XP Expert

“Vamos à casa do Alcolumbre no próximo dia 21 entregar a reforma tributária” afirma o ministro Paulo Guedes na Expert XP 2020

O ministro da Economia Paulo Guedes afirmou que o governo focará na agenda de reformas e, em especial, na reforma tributária.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Em sua fala no terceiro dia da Expert 2020, o ministro da Economia, Paulo Guedes enfatizou que o governo focará no discurso de reformas nos próximos meses, a começar com o gesto simbólico de entrega da reforma tributária na próxima terça, 21, na casa do Presidente do Congresso Davi Alcolumbre.

Em um dos momentos mais difíceis e incertos da história econômica recente, o atual Ministro da Economia, Paulo Guedes, participou da Expert 2020 para falar a respeito do atual momento da economia brasileira.

Com o título de PhD em economia pela Universidade de Chicago e conhecido por sua pauta reformista, Guedes falou a respeito da situação econômica atual, das perspectivas para o cenário pós-pandêmico e do conjunto de esforços que o governo tem realizado na tentativa de amenizar os impactos da crise sobre a economia brasileira.

Veja os principais destaques da conversa a seguir.

As surpresas durante a pandemia

O ministro destaca os 64 milhões de beneficiários do auxílio emergencial durante a pandemia, garantido uma renda mínima para atravessar a pandemia e a manutenção do seu consumo.

“O brasil gastou 10% do PIB, duas vezes mais do que a média dos países emergentes. Salvando vidas e preservando empregos. Não faltaram recursos para a saúde. A democracia brasileira reagiu rápido.”

Paulo Guedes

Sobre as estimativas mais pessimistas (citando exemplo do FMI que apontou para recessão de 9,0% na economia brasileira) Paulo Guedes citou alguns números: i) consumo de energia elétrica no Brasil está apenas 4% inferior ao consumo de energia elétrica em junho do ano passado, ii) as notas eletrônicas estão 70% acima do que estavam em junho do ano passado e iii) o Brasil gastou 10% do PIB no combate a pandemia o que é cerca de 2x mais que a média dos emergentes. Também destaca que há uma certa onda de revisões de PIB para números menos negativos. Aposta também que a construção civil sofrerá um boom pelos próximos 10 anos na esteira de juros estruturais mais baixos.

“Nós não teremos uma recuperação em V especificamente, mas um V da Nike.”

Paulo Guedes

Reforma Tributária

O ministro explica que após o fim do auxílio emergencial, a agenda do governo focará na aprovação de reformais estruturais. Na reforma tributária afirma que há consenso em determinados pontos e será por ali a discussão inicial e não pelos pontos de divergência.

“Nós temos que começar pelo que nos une, como o IVA dual. Vamos acabar com o PIS/Confins. Nós já mandamos para a Casa Civil e a reforma já está praticamente há muito tempo. E é justamente o debate que vai bater o martelo.”

Paulo Guedes

O ministro lembra que às vezes precisamos entender que não há o clima político adequado e rememora o time sobre a reforma administrativo no final do ano passado. 

“O tempo da política é diferente do tempo da economia.”

Paulo Guedes

“Estamos estudando uma ampla base. E se vai ter imposto sobre dividendo? Vai!”

Paulo Guedes

Teto dos gastos

Paulo Guedes afirma que o teto dos gastos deverá ser cumprido mesmos sem as “paredes” e sem “piso”. A analogia aponta que a reforma da previdência entregue em 2019 seja uma das paredes do gasto público e que outras reformas como a tributária e administrativa também façam parte deste desenho. O ministro vai além ao relembrar que mais de 90% do gasto público é carimbado e defende uma desindexação do dinheiro público e, portanto, permitindo maior autonomia a classe política. Este arcabouço é o que ele afirmar “furar o piso” para que não se altere o teto.

“Nós temos um compromisso com o controle de gastos.”

Paulo Guedes

Privatizações. O que é factível?

“Eu posso garantir que, se dependesse de mim, nós privatizaríamos todas as estatais. Mas nós temos que entender e respeitar o processo político. O que eu pedi é que nós não desmoralizemos a agenda de privatizações.”

Paulo Guedes

O ministro ainda afirma que nos próximos três meses espera acelerar os marcos regulatórios e aprovar pelo menos 3 ou 4 grandes privatizações para dar a sinalização que o governo não abandonou essa agenda.

Sobre eventual saída do governo Jair Bolsonaro.

O ministro afirma:

“Eu tenho uma agenda a cumprir. Enquanto essa agenda existir, eu continuo aqui.”

Paulo Guedes

Em sua participação na Expert XP, o ministro da Paulo Guedes mostra entusiasmo com a retomada da economia brasileira ao citar todas as medidas adotadas. Faz o diagnóstico dos problemas estruturais da economia brasileira e foca em ataca-los no momento que os auxílios emergenciais de renda para as famílias se extinguir. O cenário de melhora no curto prazo via expectativas e ganho de produtividade e espaço fiscal no longo prazo são determinantes para a análise do chefe da economia.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.