Sobe e desce dos BDRs: O desempenho das maiores empresas globais após a liberação da B3

Dos 30 maiores BDRs em valor de mercado o saldo é positivo de forma geral: apenas 7 tiveram queda; confira a lista completa


Compartilhar:


Acompanhar o sobe e desce de investimentos na Bolsa brasileira passou a incluir um tipo de ativo que antes era bastante restrito para os brasileiros: o BDR (Brazilian Depositary Receipts).

Com a euforia após a liberação para o público em geral na Bolsa brasileira, quais foram as empresas globais, representadas pelos seus respectivos BDRs, que tiveram melhor desempenho depois que os investidores passaram a ter acesso mais amplo?

A seguir, mostraremos um acompanhamento que a equipe de Internacional da XP tem feito diariamente para você saber, no detalhe, quais dos grandes BDRs têm se saído melhor ou pior em determinado período. No caso, olhamos para o desempenho desses ativos desde a liberação definitiva, na última quinta-feira (22).

BDRs: Quem subiu e quem desceu desde a liberação da B3?

Considerando o sobe e desce dos últimos dias, a partir de quinta-feira, quando os brasileiros passaram a ter acesso irrestrito aos BDRs, dos 30 maiores papéis em valor de mercado o saldo é positivo de forma geral: apenas 7 tiveram queda.

A maior alta desse grupo de BDRs ficou com o Alibaba (BABA34), que em apenas dois dias subiu 2,3%. Outros destaques foram o Facebook (FBOK34), com alta de 2,1%, Google (GOGL34) e Pfizer (PFIZ34), ambos com alta de 2%, Amazon (AMZON34), que subiu 1,8% e Berkshire Hathaway, com alta de 1,3%.

A maior baixa, de acordo com os dados da tabela, foi protagonizada pela Intel, que reportou os resultados do 3º Trimestre, porém, os investidores reagiram negativamente aos números apresentados pela companhia. O impacto negativo causou uma queda acumulada de 10,8% no BDR da Intel.

Algumas das companhias mais conhecidas no cenário atual ficaram entre os destaques negativos. como Apple (AAPL34), com queda de 0,3%, Tesla (TSLA34), que caiu 0,7%, e Coca-Cola (COCA34), desvalorizando 0,9%.

Em quais BDRs investir?

A equipe de Internacional da XP lançou uma carteira justamente para ajudar a nova gama de investidores que podem acessar os BDRs. Nela, você tem a chance de conferir as 10 empresas que os especialistas da XP mais preferem, considerando diversos aspectos.

Como os BDRs ainda são ativos pouco conhecidos no mercado brasileiro, afinal acabaram de ser liberados para o público em geral, ter um guia de recomendações montado por analistas que vivem o dia a dia das Bolsas globais é essencial para saber em quais BDRs investir e diversificar sua carteira de investimentos. Clique abaixo para saber mais:

Top 10 BDRs XP

Lista completa de empresas com BDRs na B3

Caso você queira saber a lista completa de empresas na bolsa de valores brasileira que possuem seus respectivos BDRs, ou seja, ativos que espelham seus movimentos.

Abra sua conta na XP Investimentos



Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.