XP Expert

TSMC planeja fabricar chips de alta tecnologia nos EUA – 🌎 Radar Global

BYD se torna a marca de veículos mais vendida na China, TSMC muda planos de produção nos EUA e Amazon registra recorde de vendas.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem sem direção definida (EUA 0% e Europa +0,7%) à medida que investidores digerem os comentários menos contracionistas do Jerome Powell e aguardam novos dados econômicos. Nesta quarta-feira, o presidente do Federal Reserve sinalizou que o banco central americano deverá desacelerar o ritmo de alta na taxa de juros já em dezembro. Contudo, a autoridade monetária pontuou que ainda precisa de mais evidências de arrefecimento na inflação para pensar em uma pausa no aperto monetário dos EUA. Ainda em solo americano, hoje teremos a divulgação do PCE. Na Europa, as vendas do varejo na Alemanha contraíram -2,8% em outubro, decepcionando as projeções de -0,6% do consenso da Reuters. A situação segue complexa no país com a elevada inflação, a federação de varejo alemã já estima a maior queda de vendas no período natalino desde 2007. Na China, o índice de Hang Seng (+0,8%) encerra em alta, após anúncio das autoridades pontuando que o país entrará em uma nova fase de combate da Covid-19 ao passo que a variante Ômicron já não se encontra muito patogênica e a vacinação local avança. O anúncio catalisou esperanças sobre uma possível reabertura econômica do país.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

TSMC planeja fabricar chips mais avançados nos EUA em 2024, em virtude da forte demanda local

A Taiwan Semiconductor Manufacturing oferecerá chips avançados de 4 nanômetros quando sua nova fábrica de US$ 12 bilhões no Arizona se tornar operacional em 2024. A mudança de planos da companhia ocorre em meio à forte pressão dos clientes locais, como a Apple, para que os semicondutores de ponta da companhia sejam produzidos no país. A TSMC deve anunciar o novo plano quando o presidente Joe Biden e a secretária de Comércio Gina Raimondo visitarem Phoenix para uma cerimônia na próxima terça-feira.

A empresa taiwanesa também se comprometerá a adicionar uma segunda fábrica em breve, que produzirá chips ainda mais avançados de 3 nanômetros, afirmaram as fontes de Bloomberg. Anteriormente, a fábrica americana da TSMC estava programada apenas para fabricar semicondutores de 5 nanômetros, um padrão que estará longe de ser de ponta em 2024.

A Apple e outras grandes empresas de tecnologia confiam na TSMC para suas necessidades de fabricação de chips, e a mudança significa que elas poderão obter mais processadores diretamente dos EUA. O CEO da Apple, Tim Cook, disse anteriormente aos funcionários que sua empresa planeja adquirir chips da fábrica do Arizona.

As interrupções na cadeia de suprimentos e as tensões comerciais com a China alimentaram os esforços para trazer mais manufatura de chips para os EUA e a Europa. Os legisladores dos EUA também aprovaram a Lei de Chips e Ciência este ano, oferecendo US$ 50 bilhões em incentivos para empresas que buscam criar semicondutores no país. Daqui para frente, a TSMC, que conta com investimentos de Warren Buffet, provavelmente receberá bilhões em subsídios e terá recursos o suficiente para expandir suas operações nos EUA.

Veículos elétricos ganham força na China: BYD deverá ser a marca de automóveis mais vendida no país em novembro

A BYD foi a marca de carros mais vendida na China nas primeiras quatro semanas de novembro, mostraram dados de corretoras, superando até mesmo a Volkswagen, e sugerindo que a transição para os veículos elétricos segue em alta. As vendas no varejo da BYD totalizaram 152.863 veículos de 1º a 27 de novembro, registrando um aumento de quase 83% nas vendas médias diárias em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Se a tendência de vendas no varejo se mantiver durante todo o mês, será a primeira vez que a BYD, que começou a fabricar carros apenas em 2003, lidera as paradas de vendas na China e a primeira vez que uma empresa com uma linha de híbridos plug-in e veículos elétricos puros (EVs) lideram as paradas.

Mas nem tudo são flores… As montadoras estão se preparando para uma desaceleração mais ampla no mercado da China. O efeito dos incentivos está diminuindo e que as políticas de zero COVID do país mantiveram os consumidores longe dos showrooms e pesaram no sentimento à medida que a economia desacelera. As vendas no varejo de carros produzidos na China caíram 7% em relação ao ano anterior, em termos de vendas médias diárias nas primeiras quatro semanas de novembro, em comparação com o declínio de 2% nas três primeiras semanas de outubro, segundo dados do CMBI.

Amazon registra melhor fim de semana de compras no Dia de Ação de Graças

A Amazon anunciou, nesta quarta-feira, que registrou seu maior fim de semana de vendas de Ação de Graças este ano, uma vez que os consumidores aparentemente não se deixaram abalar pela inflação. A empresa não forneceu um número total de vendas para o fim de semana, mas informou que os compradores geraram mais de US$ 1 bilhão em vendas para pequenas empresas nos Estados Unidos.

A National Retail Federation informou, na terça-feira, que um número recorde de 196,7 milhões de pessoas fizeram compras durante o período de cinco dias, do Dia de Ação de Graças até a Cyber Monday, enquanto a Adobe Analytics informou que as vendas da Cyber Monday subiram para US$ 11,3 bilhões, tornando-se o maior dia de compras online da história nos Estados Unidos.

Acesse aqui a nossa tabela de múltiplos internacional.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.