Gauss Advisory FIC FIM

Investidor qualificado Apenas investidor qualificado
13 Risco Médio

A nova pontuação de risco leva em consideração critérios de risco, mercado e liquidez. Para saber mais, clique aqui.

Risco (0-100)

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Taxa de Administração (ao ano)

1,95 %

Cotização de Resgate

D+29 (Dias Corridos)

Aplicação Mínima

R$ 500

Público Alvo

Investidor Qualificado

Rentabilidade no Mês

0,23%

Rentabilidade no Ano

1,13%

Rentabilidade em 12M

0,43%

Rentabilidade em 36M

11,10 %

Estratégia

Informação fornecida pela gestora
O Gauss Advisory é um fundo Multimercado Macro que busca superar substancialmente, no longo prazo, a rentabilidade do CDI. A estratégia investe nos mais diversos mercados globais. Com uma gestão de risco monitorada em tempo real, são exploradas as melhores oportunidades do mercado através de um portfólio de posições táticas e estruturais. A gestão é realizada em um modelo de tesouraria, em que o CIO é responsável pelo livro central do Fundo e os demais gestores exercem total autonomia sobre os mercados em que são especialistas. O Gauss Advisory tem liquidez de 30 dias (sem taxa de saída), e tem como público alvo os investidores qualificados.

Comentário Mensal da Gestão

Informação fornecida pela gestora
No mês de junho, o Gauss Advisory apresentou perdas de -0.38%. Ao longo do mês, observamos a continuidade do processo desinflacionário na economia norte-americana. A inflação registrou o segundo mês consecutivo de melhora, sugerindo que os números do primeiro trimestre podem ter tido um aumento temporário, e não uma reaceleração sustentada, levando ao fechamento de juros e a renovação de máximas das Bolsas estadunidenses. Na Europa, após nove meses com taxas estáveis, o Banco Central Europeu (BCE) reduziu a taxa de juros em 25 pontos-base, de 4,0% para 3,75%. Ainda no Velho Continente, eventos políticos elevaram a incerteza sobre os ativos de risco durante o mês. As eleições parlamentares confirmaram o avanço da direita na União Europeia. No Brasil, constantes falas do atual presidente somado à incerteza fiscal resultaram na ampliação do prêmio de risco no país e refletiram na má performance da moeda e do juro. Em suma, os índices de ações globais tiveram desempenhos positivos (S&P +3.5% e Topix +1.3%), o dólar se fortaleceu (DXY +1.1%) e as taxas de juros fecharam (UST 10y -10bps). No local, os ativos tiveram performances mistas (IBOV +1.5%, USDBRL +6.6% e DI jan26 +76bps). O fundo registrou ganhos em juros e bolsas internacionais. Do lado negativo, foram observadas perdas nos mercados de crédito e juros locais. Em julho aumentamos significativamente nossa exposição a bolsas internacionais, com o maior aumento no índice Topix do Japão. Além disso, aumentamos nossas apostas na bolsa americana, mantivemos nossa exposição a bolsa italiana constante e aumentamos nossa aposta em Índia. Com relação à bolsa brasileira, mantemos um view neutro. No mercado de juros, encurtamos a posição aplicada na curva de juros do Canadá de 2 anos para 1 ano. Ademais, aplicamos na parte mais longa da curva americana com os dados dos EUA mostrando um alívio durante o mês de junho. No mercado de câmbio, mantivemos nossa exposição comprada no real e adicionamos posição vendida no peso mexicano contra o dólar. Por fim, no mercado de crédito, reduzimos pela metade a posição comprada na dívida soberana da Argentina após a aprovação dos novos projetos fiscais.

Principais Gestores

Informação fornecida pela gestora

Fabio Okumura

Fabio Okumura é sócio majoritário, CIO e membro do comitê executivo da Gauss Capital. Formado em engenharia de produção pela Escola Politécnica da Univer...

Leia a Bio completa  

A gestora

Informação fornecida pela gestora

A Gauss Capital foi fundada em setembro de 2014 por Fabio Okumura (CIO) e outros executivos com larga experiência em gestão de recursos. Em 2019, a gestora inicia um novo capítulo como uma gestora de recursos independente, que busca no Brasil e no mundo as melhores oportunidades de investimentos. A gestão é feita por uma equipe de profissionais de ponta, que alocam seu portfólio em diferentes classes de ativos no Brasil e exterior. Os sócios e associados estão alinhados por meio de um modelo de partnership e meritocracia. A maior parte do patrimônio dos sócios está investida nos fundos da própria gestora.

