Onde Investir – Março de 2021

No mês de fevereiro, o otimismo com relação ao ritmo de vacinação no mundo foi mitigado pelo aumento do nível de hospitalização em diversos países, entre eles o Brasil, e pela constatação de mais variações do vírus em localidades mais esparsas.

Ainda assim, movida por estímulos e o sentimento que de as dificuldades em relação a vacinação só gerarão impactos no curto prazo, a bolsa global encerrou o mês em alta, o que não foi acompanhado pela bolsa brasileira, influenciada por eventos específicos com empresas a agravadas incertezas políticas.

Além dos mercados de renda variável, o mês se destaca pelo movimento de juros: abertura de taxas tanto no Brasil como no exterior. A expectativa de juros nominal e real no Brasil e nos EUA vinha subindo lentamente durante o mês, culminando numa forte alta nos últimos pregões.

Em ambos os países isto acontece pelo fato de que os bancos centrais utilizarem ferramentas para manter as expectativas dos juros futuros em patamares baixos, a fim de estimular a economia. Porém, os agentes de mercado parecem não acreditar mais que a inflação irá ser controlada em patamares de juros tão baixos, cobrando assim um premio maior para comprar esses contratos de juros futuros, pressionando assim seu preço. Inclusive o time de economia publicou um relatório aumentando sua projeção de inflação.

Principais fatos que influenciaram os investimentos

5 anos em 5 minutos – Fevereiro 2021

5 anos em 5 minutos – Fevereiro 2021

O ano de 2020 foi tão volátil que as vezes pode causar a sensação de que estamos navegando mares mais calmos. Porém, a verdade é que, perto da média de longo prazo, os mercados continuam bastante voláteis.

Ler relatório na íntegra
Brasil Macro Mensal: Inflação alta, demanda desacelerando e (mais) incertezas fiscais

Brasil Macro Mensal: Inflação alta, demanda desacelerando e (mais) incertezas fiscais

O avanço da vacinação no mundo e os fortes estímulos governamentais mantiveram “reflation trade” vivo nos mercados. Commodities seguem em alta e as taxas de juros longas vem subindo mais claramente nos países centrais (ver gráfico).

Ler relatório na íntegra
Cobertura Expert ESG 2021

Cobertura Expert ESG 2021

Os melhores momentos e análises dos 4 dias de evento onde serão discutidos os temas relacionados a cada uma das dimensões ESG – Meio Ambiente, Social e Governança

Ler relatório na íntegra
Economia em destaque: Seu resumo semanal do cenário econômico internacional e doméstico

Economia em destaque: Seu resumo semanal do cenário econômico internacional e doméstico

A semana foi marcada pela continuidade do avanço das vacinações ao redor do mundo, com destaque para a aprovação da vacina da Johnson & Johnson para uso emergencial nos Estados Unidos. A vacina garante 66,9% de proteção para casos moderados e graves com apenas uma dose, além de ter resultados eficazes contra outras variantes do vírus, inclusive com a brasileira.

Ler relatório na íntegra
Mundos & Fundos: melhores momentos da live com Felipe Dexheimer, gestor da XP Allocation

Mundos & Fundos: melhores momentos da live com Felipe Dexheimer, gestor da XP Allocation

Check-in: Quando Felipe Dexheimer iniciou sua graduação em Administração, acreditava que sua carreira seria direcionada para uma área de Marketing, por ser o que ele gostava e tinha afinidade. Entretanto, em 2001, um amigo o convidou para um estágio na Asset do antigo Unibanco.

Mesmo em um trabalho mais operacional, ao ter seu primeiro contato com mercado financeiro e com ferramentas que utiliza até hoje, como a Bloomberg, se encantou e decidiu seguir essa carreira.

Ler relatório na íntegra

Guia de Investimentos

No mês de fevereiro, o otimismo com relação ao ritmo de vacinação no mundo foi mitigado pelo aumento do nível de hospitalização em diversos países, entre eles o Brasil, e pela constatação de mais variações do vírus em localidades mais esparsas.

Ainda assim, movida por estímulos e o sentimento que de as dificuldades em relação a vacinação só gerarão impactos no curto prazo, a bolsa global encerrou o mês em alta, o que não foi acompanhado pela bolsa brasileira, influenciada por eventos específicos com empresas a agravadas incertezas políticas.


Última atualização: 26 de fevereiro de 2021

Compartilhar:



Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.