XP Expert

Resumo Diário de Política 05/05/2020: Noticiário mantém foco na saída de Sergio Moro do governo

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O noticiário mantém o foco na crise agravada com os desdobramentos da saída de Sergio Moro do governo (https://bit.ly/3b796Uj). 

Na seara da investigação, o destaque é para o pedido da Procuradoria-Geral da República de ouvir, como testemunha, três ministros militares mencionados por Moro no depoimento de sábado (https://bit.ly/3c5FhF1) além de ter acesso ao vídeo de reunião citada pelo ex-ministro (https://bit.ly/2zSBrk7)  Há também o pedido da defesa do ex-juiz para tornar público o conteúdo de sua oitiva (https://bit.ly/2SBQDsA). 

Na relação entre entre os Poderes, ganharam destaque o pedido de Marco Aurélio Mello, no Supremo, para que seja sempre o plenário da corte a deliberar sobre atos de outros poderes (https://glo.bo/2SDGZFF) e a nota (https://bit.ly/2xA0w2w) em que o Ministério da Defesa diz que “as Forças Armadas são organismos de Estado” e menciona a “independência e a harmonia entre os Poderes“. Registro também da posse relâmpago do novo diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Souza (https://glo.bo/3fn2y7i), e da decisão dele de mudar o comando da superintendência no Rio, um dos alvos da tensão de Moro com Bolsonaro (https://bit.ly/2YHd6Zb). 

Na Câmara, deputados concluíram ontem a votação do primeiro turno da PEC do Orçamento de Guerra e do Banco Central (https://glo.bo/2ytvfPj). O novo texto traz duas inovações: a primeira é a exclusão do artigo que exigia contrapartida das empresas beneficiadas por programas emergenciais do governo. A segunda é ampliação do escopo da ação do BC no mercado privado, com a supressão das alíneas que especificavam os tipos de ativos privados que o BC passa a poder negociar. As alterações foram feitas em negociação com o Senado, de maneira a evitar a necessidade de uma nova votação.

Concluída a votação da PEC, os deputados devem tratar do plano de ajuda aos estados (https://glo.bo/3b4uoSt), também tentando evitar alterações que exijam nova votação. O Senado decide hoje a pauta da semana (https://bit.ly/3c7sWjo). 

Ontem, Rodrigo Maia anunciou os relatores de medidas provisórias que tratam do enfrentamento aos efeitos do coronavírus (https://glo.bo/3c7TZLo). 

927 (Regras trabalhistas) –  Celso Maldaner (MDB-SC)

932 (Sistema S) –  Hugo Leal (PSD-RJ)

933 (Suspensão de reajuste de medicamentos) – Assis Carvalho (PT-PI)

936 (Manutenção de empregos) – Orlando Silva (PC do B-SP)

944 (Crédito para folha de pagamento) – Zé Vitor (PL-MG)

Internacional

Coronavírus: segundo a OMS, são 3.435.894 casos confirmados no mundo e 239.604 óbitos (https://bit.ly/2KY7RMB). A Universidade John Hopkins registra 3.598.324 casos e 251.832 mortes (https://bit.ly/2V4ySme). 

Após acusações do governo americano à China, a OMS afirmou que a alegação dos EUA de que o coronavírus foi criado em laboratório é especulativa (https://bit.ly/2KYEg5y). 

A OCDE anunciou que estão sendo feitas negociações para tributar gigantes digitais como Facebook, Google, Amazon e Apple. Apesar da pandemia atrasar o processo, o acordo deve sair ainda neste ano, segundo a organização (https://glo.bo/2W64Lws). 

Hoje é o 491° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 55° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 152 dias para as eleições municipais.

Faltam 182 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.