XP Expert

Integração da MetaMask com o Apple Pay – Radar Criptomoedas

Atualização da MetaMask, Visa incentiva criadores de NFTs e corretora de ativos digitais no metaverso do Facebook.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Criptoativos registram semana de ganhos, . No agregado, o valor das criptomoedas avançou para US$ 2,18tri, uma alta de 5,0% vs. a semana anterior. O mercado de criptoativos acompanhou a leve recuperação da bolsa americana, seguindo sua alta correlação com os ativos de risco. O Bitcoin, chegou a romper a barreira dos US$ 47 mil, com o forte movimento de compra da Luna Foundation Guard, que acumulou 18,2 mil novas moedas apenas na última semana. Além do movimento da maior criptomoeda do mercado, as altcoins relacionadas as finanças descentralizadas também apresentaram forte performance, Thorchain (+44%) Aave (36%), à medida que o valor total de capital alocado neste segmento de ativos digitais já ultrapassa os US$ 228bi, segundo dados do DefiLlama.

Adoção institucional em foco

Relatório do Goldman Sachs revelou que a adoção institucional segue crescente no universo das criptomoedas. A pesquisa aponta que dos 172 clientes respondentes, 60% pontuaram que planejam aumentar sua exposição aos ativos digitais nos próximos 1 a 2 anos. A entrada do grande volume de capital institucional poderá ser um forte catalisador futuro para o preço das criptomoedas.

Indicador de sentimento toca brevemente a zona de euforia

Os criptoativos, assim como as ações globais, seguem em momento de alta volatilidade. O forte rali da última semana culminou em um indicativo de euforia, no indicador da Alternative.me, nesta quarta-feira por parte dos investidores de Bitcoin. O índice segue em 52 pontos, considerado neutro, mas ainda próximo dos 55 pontos atingidos ontem. Vale ressaltar que os índices de euforia e medo servem como termômetro para o mercado, indicando se os investidores estão com uma visão positiva ou mais cautelosa sobre os ativos digitais.

Fonte: Coingecko, XP Research. *Os dados acima são até às 15:00 de 31/03/2022

Dentre as maiores criptomoedas, os destaques positivos ficam com as criptos de contratos inteligentes, após a integração do navegador Opera com algumas blockchains e maior movimento institucional no mercado.

NOTÍCIAS

produtos apple

Integração da MetaMask com o Apple Pay

A MetaMask, de propriedade da ConsenSy, que é uma carteira digital de criptomoedas voltada para o blockhain da Ethereum, postou no Twitter um tópico de atualizações na terça-feira para usuários do iPhone e Apple Pay. A principal ferramenta implementada é a capacidade de comprar criptomoeda diretamente usando cartão de débito ou crédito cadastrado no Apple pay, eliminando a necessidade de transferir Ether (ETH) de uma Bolsa centralizada como a Coinbase para o aplicativo. Os usuários agora podem usar seus cartões de créditos armazenados no Apple Pay para comprar ETH e depositar um máximo diário de US$400 em suas carteiras. As taxas de gás, ou seja, as taxas de transação da rede, são supostamente mais baixas e, de acordo com os tweets da MetaMask, algumas transações podem até ser sem gás se feitas em uma blockchain privada ou se um projeto pagar pelo gás em nome do usuário.

James Beck, diretor de comunicações e conteúdo da ConsenSys, disse ao Cointelegraph que o objetivo das atualizações é aumentar a acessibilidade, expandindo a maneira pela qual os usuários podem converter criptomoedas dentro do próprio aplicativo. A MetaMask também tweetou sobre outra atualização de segurança quando se trata de enviar tokens. Ao contrário de enviar ETH simplesmente para um endereço de destinatário, os tokens são enviados para um endereço de contrato com instruções incluídas sobre como enviar uma quantidade especificada de tokens para um endereço de destinatário. Os usuários agora podem ver claramente qual contrato está solicitando permissão e rotular e salvar esse contrato.

cartão visa

Visa incentiva criadores de NFTs

A Visa anunciou o lançamento oficial do Visa Creator Program, um programa de mentoria e estratégia de produtos de um ano para empreendedores que trabalham em arte, música, moda e cinema que buscam acelerar seus pequenos negócios de NFTs. De acordo com a empresa, o objetivo do Creator Program é reunir um grupo global de criadores digitais e capacitá-los por meio da educação da tecnologia blockchain e do comércio NFT. Cuy Sheffield, chefe de criptomoedas da Visa, disse em comunicado que as NFTs têm o potencial de se tornar um poderoso acelerador para a economia, e acrescentou que o Visa Creator Program é a maneira de ajudar a nova geração de pequenas e microempresas a explorar novos meios de comércio digital.

Além da mentoria e do aspecto comunitário do programa, outras vantagens são as oportunidades de se envolver com a rede de clientes e parceiros da Visa, bem como o acesso a líderes de desenvolvimento no espaço Web3. Os participantes também receberão uma bolsa única para ajudar a dar o pontapé inicial na próxima fase do plano de negócios da empresa. Esse anúncio marca mais um passo da Visa no mundo dos criptoativos, em fevereiro na call de resultados, a empresa já havia reconhecido o potencial que os pagamentos envolvendo criptoativos e tecnologia blockchain apresentavam, permitindo novas formas de pagamento para seus clientes, e em dezembro do ano passado, a empresa lançou serviços de consultoria cripto para clientes institucionais se envolverem com os criptoativos.

meta, facebook

Corretora de criptomoedas do Facebook?

A Meta, empresa controladora do Facebook, pode estar planejando lançar sua Bolsa de criptomoedas. A empresa registrou na semana passada oito novos pedidos de marca registrada do logotipo Meta, abrangendo tokens criptográficos, software blockchain, trocas de moeda virtual, negociação financeira e de moeda e moedas digitais, criptográficas e virtuais. À medida que ativos e terrenos no metaverso se tornam mais comumente negociáveis nas mídias sociais, seria um passo natural para a Meta adicionar NFTs ao Facebook Marketplace. No entanto, as NFTs podem ser consideradas um ativo financeiro e sujeitas às leis de negociação financeira nos EUA. Se isso acontecesse, e a Meta quisesse oferecer negociação NFT em sua plataforma, precisaria proteger sua marca nessa categoria.

O caminho da Meta dentro do metaverso ainda é algo incerto, e essa incerteza é um dos fatores que vem pesando na performance da ação, que perdeu cerca de US$ 500 bilhões em valor de mercado desde o pico em setembro. Uma Bolsa focada no metaverso seria um passo lógico no caminho para conquistar esse espaço. A Meta não pode controlar todos os projetos do metaverso sem investir centenas de bilhões de dólares. O valor de mercado do Sandbox sozinho é atualmente de US$ 4,2 bilhões, enquanto a natureza descentralizada do blockchain significa não poder simplesmente comprar a concorrência. Portanto, outro método seria se tornar um hub para todos os projetos do metaverso, um local centralizado para negociar tokens do metaverso, NFTs e outros ativos digitais, tornando a big tech um portal para o metaverso para todos os projetos.

DE OLHO NO MERCADO

Fonte: Coingecko, XP Research. *Os dados acima são até às 15:00 de 31/03/2022
Fonte: Coingecko, XP Research. *Os dados acima são até às 15:00 de 31/03/2022

O gráfico acima mede o nível da correção atual no preço das maiores criptomoedas vs. a sua máxima histórica. Segundo os dados, apesar da recuperação recente, grande parte das moedas ainda se encontram em bear market após o período de forte correção que não só impactou as cotações, como também contribuiu para uma redução no volume de negociações das moedas.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

B3 Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.