Kevin Durant: conheça a história do astro da NBA e empreendedor da tecnologia

Agora tricampeão olímpico pelos Estados Unidos e com dois títulos da NBA, Kevin Durant tem se destacado também pelos seus investimentos em empresas de tecnologia como Coinbase e Robinhood. Conheça a trajetória do astro do basquete


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Kevin Durant: conheça a história do astro da NBA e empreendedor da tecnologia

Depois de ter ganhado dois títulos da NBA com o Golden State Warriors, o jogador de basquete americano Kevin Durant ganhou sua terceira medalha de ouro na Olimpíada de Tóquio. Estrela do time dos Estados Unidos na competição, sendo o MVP da final contra a França, Durant é destaque também fora das quadras, com sua empresa de investimentos Thirty Five Ventures.

O ala, integrante por 11 anos do All Star, o jogo com os maiores craques do campeonato, lucrou cerca de US$ 55 milhões no ano de 2019 com investimentos através da sua empresa de venture capital, a Thirty Five Ventures, focada em companhias de saúde, educação e tecnologia como Coinbase, Robin Hood e Postmate.

Enquanto isso, ele acaba de conquistar mais uma grande vitória dentro das quadras, ao garantir a medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio, depois dos EUA vencerem a França no dia 6 de agosto, fazendo de Durant tricampeão olímpico.

Conheça mais sobre a trajetória de KD:

Infância e primeiros passos de Durant no basquete

Kevin Durant nasceu em Washington D.C., Estados Unidos, em 1988, um dos quatro filhos do casal Wanda e Wayne. Um divórcio conturbado entre seus pais fez com que Kevin fosse criado pela sua avó em Maryland, periferia de Washington, e sem nenhum contato com seu pai.

Excepcionalmente alto e apaixonado por basquete desde pequeno, principalmente pelo seu time de coração, o Toronto Raptors, o esporte também acabaria trazendo seu pai de volta para sua vida. Aos 13 anos, quando já começava a chegar aos 1,80 m de altura, viajava com seu pai para competir pela AAU, Associação Atlética Amadora de Maryland.

Desde essa época, adotou o número 35 na camisa, em homenagem ao seu treinador Charles Craig, que foi assassinado aos 35 anos depois de ser baleado enquanto saia de um bar da região, por uma briga que não estava nem envolvido. No ensino médio ainda competiu pela National Christian Academy, pela Oak Hill Academy e, por fim, a Montrose Christian School.

Durant foi contratado pela Universidade do Texas como um dos principais nomes do basquete colegial em todos os Estados Unidos, tendo sido eleito melhor jogador do ano pelo Washington Post.

Lenda do basquete colegial e chegada de Durant à NBA

Em seu primeiro ano de basquete universitário, se tornou o primeiro calouro a vencer o título de melhor jogador do ano pela NCAA, liga universitária americana, e levando seu time até o vice-campeonato. Após um ano, decidiu se profissionalizar e partiu para o Draft da NBA, onde os times da liga escolhem quais jogadores do basquete universitário desejam contratar.

Com o número 35 aposentado na Universidade do Texas, Durant foi selecionado na segunda escolha do Draft , seletiva para atuar na NBA, de 2007 pelo Seattle Supersonics, atual Oklahoma City Thunder. Durant correspondeu as expectativas, sendo até hoje o atleta mais bem sucedido entre os escolhidos naquele ano.

Por que desapareceram os Seattle SuperSonics na NBA?
Durant foi selecionado para a NBA em 2007

Pelo Seattle Supersonics, foi eleito melhor estreante da NBA, com mais de 20 pontos de média por jogo. Em 2008, sua franquia mudou de cidade e de nome, indo para Oklahoma City e chamada de Thunder. A ascensão de Durant seguiu primorosa, com classificações constantes para as fases finais e um vice-campeonato no ano de 2012, ao perder para o Miami Heat de LeBron James, Dwayne Wade e Chris Bosh na final. Sua consagração individual veio em 2014, quando foi eleito melhor jogador da liga com o prêmio de MVP, Most Valuable Player ou Jogador mais importante. Mas ainda faltava a consagração coletiva e ele buscava essa vitória incessantemente.

Você sabia?

Nas quartas de final das olímpiadas de tóquio, durant se tornou o maior cestinha dos estados unidos na competição, ao marcar 23 pontos no confronto contra a tchequia

Bicampeão da NBA com o Golden State Warriors

Seu último ano de contrato pelo Oklahoma City Thunder foi em 2016, que foi encerrado com uma queda nas fases finais, desta vez perdendo para o Golden State Warriors, que iniciava uma dinastia que resultou em três títulos – dois deles com Durant – e cinco finais disputadas.

Frustrado pelo insucesso no seu time, apesar de sempre chegarem muito perto do título, em julho de 2016 assinou com os então vice-campeões Golden State Warriors, de San Francisco, Califórnia. O time liderado pelo armador Stephen Curry e pelo ala armador Klay Thompson vinham de uma temporada perfeita, onde marcaram um recorde de 73 vitórias e 9 derrotas na temporada regular, ultrapassando as 72 vitórias do Chicago Bulls de 1996, de Michael Jordan, Scott Pippen e Dennis Rodman, um dos maiores times da história do basquete.

Kevin Durant foi campeão da NBA em 2017 pelo Golden State Warriors
Campeão da NBA em 2017 pelo Golden State Warriors

Com Kevin Durant, o Golden State Warriors se tornou ainda mais vitoriosa vencendo os campeonatos de 2017 e 2018, ambos sobre o Cleveland Cavaliers de Lebron James, sendo Durant eleito o melhor jogador das finais nos dois anos. Se despediu em 2019 com o vice-campeonato, após uma temporada marcada por muitas lesões e que acabou com a derrota para o Toronto Raptors de Kawhi Leonard na final. Assinou com o Brooklyn Nets, onde atualmente tenta reconstruir a franquia, montando um time forte com nomes gigantes como Kyrie Irving – campeão em 2016 com o Cleveland Cavaliers -, James Harden – companheiro de equipe de Durant no Oklahoma City Thunder – e Blake Griffin – renomado pivô de Los Angeles Clippers e Detroit Pistons.

Investimentos através da Thirty Five Ventures

Como grande talento desde os primeiros passos no basquete, Durant sempre teve ótimos salários na NBA. Estima-se que na sua carreira, Kevin Durant acumulou mais de US$ 270 milhões em contratos na NBA do início de sua carreira até 2020 – sem contar patrocínios como os da Foot Locker e da Nike, na qual ele tem uma linha de tênis com seu nome.

E desde os seus primeiros salários, KD tem o hábito de investir boa parte do montante. Mas desde 2016, ele cresceu exponencialmente esses investimentos através da Thirty Five Ventures fundada com a intenção de investir em startup e empresas de inovação, principalmente nos setores de tecnologia, educação e saúde.

Entre seus principais investimentos estão empresas como a plataforma de investimentos Robinhood, a startup de entregas Postmates, e a operadora de criptomoedas Coinbase, o site de conteúdo esportivo The Players Tribune, a plataforma de ensino linguístico Cambly e até um time de futebol, o Philadelfia Union.

Somente com a Coinbase, estima-se que a Thirty Five tenha investido quando a empresa era avaliada em cerca de US$ 1,5 bilhão. Recentemente, a Coinbase realizou sua IPO levantando US$ 100 bilhões, uma valorização estimada de 61 vezes. Quando a Postmates foi comprada pela Uber, Durant teria lucrado mais de US$ 15 milhões na negociação. E ao que tudo indica, ele já tem planos de comprar o time de futebol americano de Washington, sua cidade natal.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.


Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.