XP Expert

Meta é escolhida como ação favorita entre empresas da Internet para 2023 -🌎 Radar Global

Amazon expande serviço "compre com o prime", crescimento da App Store da Apple desacelera e Meta entre as preferências dos investidores.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Mercados globais amanhecem positivos (EUA +0,2% e Europa +0,5%) enquanto investidores aguardam dados da inflação ao consumidor (CPI) nos EUA. O consenso do mercado espera que a inflação americana siga em tendência de baixa e recue para 6,6% no acumulado dos últimos 12 meses. Nesta terça-feira, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, não deu detalhes sobre o futuro da política monetária. O presidente apenas sinalizou que trazer a inflação para a meta irá requerer medidas impopulares no curto prazo, à medida que a alta dos juros desacelera a economia. Na China, o índice de Hang Seng (+0,5%) encerra em alta, reverberando o otimismo com a reabertura e o possível fim do escrutínio regulatório sobre as empresas de tecnologia. Investidores começam a especular sobre um possível pico no volume de infecções, ao passo que os índices de mobilidade começam a melhorar. Além disso, algumas cidades como Henan, já estão relatando que 90% de sua população já foi infectada, sugerindo que a imunidade de rebanho pode estar próxima. Em termos de regulação, o governo municipal de Hangzhou, onde fica a sede do Alibaba, assinou um acordo na terça-feira para promover uma cooperação estratégica com a gigante do comércio eletrônico. O anúncio sucedeu um comentário no fim de semana pontuando que as restrições no setor tecnologia estão chegando ao fim. Na agenda econômica chinesa também teremos os dados de inflação ao consumidor (CPI) e ao produtor (PPI) nesta quarta-feira.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Amazon expande serviço que adiciona selo Prime a outros sites

A Amazon lançará amplamente um recurso até o final de janeiro que permite que comerciantes on-line fora de sua plataforma usem os serviços de pagamento e entrega da companhia, à medida que enfrenta a crescente concorrência da canadense Shopify. O serviço chamado de ‘Buy With Prime’, que foi lançado como uma oferta apenas para convidados em abril, estará amplamente disponível para comerciantes dos EUA até 31 de janeiro, disse a empresa.

A Amazon acrescentou que o produto aumentou a taxa de conversão do comprador em uma média de 25%, o que significa que muito mais pessoas fizeram um pedido quando ‘Comprar com Prime’ estava disponível em comparação com quando não estava. Os membros Prime, que pagam $ 139 por ano e dirigem a maior parte do volume de vendas da Amazon, podem comprar produtos desses comerciantes clicando no botão ‘Comprar com Prime’ em sua loja.

A oferta concorre com o recurso Shopify Pay oferecido pela empresa canadense, que surgiu como uma alternativa para lojistas online que buscam vender produtos diretamente aos consumidores. Vários comerciantes da Amazon, principalmente pequenos e médios, começaram a vender produtos diretamente aos clientes por meio de seus sites durante a pandemia, alegando altos custos de remessa e capacidade limitada de armazenamento.

Crescimento da App Store da Apple está desacelerando

Todo mês de janeiro, a Apple divulga a quantia total de dinheiro que os desenvolvedores da App Store ganharam desde 2008, um dado que permite aos analistas e investidores da Apple terem uma ideia de quanto a App Store fatura. Contudo, a divulgação deste ano sugere que o crescimento da App Store da Apple estagnou.

Na terça-feira, a Apple disse que pagou US$ 320 bilhões a desenvolvedores desde o lançamento da loja de aplicativos, ante US$ 260 bilhões no ano passado, um salto de US$ 60 bilhões. Este valor seria o mesmo registrado com seus dados do ano passado, quando a empresa disse que também pagou US$ 60 bilhões aos desenvolvedores em 2021. Os desenvolvedores recebem entre 70% e 85% das vendas brutas, dependendo se se qualificarem para a taxa reduzida da Apple.

A Apple disse em seu lançamento que 2022 foi um ano “recorde” para a App Store e revelou 900 milhões de assinaturas, acima dos 745 milhões de assinaturas em 2021. A estatística da Apple inclui qualquer pessoa que assina um serviço por meio da App Store da Apple, não apenas seus serviços proprietários. Mas os dados de terça-feira ressaltam que o crescimento da App Store desacelerou no ano passado, o que é importante para os investidores porque a App Store é uma parte importante dos negócios de serviços da Apple e é um mecanismo de lucro para a empresa.

O negócio de serviços da Apple cresceu no ano fiscal de 2022 para US$ 78,1 bilhões, um aumento de 14%. Mas essa foi uma desaceleração significativa em relação à taxa de crescimento de 27% que a divisão registrou no ano fiscal de 2021. A Apple está lidando com comparações difíceis com o uso e as vendas elevadas de aplicativos em 2021 e 2020, pois as pessoas compraram jogos e software durante a pandemia de Covid. A Apple também está enfrentando a incerteza do consumidor em todo o mundo, à medida que as taxas de juros aumentam e os economistas se preocupam com uma possível recessão.

Meta é escolhida como ação favorita entre empresas da Internet para 2023 em pesquisa do JPMorgan

De acordo com uma pesquisa realizada pela JPMorgan com investidores, a Meta deve ser a ação de grandes empresas de internet com o melhor desempenho este ano, sugerindo uma recuperação para a controladora do Facebook após seu pior ano já registrado. De acordo com a pesquisa, 41% dos entrevistados nomearam a Meta como a empresa que esperam ter o melhor desempenho este ano, seguida pela Amazon com 36%, embora o e-commerce deva ser o subsetor de melhor desempenho. Espera-se que Netflix seja uma das companhias que apresente o pior desempenho.

O grupo sofreu uma pressão generalizada quando o Federal Reserve aumentou agressivamente as taxas de juros para combater a inflação, prejudicando principalmente empresas de crescimento, ao mesmo tempo em que aumentava a perspectiva de uma recessão. A Meta também foi impactada pela mudança na política de privacidade da Apple, que fez com que sua capacidade direcionar anúncios diretamente em iPhones diminuísse, além da maior concorrência com o Tik Tok.

Goldman Sachs não vê mais recessão na Zona do Euro

Fonte: Bloomberg.

O gráfico acima, da Bloomberg, mostra que economistas do Goldman Sachs não preveem mais uma recessão na zona do euro depois que a economia se mostrou mais resiliente no final de 2022, os preços do gás natural caíram drasticamente e a China abandonou as restrições da Covid-19 antes do previsto. O banco espera agora que o produto interno bruto aumente 0,6% este ano, em comparação com uma previsão anterior de uma contração de 0,1%. Economistas do banco alertaram em um relatório publicado sobre o fraco crescimento durante o inverno devido à crise de energia, e dizem que a inflação global diminuirá mais rápido do que se pensava, para cerca de 3,25% até o final de 2023.

O banco também espera que o núcleo da inflação desacelere devido a uma diminuição dos preços dos bens, mas vê uma pressão ascendente contínua sobre a inflação de serviços devido ao aumento dos custos trabalhistas. O Goldman reiterou que espera aumentos de 0,5% percentual nas taxas de juros nas reuniões do BCE de fevereiro e março, seguido 0,25% em maio para levar a taxa de juros para 3,25%.

Acesse aqui a nossa tabela de múltiplos internacional.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.