XP Expert

Coinbase lança mercado de NFTs – Radar Criptomoedas

Gucci aceitará pagamentos com criptomoedas, empréstimos lastreados em Bitcoin do Goldman Sachs e NFTs da Coinbase.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Criptoativos registram mais uma semana de prejuízos. No agregado, o valor das criptomoedas caiu para US$ 1,76tri, uma contração de -7,3% vs. a semana anterior.

Fundos relacionados aos criptoativos sofrem resgates pela 4ª semana consecutiva

Fonte: CoinShares, XP Research.

O gráfico acima mostra que investidores seguem retirando seus fundos de veículos de investimentos relacionados às criptomoedas. Apenas na última semana, os saques totalizaram US$ 120 milhões e, somando as quatro semanas consecutivas de saídas de capital destes fundos, o valor já alcança o patamar de US$ 339 milhões, segundo a CoinShares. Em geral, a correlação dos criptoativos com os ativos de risco globais segue alta e, consequentemente, eles seguem sofrendo com o movimento de aversão ao risco dos investidores.

Nesta semana, a visão mais acomodativa do Federal Reserve americano, descartando a possibilidade de uma alta de 75 bps na taxa básica de juros, resultou em um breve rali no mercado acionário e das criptomoedas. Em contrapartida, o otimismo foi revertido nesta quinta-feira (05/05/2022), à medida que os investidores começam a fatorar altas menos agressivas, mas um número maior de altas na taxa de juros dos EUA.

Fonte: Bloomberg, CoinShares, XP Research.

Dentre os criptoativos específicos que mais sofreram saques estão o Bitcoin (US$ 132,7 milhões) e o Ethereum (US$ 25,1 milhões) liderando o ranking da última semana. A forte saída de capital destes ativos foi levemente compensada por um fluxo de entrada em torno de US$ 39,6 milhões pulverizados em diversos outros projetos menores.

E a correção é acompanhada por cortes nas projeções

Fonte: Finder, XP Research.

O gráfico acima, da Finder, compila o preço-alvo atribuído ao Bitcoin por 33 diferentes especialistas. Como observado, desde 2021, os analistas estão realizando cortes em suas projeções tanto para o preço-alvo de 2025 como para 2030. Colocando em perspectiva, o Bitcoin já sofreu cortes de -32% em suas estimativas de preço para 2025 e cortes de -41% nas projeções para o final de 2030.

Os especialistas apontam que o Bitcoin deverá continuar altamente dependente do petróleo para seguir operacional. Consequentemente, o preço da commodity pode prejudicar as atividades de mineração e também as questões ambientais relacionadas ao alto consumo energético de sua rede deverão resultar em futuros banimentos da criptomoeda em diversas regiões ao redor do mundo, até que esta demanda energética seja endereçada.

Fonte: Finder, XP Research.

O mesmo comportamento é também observado para o Ethereum. Apenas no período entre janeiro e fevereiro de 2022, a criptomoeda sofreu reduções de -11% no preço-alvo para o final de 2022 e -11,3% na projeção para 2030. Em termos absolutos, o consenso espera que a moeda alcance os valores de US$ 5.783 ao final de 2022, US$ 11.764 em 2025 e US$ 23.372 em 2030.

As justificativas para os cortes nas projeções do Ethereum diferem das do Bitcoin. Analistas afirmam que, embora a rede do Ethereum continue sendo a mais dominante do mercado, eles não possuem confiança em suas vantagens competitivas e alertam para uma possível contínua perda de fatia do mercado, que já ocorre atualmente. Além disso, eles pontuam os problemas de escalabilidade da rede e a alta dependência que ela possui da transição para o sistema de Proof of Stake, logo, até que a mudança se concretize e esteja operacional, a confiança no futuro da moeda seguirá abalada.

Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 14:30 de 05/05/2022

NOTÍCIAS

Gucci store facade

Gucci aceitará pagamentos com criptomoedas

A Gucci, anunciou que começará a aceitar pagamentos com criptomoedas até o final do mês em algumas lojas dos Estados unidos. Além disso, a marca italiana afirmou que planeja estender essa nova possibilidade de pagamento para todas as suas lojas operadas diretamente na América do Norte já neste verão. O movimento marca um passo importante para os criptoativos no setor de luxo. Os pagamentos nas lojas serão feitos com um link enviado por e-mail ao cliente; o link contém um código QR que permite que eles executem o pagamento diretamente de sua carteira de criptomoedas. A Gucci aceitará pagamentos em mais de 10 diferentes tipos de moedas, incluindo Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Wrapped Bitcoin, Litecoin, Shiba Inu e cinco stablecoins atreladas ao dólar americano, além da Dogecoin.

A marca se estabeleceu como uma das primeiras a adotar as tecnologias Web3, que incluem blockchain, e pagamentos criptográficos e, marcam outro passo importante da Gucci, combinando sua presença física existente com seus esforços emergentes na Web3. Além da companhia, outras varejistas de luxo começaram a testar pagamentos de criptomoedas. Em março, a Off-White anunciou que suas lojas em Paris, Londres e Milão começaram a aceitar pagamentos, incluindo Bitcoin, Ethereum, Binance Coin, Ripple e stablecoins Tether e USD Coin.

Goldman Sachs Wallpapers - Top Free Goldman Sachs Backgrounds -  WallpaperAccess

Goldman Sachs anuncia seu primeiro empréstimo lastreado em Bitcoin

O Goldman Sachs anunciou a introdução de empréstimos lastreados em Bitcoin. De acordo com a Bloomberg, o banco permitiu que um de seus clientes usasse a maior e mais famosa criptomoeda do mundo como forma de garantia para conseguir um empréstimo, sendo o primeiro grande banco de investimentos norte-americano a aderir a esse tipo de produto de empréstimo, uma vez que a criptomoeda ainda é algo muito volátil. O movimento foi visto pelo mercado como mais um passo importante na adoção institucional dos criptoativos, onde o próprio Goldman é um dos grandes protagonistas desta mudança.

Alguns dias atrás, foi revelado que esse primeiro cliente é a Coinbase, maior exchange de criptomoedas do mundo. O valor em dólar do empréstimo não foi divulgado ainda, mas de acordo com a Bloomberg, foi garantido por uma parte das participações totais da Coinbase de 4.487 BTC, que equivalem a cerca de US$ 170mi. O empréstimo apresenta gerenciamento de risco 24 horas, mas exige que a Coinbase complete sua garantia BTC se os preços caírem muito.

Coinbase Vector Logo | Free Download - (.SVG + .PNG) format -  SeekVectorLogo.Com

Coinbase lança mercado de NFTs

A exchange de criptomoedas Coinbase disse nessa quarta-feira que lançou a versão ainda em testes de seu mercado de token não fungível (NFT) ao público. A exchange revelou o mercado para o público geral, quase sete meses após anunciar seu lançamento em outubro de 2021. A Coinbase NFT tentará conquistar uma fatia de mercado da líder OpenSea, estreando com taxas de transação zero por tempo limitado. Além disso, a empresa diz que planeja aumentar sua base de usuários em parte com uma série de parcerias de coleção NFT vinculadas à plataforma.

Contudo, a Coinbase diz ainda estar em período de testes e, havia registrado menos de 110 transações por volta das 17h15, nesta última quarta-feira, representando menos de US$ 60mil em vendas, segundo o rastreador Dune Analytics. Isso se compara com US$ 124mi em volume de transações para o mercado NFT nº 1 OpenSea em 3 de maio, o dia mais recente disponível, por Dune.  O resultado  não é o esperado por alguns em Wall Street depois que o projeto NFT da Coinbase atraiu vários milhões de inscrições para sua lista de espera quando anunciou o mercado pela primeira vez, podendo ser um crescimento mais lento do que o esperado pelo mercado.

DE OLHO NO MERCADO

Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 14:30 de 05/05/2022
Fonte: Coingeck, XP Research. *Os dados acima são até às 14:30 de 05/05/2022
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.