XP Expert

Meta anuncia tarifa sobre venda de ativos digitais – Radar Criptomoedas

Novo cartão de criptomoedas da Nexo, parceria entre Circle Internet Financial e BlackRock e novas tarifas da Meta.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Criptomoedas encerram mais uma semana no vermelho. No agregado, o valor dos criptoativos retornou para US$ 2,0tri, uma queda de -3,2% vs. a semana anterior. A classe de ativos segue sob pressão dos apertos monetários e posturas cada vez mais contracionistas dos bancos centrais frente ao problema inflacionário. Os ativos de risco tendem a perder um pouco da atratividade neste cenário em meio ao aumento no custo de oportunidade.

Correlação segue em alto nível

Fonte: TradingView, Bitcoin Magazine e XP Research.

A correlação entre o Bitcoin e o índice Nasdaq-100 (composto majoritariamente por ações de tecnologia) encontra-se em um patamar elevado. Segundo o gráfico acima, do TradingView, a correlação dos últimos 28 dias no dia 8 de abril estava em cerca de 0,86, indicando que os investidores continuam interpretando a maior criptomoeda do mercado como um ativo de alto risco ao invés de uma potencial reserva de valor neste momento de maior inflação.

Sinal Positivo?

Fonte: Alternative.me, XP Research.

O indicador de euforia e medo da Alternative.me aponta um sentimento de medo extremo e medo nas últimas semanas. O que pode sugerir que o movimento de consolidação do Bitcoin é, de certa forma, positivo, uma vez que o sentimento negativo pode estar sendo contornado por um grande volume de investidores segurando suas posições e compensando operações de venda.

Fonte: Glassnode, XP Research.

Além disso, o gráfico acima, da Glassnode, mostra que 58% do volume negociado do Bitcoin é proveniente de realizações de lucros por parte dos detentores da moeda. O dado é considerado um indicador positivo, uma vez que em mercados de baixa os percentual dos investidores, temendo um movimento de queda mais severo, que acabam realizando prejuízos costuma representar a maioria das transações.

Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 17:30 de 14/04/2022

As maiores criptomoedas fecharam a semana em campo negativo, com destaque para Terra. A altcoin encerrou com uma queda superior a 25%, devolvendo os lucros dos últimos meses e colocando a moeda em território negativo no ano.

NOTÍCIAS

black Android smartphone

Novo cartão de criptomoedas da Mastercard

A Nexo, credora de criptomoedas, anunciou nessa quarta-feira que se uniu à Mastercard para lançar o que chamou de primeiro cartão de pagamento “suportado por cripto” do mundo. Essa parceria marca mais uma ação das grandes empresas do sistema financeiro para entrar no mundo dos criptoativos à medida que essa classe vai se tornando cada vez mais popular. A Nexo disse que o cartão, disponível inicialmente em países europeus selecionados, permite que os usuários gastem sem ter que vender seus ativos digitais, como bitcoin, que são usados como garantia para respaldar o crédito concedido. O cartão está vinculado a uma linha de crédito cripto fornecida pela empresa e pode ser usado em 92 milhões de comerciantes em todo o mundo onde a Mastercard é aceita, permitindo que os investidores gastem até 90% do valor fiduciário de seus ativos criptográficos.

O anúncio ocorre na mesma semana em que a Mastercard registrou 15 pedidos de marca registrada de NFTs e metaverso no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos, ou USPTO. Os destaques dos registros incluem planos para uma comunidade virtual para interagir com ativos digitais, o processamento de cartões de pagamento no metaverso, um mercado online para compradores e vendedores de bens digitais para download, eventos de realidade virtual e muito mais. Além disso, uma patente adicional pretende adicionar o nome da empresa a eventos culturais, shows, eventos esportivos, festivais e premiações que ocorram dentro do metaverso, bem como a seminários e programas de educação financeira. Além da Mastercard, a Visa e a American Express enviaram seus próprios registros USPTO relacionados a criptomoedas.

Parceria entre BlackRock and Circle Internet Financial

A Circle Internet Financial, emissora da USD Coin, a segunda maior stablecoin do mundp, conseguiu US$ 400mi em financiamento de um grupo que inclui a BlackRock, maior gestora do mundo e Fidelity Management and Research. O anúncio marca mais um sinal da crescente popularização das criptomoedas e a entrada de grandes nomes da indústria nessa classe de ativos. A BlackRock, também firmou uma parceria mais ampla com a Circle, incluindo a exploração de aplicações no mercado de capitais para a USD Coin, além de atuar como principal gestor de ativos para as reservas de caixa da stablecoin.

Vale lembrar que no mês passado, o CEO da gestora, Larry Fink, disse que a empresa está estudando como moedas digitais e stablecoins podem ser usadas para ajudar os clientes. Stablecoins, que geralmente são atrelados a uma moeda centralizada, como dólar ou euro, são uma parte fundamental do universo de criptoativos, pois os investidores as usam para comprar e vender outras moedas digitais que são mais voláteis. A USD Coin, atualmente a quinta maior criptomoeda, tem um valor de mercado de mais de US$ 50 bilhões, segundo a CoinGecko, maior stablecoin em valor de mercado depois do Tether.

Meta anuncia tarifa sobre venda de ativos digitais em sua plataforma

A Meta, controladora do Facebook, cobrará dos criadores cerca de 47,5% sobre as vendas de  ativos digitais e experiências feitas em sua plataforma de realidade virtual Horizon Worlds, que é parte integrante do plano da empresa para criar o “metaverso”. A gigante das redes sociais anunciou em um post de blog na segunda-feira estar permitindo que um punhado de criadores de Horizon Worlds venda ativos virtuais dentro dos mundos que eles constroem, o que poderia incluir NFTs. No entanto, a taxa geral inclui 30% de taxa de plataforma de hardware para vendas feitas através da Meta Quest Store, onde vende aplicativos e jogos destinados a seus fones de ouvido de realidade virtual, e um corte adicional de 17,5% nas taxas da plataforma Horizon.

O tamanho do corte não foi bem recebido por alguns na comunidade NFT. Em outras plataformas como o mercado NFT OpenSea é cobrado apenas uma taxa de 2,5% de cada transação e, no LooksRare a tarifa gira em torno de 2%. Vale ressaltar que as taxas da Meta para a venda de ativos virtuais no Horizon Worlds são significativamente maiores do que a Apple cobra dos desenvolvedores em sua App Store, que foram altamente criticadas após o processo com a Epic Games. O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, e outros executivos já criticaram a Apple por cobrar dos desenvolvedores uma taxa de 30% para compras no aplicativo através da App Store, mas agora parece seguir um caminho semelhante.

DE OLHO NO MERCADO

Fonte: Coigecko, XP Research. *Os dados acima são até às 17:30 de 14/04/2022.
Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 17:30 de 14/04/2020

O gráfico acima mede o nível da correção atual no preço das maiores criptomoedas vs. a sua máxima histórica. Segundo os dados, apesar da recuperação recente, grande parte das moedas ainda se encontram em bear market após o período de forte correção que não só impactou as cotações, como também contribuiu para uma redução no volume de negociações das moedas.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.