal Reserve e outros órgãos de vigilância dos EUA disseram que as stablecoins precisam de mais regulamentação e devem ser emitidas pelos bancos.

Criadores de conteúdo receberão em stablecoins no Twitter

A empresa de pagamentos Stripe, uma das startups mais valiosas do mundo, está intensificando seu retorno às criptomoedas. A empresa anunciou em um comunicado na sexta-feira que seu primeiro parceiro na expansão será o Twitter, permitindo que um grupo seleto de criadores na plataforma de mídia social receba pagamentos de criptomoedas por meio da plataforma Stripe Connect.  A medida é a mais recente manifestação da volta do interesse da Stripe em criptomoedas depois que rivais como Block, PayPal e Checkout.com fizeram investimentos no setor. A Stripe suspendeu o suporte para pagamentos de Bitcoin em 2018, mas começou a recrutar pessoas especializadas em criptomoedas no ano passado e em março disse que estava ajudando as Bolsas de ativos digitais FTX e Blockchain.com com pagamentos online e verificação de clientes.

Os criadores no Twitter poderão receber pagamentos inicialmente na stablecoin USD Coin. Os pagamentos na plataforma Stripe Connect serão feitos usando a Polygon, uma rede blockchain projetada para tornar o Ethereum mais rápido e fácil de usar, que foi escolhida pela startup por conta de sua velocidade e baixas taxas de transação. Olhando além da Strip, a adição de suporte a Polygon e pagamentos em USD Coin também representa um novo terreno para o Twitter, que introduziu as gorjetas de Bitcoin no ano passado. Os criadores poderão ganhar USD Coin por meio de recursos monetizados no Twitter, como Ticketed Spaces e Super Follows.

Capacidade da Lightning Network ultrapassa 1,5 mil BTC – Money Times

Lightning Network poderá ser alternativa às redes de pagamento tradicionais

O Morgan Stanley publicou um relatório sobre o Bitcoin e sua solução de pagamento Lightning Network. A solução permite que os usuários liquidem transações em um instante e registra um crescimento de 410% a/a, de acordo com a Arcane Research. Para transações feitas usando a Lightning Network do Bitcoin, que cobra taxas mais baixas do que outros tipos de transações, os consumidores podem essencialmente não pagar taxas para pequenas compras, o que pode levar o Bitcoin a se tornar mais comumente usado como método de pagamento. A solução serve de catalisador para adoção da moeda, uma vez que mais de 85% das compras nos EUA são feitas em lojas e não online, de acordo com o banco e, até agora, as criptomoedas não eram amplamente aceitas nas lojas de varejo devido às altas taxas, preços instáveis e hesitação por parte dos comerciantes.

O relatório também afirma que a empresa de pagamentos Strike recentemente formou parcerias com a empresa de pagamentos Blackhawk Network, bem como com o fornecedor de pontos de venda NCR, que fornece sistemas de pagamento para mais de 100.000 restaurantes e mais de 7.000 lojas de departamento e clientes de varejo, segundo o banco. A Strike fornece às empresas dos EUA um ponto de venda (PoS) baseado na Lighting Network do BTC, uma alternativa às redes de pagamento da VISA e Mastercard. Contudo, existem desvantagens, o banco apontou as desvantagens de usar um PoS baseado em Bitcoin, que são eles: a flutuação de preço no ativo subjacente, as implicações fiscais e o potencial escrutínio de reguladores e funcionários do governo se acreditarem que o BTC é um competidor legítimo moeda para o dólar norte-americano. Ainda assim, trazer pagamentos de Bitcoin para lojas físicas é fundamental para que a moeda ganhe uma adoção mais ampla e amplie a evolução do uso de bitcoin como meio de pagamento, afirma o Morgan Stanley

DE OLHO NO MERCADO

Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 15:45 de 22/04/2022
Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 15:45 de 22/04/2022

O gráfico acima mede o nível da correção atual no preço das maiores criptomoedas vs. a sua máxima histórica. Segundo os dados, apesar da recuperação recente, grande parte das moedas ainda se encontram em bear market após o período de forte correção que não só impactou as cotações, como também contribuiu para uma redução no volume de negociações das moedas.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.