XP Expert

Comentário Internacional: incertezas e atrasos de estímulos econômicos

-

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

CENÁRIO GLOBAL

Nesta manhã, mercados globais operam sem direção definida. Nos EUA, futuros do S&P 500 seguem de lado, à medida que o mercado interpreta notícias de que o senado americano talvez não aprove quarta rodada de estímulos antes de maio, e epidemiologistas e agências de inteligência dos EUA confirmam suspeitas de que autoridades chinesas ocultaram notificação de infecções. Na Europa, bolsas caem 1,4%, após autoridades monetárias da União Europeia falharem em chegar a um acordo sobre estímulos econômicos nesta madrugada. Enquanto isso, na Ásia, bolsas tiveram fechamento misto; China -0,5%, Hong Kong -1,2%, e Japão +2,1%.

Bernanke, ex-presidente do Fed, ressalta que a ajuda emergencial trilionária não é um pacote de estímulo e sim de alívio, permitindo a sobrevivência da população e das empresas. Ele reforça que não há limite para a atuação do Fed, e que não há risco de inflação, mas demonstra preocupação com economias emergentes.

Coronavírus: 1,43 milhão de casos confirmados e 82 mil mortes. FDA autoriza teste da vacina (financiada por Bill Gates) em humanos. Ministro da Saúde neozelandês é demovido após quebrar regras da quarentena.

Macro EUA: dados de novos pedidos hipotecários às 8h, minutas do comitê monetário do Fed às 15h.

EMPRESAS

Para millennials e seus smartphones: após levantar US$ 1,8bi de investimentos, a Quibi, nova concorrente da Netflix e fornecedora de streaming de vídeo, lança sua plataforma (US$ 7,99/mês) com uma proposta diferente das demais: episódios de no máximo 10 minutos e sistema visual interativo com a rotação da tela do celular. A plataforma quer prender a atenção do usuário em um mundo bombardeado por informações.

Nintendo muda de estratégia, para focar em receitas recorrentes (similar ao PlayStation) e no faturamento digital total em vez de maximizar a venda de software por console, métrica muito utilizada no passado pela companhia. A demanda por Nintendo Switch e jogos de fitness já aumentou e a empresa deve expandir vendas com lançamentos de pacotes de expansão mais frequentes.

ANÁLISES DE MERCADO

A queda no lucro por ação (LPA) foi o principal detrator no desempenho do S&P 500 esse ano, responsável por ~16,5% da queda, enquanto o indicador de Preço/Lucro representou apenas 4%. Isso indica que, apesar de esperarmos lucros menores, o afrouxamento monetário (cortes de juros + estímulos) está sustentando o valuation dos ativos, ainda que abaixo dos patamares vistos em 2019.

Setores de tecnologia, saúde e utilidades públicas, tiveram a maior parte de suas perdas explicadas pela contração de múltiplo (queda da razão P/L), tornando esses ativos ainda mais baratos, dado que as expectativas de lucro estão praticamente inalteradas (-3,5%) e o preço agora proporcionalmente menor.

Emergentes sofrem mais: a aversão ao risco faz o dinheiro buscar ativos mais seguros e líquidos, saindo de países emergentes e dívidas de maior risco (high yield) para mercados desenvolvidos, moedas consolidadas e dívidas mais seguras (investment grade). Isso é evidenciado nas fortes quedas das bolsas de mercados emergentes esse ano:

Dólar é rei: a valorização do dólar (DXY +7%) frente a cesta das principais moedas do mundo, foi consequência de uma forte demanda por liquidez e aversão a risco. No curto prazo, essa pressão deve ser aliviada com os BCs garantindo a liquidez do mercado, mas enquanto a percepção de risco global permanecer elevada, o dólar seguirá forte. Abaixo, a performance do dólar contra outras moedas.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.