Eleições EUA 2020: Disputa pela vaga democrata

Este post marca o início da cobertura da eleição presidencial americana de 2020, elaborada pelo time de Análise Política da XP Investimentos.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Confira nossa cobertura da disputa pela vaga democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos

A eleição presidencial nos Estados Unidos ocorrerá apenas em 3 de novembro de 2020, mas a disputa já começou a ser delineada. Nos dias 30 e 31 de julho, ocorreu o segundo debate democrata entre vinte pré-candidatos. Joe Biden, o vice-presidente de Obama, lidera as pesquisas com 31,9%. É seguido por Bernie Sanders (17%), que concorreu à vaga democrata nas eleições presidenciais de 2016. Na sequência, configuram posição de destaque Kamala Harris (15,1%), Elizabeth Warren (9,9%), Pete Buttigieg (5,4%) e Beto O´Rourke (2,9%).

Pesquisas

Abaixo, média das sete pesquisas mais recentes de institutos diferentes.

Fonte: RCP / Elaboração: XP Política

O Debate Democrata

Detroit, Michigan (um swing-state), foi palco das duas noites do segundo debate democrata. Os vinte pré-candidatos, dez por noite, discutiram temas quentes, como saúde, imigração, divisão racial dos Estados Unidos e mudanças climáticas.

Noite 1

As propostas mais radicais de Bernie Sanders e Elizabeth Warren foram alvos de críticas de seus oponentes. Os mais moderados se referiram às propostas de ambos como irreais e extremistas, enquanto eles clamavam por mudanças estruturais e coragem para enfrentar os bilionários e as grandes multinacionais. Portanto, o debate evidenciou a divisão do Partido Democrata, entre a ala moderada e a ala mais radical.

Sanders e Warren não se agrediram durante o debate, capturaram aplausos da audiência e saíram como os vitoriosos da noite. John Delaney e Steve Bullock assumiram a liderança das críticas, e Beto O’Rourke, já classificado para o próximo debate em setembro, não se destacou. Pete Buttigieg aparentemente optou pela rota segura e não foi locutor de falas memoráveis.

Noite 2

O ex-vice-presidente Joe Biden foi o principal alvo de ataques da noite. Bill de Blasio questionou por que Biden não impediu deportações quando estava na Casa Branca; Cory Booker travou batalha sobre o sistema criminal, e Kamala Harris teceu críticas a seu plano de saúde, além de retomar a discussão sobre divisão racial. De maneira geral, a performance de Biden foi irregular, ora com argumentos fortes para neutralizar os ataques, ora com respostas hesitantes.

Kamala Harris também não foi poupada e passou grande parte do debate se defendendo, especialmente dos ataques ao seu histórico de atuação como promotora da Califórnia. Cory Booker, que recentemente se qualificou para o debate de setembro, repetiu o apelo à união do partido necessária para derrotar Trump.

Temas mais discutidos

Seguro Saúde: Os democratas ficaram divididos entre “Medicare for All” (acesso universal ao seguro saúde financiado pelo governo, o que implicaria fim dos seguros privados) e Medicare opcional (o governo forneceria seguro gratuito, mas o seguro privado seria ainda uma opção).

Imigração: O debate nesse tópico foi marcado principalmente por críticas às políticas de Trump. Os pré-candidatos concordam que imigrantes devem receber tratamento melhor, mas não há consenso quanto à descriminalização da imigração.

Para conferir o calendário eleitoral inicial, as notícias mais relevantes da semana para a corrida eleitoral e o perfil dos pré-candidatos democratas, acesse o relatório na íntegra abaixo.

XP Política

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.