XP Expert

Dogecoin: Saiba mais sobre a criptomoeda queridinha de Elon Musk, o homem mais rico do mundo

Criada em 2013, a Dogecoin surgiu como uma piada após o sucesso do meme "Doge", que ficou famoso na internet

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Quem acompanha o perfil no Twitter de Elon Musk, o homem mais rico do mundo atualmente, já sabe qual a criptomoeda queridinha do CEO da Tesla. Com uma fortuna de US$ 200 bilhões, segundo a Forbes, Musk já fez diversos comentários sobre a Dogecoin (DOGE), fazendo o preço da memecoin oscilar. Mas o que é a Dogecoin, quem a criou e quais os riscos de se investir na moeda digital? Entenda mais abaixo.

O que é e como surgiu a Dogecoin

A Dogecoin (DOGE) é uma criptomoeda criada em 2013, por Jackson Palmer e Billy Markus, após o sucesso do meme “Doge”. O meme ficou famoso na internet com a imagem da cachorra Kabosu, uma Shiba Inu, que também foi parar na criptomeda.

Segundo o site CoinMarketCap, a Dogecoin valia cerca de US$ 0,173 na manhã desta segunda-feira, 3 de janeiro, mas ela já chegou a valer US$ 0,737 em maio de 2021. Isso significa uma queda de cerca de 77%.

Ainda de acordo com dados do site, a Dogecoin é a 12ª atualmente no ranking das criptos, com uma capitalização de mercado de US$ 22,9 bilhões. Cerca de 132,7 bilhões de Dogecoins estão em circulação.

XPInc CTA

Abra a sua conta na XP Investimentos!

XPInc CTA

Assine conteúdos exclusivos aqui!

XPInc CTA

Receba conteúdos da Expert pelo Telegram!

Queridinha de Musk

A memecoin já está acostumada a ser citada por Elon Musk, eleito a “personalidade do ano” pela revista Time. Recentemente, o bilionário afirmou, em entrevista à revista, que acredita que a Dogecoin tem uma grande vantagem sobre outras criptomoedas nas transações.

“Fundamentalmente, o Bitcoin não é um bom substituto como moeda. Embora tenha sido criado como uma piada boba, a Dogecoin é mais adequada para transações”, afirmou.

Segundo o CEO da Tesla, o volume de transações do Bitcoin é baixo, enquanto o custo por transação é alto, tornando a moeda mais adequada como reserva de valor.

Além disso, Musk escreveu no Twitter que a Tesla vai aceitar Dogecoins como pagamento de alguns produtos e “ver no que vai dar”.

Dogecoin vs. Bitcoin, suas semelhanças e diferenças

A Dogecoin foi criada utilizando grande parte do código do Bitcoin, por isso há várias semelhanças entre elas, incluindo a tecnologia proof of work, que permite que as transações sejam armazenadas em blocos e validadas pelos mineradores, que recebem criptomoedas por estas atividades.

Embora ambas possam ser utilizadas para transações ou reserva de valor, cada uma performa essas tarefas melhor que a outra.

Enquanto o Bitcoin possui um limite de oferta de moedas estabelecido em 21 milhões de unidades, a Dogecoin possui um estoque infinito, o que pode interferir em sua capacidade de armazenar valor, uma vez que mais estoque pode ser impresso ao longo do tempo.

Por outro lado, a capacidade de ser utilizada como meio de pagamentos do Dogecoin é superior ao Bitcoin devido ao seu TPS (transações por segundo) 4x maior. Enquanto a Doge permite 33 TPS, o Bitcoin está limitado a 7 TPS.

Volatilidade das criptomoedas

Como os investidores puderam observar após as declarações de Musk, os preços das criptomoedas, incluindo as memecoins, variam bastante. A volatidade é um dos motivos para que o investimento em criptomoedas deve ser estudado e adequado a alguns perfis de investidores, mais preparados para as grandes variações repentinas.

No nosso ebook gratuito sobre criptomoedas, você encontra mais informações sobre esses ativos virtuais. Baixe agora.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.