Quem é Hui Ka Yan, fundador da Evergrande. Conheça a história do empresário que se tornou um dos homens mais ricos da China

De homem mais rico da China à figura central de um possível colapso financeiro. Conheça a história do fundador da Evergrande


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Quem é Hui Ka Yan, fundador da Evergrande. Conheça a história do empresário que se tornou um dos homens mais ricos da China

Após semanas de incerteza, ainda não há uma definição para a situação envolvendo a Evergrande. A segundo maior incorporadora imobiliária da China, que se afundou em dívidas após a desaceleração do mercado para seus empreendimentos, não consegue dar as respostas que os investidores esperam. Se por um lado, se sabe que não estamos diante de uma companhia cuja falência tem poder de causar uma crise como de 2008, por outro, há certeza do grande impacto que a quebra pode causar à economia chinesa e os reflexos para o cenário mundial são desconhecidos.

Mas, como uma empresa chinesa, fundada há 25 anos com a compra e revenda de apartamentos de baixo custo, chegou ao ponto de figurar com uma dívida de mais de 300 milhões de dólares e, hoje, tem suas ações monitoradas com apreensão por todo o mundo? A resposta desta pergunta é: Hui Ka Yan (seu nome em cantonês ou Xu Jiayin, como também é conhecido), seu fundador de 62 anos.

Com uma fortuna pessoal estimada em 11,5 bilhões de dólares (e crescendo apesar das circunstâncias, de acordo com a Forbes), Hui Ka Yan é a 53ª pessoa mais rica do mundo e fundou em 1996 a Evergrande, inicialmente como uma imobiliária, passando a incorporadora e empresa listada na bolsa de valores de Hong Kong. Conheça um pouco mais da trajetória deste megainvestidor a seguir:

A vida do fundador da Evergrande

O fundador da atual maior incorporadora chinesa foi criado em uma família simples em uma pequena aldeia em Henan e já declarou, em um discurso em 2018, que conheceu de perto a pobreza. Quando era um bebê de 8 meses, perdeu a mãe por sepse e foi criado pela avó materna, que contribuía e mantinha o sustento da família como vendedora de vinagre caseiro.

Apesar de contar com poucos recursos familiares, Hui Ka Yan conseguiu concluir seus estudos básicos e, após abandonar os livros por alguns anos, tornou-se estudante universitário na Universidade de Ciência e Tecnologia de Wuhan. Após obter o diploma, seguiu para uma siderúrgica nacional, primeiro como técnico. Em poucos anos, conseguiu ascender para um cargo de gerência e, por fim, ingressou na diretoria da companhia.

Construindo a maior imobiliária da China

Em 1992, com uma série de reformas econômicas em curso, que encorajavam negócios imobiliários, deixou o cargo e, juntamente com sua família, partiu para Shenzen para ingressar no ramo imobiliário. Quatro anos depois, fundou a Evergrande Real Estate Group Ltd.

Logo após a fundação, Hui Ka Yan apostou em construções para baixa renda, em áreas com preços acessíveis. Com isso, conseguiu rapidamente se estabelecer no mercado e alçar voos maiores, especialmente considerando a alta demanda por novos prédios, a escalada de preços que ocorreu nos anos seguintes e as boas relações que seu fundador estabelecia com figuras de destaque no Partido Comunista.

Da Bolsa de Hong Kong à bomba relógio do mercado financeiro

imagem dos prédios da evergrande na China
Segunda maior incorporadora imobiliária da China, Evergrande tem dívida de US$ 300 bilhões

Aos poucos, sabendo aproveitar o boom imobiliário do país e as conexões políticas de Hui Ka Yan, a Evergrande expandiu seus horizontes e abriu seu capital na bolsa de valores de Hong Kong. No ano seguinte, assumiu o controle do time de futebol de Cantão, que passou a ser nomeado Guangzhou Evergrande. A equipe passou a ser uma das maiores da China, com oito títulos nacionais e estabelecendo relações de colaboração até mesmo com o Real Madrid.

Outros negócios tornaram-se alvo da Evergrande, como água engarrafada, turismo e até mesmo uma rival para a Tesla, ingressando no setor de carro elétricos (ainda que nenhuma unidade tenha sido comercializada até agora). Entretanto, nos últimos anos, o endividamento da gigante do ramo imobiliário tem preocupado analistas, apesar das noticias de dividendos bilionários de seu fundador (que teria recebido oito bilhões em dividendos pagos desde o IPO da Evergrande em 2009).

Se, de alguma forma, as conexões políticas favoreceram direta e indiretamente a Evergrande, as normas atuais de reguladores chineses que limita endividamento somada à bolha imobiliária que estourou, desaquecendo o setor e derrubando o empresário do posto de presidente da Henda (principal imobiliária do grupo Evergrande).

Com isso, a gigante fundada do zero pelo habilidoso Hui Ka Yan tornou-se uma bomba relógio, prestes a explodir sem que saiba, com exatidão, quais serão as consequências.

A empresa tenta levantar US$ 1,5 bilhão com a venda da participação de cerca de 20% no Shengjing Bank, uma instituição financeira, à Shenyang Finance, segundo informou à bolsa de Hong Kong. Atualmente, a Evergrande possui 34,5% das ações do banco, fatia que recuará para pouco menos de 15% se a transação for concluída.

Seu fundador, no entanto, mesmo que as ações da companhia cheguem a zero, continuaria sendo um dos 100 homens mais ricos da China.

Quer saber o qual o impacto da Evergrande para o Brasil? Veja o relatório dos analistas da XP sobre a Evergrande e a queda do minério de ferro.

Conheça o Expert Pass XP, tudo sobre investimento em um só lugar com a visão dos maiores Experts do mercado. Retire agora o seu voucher de 30 dias de garantia.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.


Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.