XP Expert

Investindo em Março 2022: Renda Fixa

Conheça nossa visão para os investimentos em renda fixa para março de 2022

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Nossa lista de ativos recomendados de renda fixa é composta por títulos escolhidos pelos nossos analistas de renda fixa do Research XP. A composição é analisada mensalmente pela equipe e ela pode ou não sofrer alterações a cada mês, a depender da disponibilidade de ativos e sua relação risco-retorno.

O objetivo da lista de ativos de renda fixa é facilitar a busca de títulos por parte dos investidores. Não a consideramos como uma carteira propriamente dita, uma vez que não visa superar índices específicos ao longo do tempo.

Cenário econômico

Os autores agradecem as contribuições do time de Economia da XP

Chegamos ao fim do mês de fevereiro com as atenções do mercado dominadas pela operação militar de invasão da Rússia na Ucrânia. Por conta de os dois países serem produtores importantes de commodities energéticas (petróleo e gás), agrícolas (milho e trigo) e fertilizantes, a alta de preços nesses produtos seguirão pressionando o ambiente inflacionário no mundo, afetando diretamente as expectativas sobre ações dos bancos centrais globais sobre os juros.

As sanções econômicas lançadas sobre a Rússia pelos países ocidentais, como exclusão do sistema de transferência financeiras Swift, ainda possuem efeitos incalculáveis na economia global.

Acesse nosso relatório a respeito do impacto da invasão russa sobre a renda fixa aqui.

Antes da escalada nas tensões geopolíticas, houve a divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI) nos Estados Unidos, que subiu 0,6% entre dezembro e janeiro, e no acumulado de 12 meses atingiu 7,5%, a maior alta dos últimos 40 anos. A ata da última reunião do comitê de política monetária (FOMC) também foi divulgada antes do aprofundamento da crise na Ucrânia e havia sido interpretada pelo mercado como mais dovish, ou seja, com tom mais leve em relação à expectativa de aumentos de juros. O documento sinalizou que o banco central norte-americano (Fed) já estaria pronto para subir juros neste mês de março e agora devemos acompanhar de perto a magnitude do aumento.

No Brasil, o dado de inflação de janeiro também veio elevado. Medido pelo IPCA, registrou alta de 0,54%, em linha com estimativa da XP. Esse foi o maior resultado desde janeiro de 2016, e levou o índice acumulado em 12 meses de 10,06% para 10,38%. Devido à persistência do risco inflacionário, a ata do Copom já indicou mais elevações da Selic com um tom mais duro.

Em função da deterioração dos fundamentos da inflação, revisamos nossas estimativas para a taxa Selic. Elevamos a nossa projeção para o fim do ciclo para 12,75%, após três altas: 1 ponto percentual (pp) em março, 0,75 pp em maio e 0,25 pp em junho, concluindo o ciclo de altas. A taxa deve começar a cair em dezembro, terminando o ano de 2022 em 12,25% e chegando até 7,5% ao final de 2023.

Os dados fiscais de janeiro surpreenderam positivamente. A arrecadação total de receitas federais atingiu R$ 235,3 bilhões. Acreditamos que a arrecadação de impostos deve continuar apresentando fortes recordes com alguma desaceleração na margem no segundo semestre de 2022 devido à desaceleração da atividade econômica e desinflação dos preços das commodities.

A taxa de desemprego encerrou 2021 em patamar próximo ao pré-pandemia. Conforme publicado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (PNAD Contínua) do IBGE, a taxa atingiu 11,1% no 4º trimestre de 2021 (contra expectativa da XP e consenso de 11,2%), ante 11,6% no trimestre móvel até novembro. Entretanto, o rendimento real médio exibiu queda pelo sétimo mês consecutivo, chegando a aproximadamente R$ 2.440/mês.

No cenário atual, esperamos Selic de 12,25% e IPCA de 5,2% em 2022.

Resumo de indicadores de renda fixa

Durante o mês de fevereiro a curva de juros futuros acentuou seu movimento de inversão, com a elevação das taxas de retorno dos vencimentos mais curtos devido às expectativas de aperto monetário mais duro pelo Banco Central para conter a inflação persistente, pressionada principalmente pelos preços internacionais das commodities.

Na curva dos títulos públicos indexados ao IPCA (NTN-Bs), apesar de ter elevação em todos os vencimentos com relação ao final de janeiro, as taxas de juro real tiveram maior elevação no “miolo” da curva, entre os vencimentos de 2024 a 2035, mantendo o formato linear.

Abra sua conta na XP Investimentos

Como investir em ativos de renda fixa

Para o mês de março, realizamos a redução de alocação de um ponto percentual em ativos pós-fixados para quase todas as políticas de investimento, com exceção da precavida e destemida (com queda em inflação), privilegiando outras classes de ativos, como a renda fixa global. A alteração se deu pela oportunidade maior observada na classe de ativos alternativos.

Continuamos enxergando incertezas no curto a médio prazos, o que nos leva a manter a alocação em prefixados relativamente baixa, apesar de as taxas estarem atraentes para esses ativos de renda fixa.

*Em “Outros” estão todas as outras classes de ativos: ações, fundos de investimentos (ações, renda fixa e multimercados), FIIs, internacional (incluindo renda fixa global), moedas etc.

Gostou? Tem alguma sugestão? Não deixe de avaliar e deixar seus comentários!

Acreditamos que a melhor forma de se proteger de riscos é através de uma carteira diversificada, o que inclui ativos de renda fixa. Renda fixa não se limita a ativos conservadores e/ou que acompanhem a taxa Selic. Sendo assim, há diversas opções de prazos, indexadores e emissores diferentes que permitem encontrar maiores rentabilidades. Quer saber em que papéis investir?

Assine Expert Pass, e veja as nossas recomendações de alocação em ativos de renda fixa.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

B3 Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.