VER PÁGINA DA GESTORA

Rentabilidade Histórica

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Fundo 0,26% 1,84% 1,86% -3,46% 0,89% -0,38% 0,23% - - - - -
CDI 0,97% 0,80% 0,83% 0,89% 0,83% 0,79% 0,71% - - - - -
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Fundo 0,06% -1,59% 1,81% 1,97% 2,71% 2,98% -0,46% -2,29% 0,17% -0,96% -0,06% 1,99%
CDI 1,12% 0,92% 1,17% 0,92% 1,12% 1,07% 1,07% 1,13% 0,97% 1,00% 0,92% 0,90%
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Fundo -1,55% -0,03% 5,13% 3,64% -0,98% -0,51% 2,83% 0,59% 3,84% 2,27% -1,10% -1,73%
CDI 0,73% 0,75% 0,92% 0,83% 1,03% 1,01% 1,03% 1,17% 1,07% 1,02% 1,02% 1,12%
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Fundo -0,05% 0,85% -0,68% -0,21% 1,42% -1,49% 1,21% -5,67% -1,77% -3,58% 0,94% 1,41%
CDI 0,15% 0,13% 0,20% 0,21% 0,27% 0,30% 0,36% 0,42% 0,44% 0,48% 0,59% 0,76%
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Fundo -0,03% -7,24% 1,07% 7,55% 3,51% 3,96% 3,13% -1,88% -3,02% 0,35% 3,31% 5,11%
CDI 0,38% 0,28% 0,34% 0,28% 0,24% 0,22% 0,19% 0,16% 0,16% 0,16% 0,15% 0,16%
XPInc CTA

Abra sua conta na XP Investimentos

Patrimônio Líquido

Atual R$ 278 mil

Volatilidade

Atual 6,27%

Cotistas

Atual 559

Drawdown

Atual -0,65%

Risco e Retorno

No Ano 12 Meses 24 Meses 36 Meses Desde o Início
Rentabilidade 1,13% 0,43% 13,08 % 11,10 % 96,43%
Volatilidade 6,38% 6,27% 6,35% 6,80% 8,87%
Índice de Sharpe -1,14 -1,45 -0,69 -0,93 0,12

Consistência

Meses Positivos Meses Negativos Maior Retorno Mensal Menor Retorno Mensal Meses Acima CDI Meses Abaixo CDI Meses Acima IBOV Meses Abaixo IBOV
61 33 7,55% -7,24% 49 45 40 54

Indicadores Técnicos

Correlação em 12 meses (IMA-B) Correlação em 12 meses (IHFA) Correlação em 12 meses (Ibovespa) Perda Máxima (Desde início)
0,58 0,64 0,30 -19,07

Documentos

Características

Conheça as principais características operacionais do fundo

Básicas

CNPJ

25.307.278/0001-37

Aplicação Mínima

R$ 500

Taxa de Administração (ao ano)

1,95 %

Taxa de Performance

20,00 %

Cotização de Resgate

D+29 (Dias Corridos)

Liquidação de Resgate

D+1 (Dias Úteis)

Público Alvo

Investidor Qualificado

Benchmark

CDI

Classificação XP

Macro Alta Vol
Prestadores de Serviços

Gestor

Gauss Capital

Administrador

Santander DTVM

Custodiante

Santander

Auditor

PWC
Mais Informações

Risco

13

Data de Início

06/11/2014

Benchmark

CDI

Classificação CVM

Multimercado

Rating Morningstar

★★★★

Movimentação Mínima

R$ 100

Saldo mínimo de permanência

R$ 100

Cotização de Aplicação

D+1 (Dias Úteis)

Taxa Máxima de Administração (ao ano)

1,95 %

Objetivo

O FUNDO buscará proporcionar a valorização de suas cotas mediante aquisição de cotas de fundos de investimento que apliquem seus recursos em ativos financeiros e/ou modalidades operacionais disponíveis no âmbito do mercado financeiro, buscando através de estratégias de investimento baseadas em cenários macroeconômicos de médio e longo prazos rentabilidade acima do Certificado de Depósito Interbancário - CDI.

Política de Gestão

A gestão do Fundo CSHG Gauss está baseada na divisão de tarefas e na troca constante de informações/análises entre os gestores e o CIO, associadas a um rigoroso controle de risco. Cada gestor possui uma área de atuação bem definida e tem liberdade para implementar as estratégias que no seu julgamento ofereçam as melhores relações risco/retrorno para o Fundo . Além disso, o CIO possui um “book” e é responsável pela gestão de parte substancial do patrimônio do Fundo. O “book” do CIO tem como objetivos principais: (1) aumentar a exposição do Fundo naquelas estratégias que ofereçam os melhores risco/retorno para o Fundo; (2) reduzir ou eliminar riscos que pareçam inadequados para o Fundo; e (3) comprar proteções para o portfólio com o intuito de restringir ou eliminar eventuais riscos de cauda. O controle de risco é feito principalmente através de um sistema proprietário e está baseado nos seguintes instrumentos: (1) meta de ganho e “stop loss” para cada estratégia individual; (2) limites de draw down para cada “book” (o “book” do CIO e, consequentemente, o Fundo não possuem limite de draw down); (3) limites de VaR e stress por “book” e para o fundo. (restrito à sua área de atuação)

Tributação

Longo Prazo - Alíquota regressiva de IR de 22,5% a 15,0% incidida sobre o lucro obtido no momento do resgate.
XPInc CTA

Abra a sua conta na XP Investimentos!

XPInc CTA

Receba conteúdos da Expert pelo Telegram!

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.