CNPI: Saiba tudo sobre a certificação que eleva a carreira dos analistas de investimentos

O CNPI garante aos profissionais o título de analista de investimento de valores mobiliários, que inclui, por exemplo, a recomendação para os ativos na Bolsa de Valores, como ações, fundos imobiliários e ETFs; saiba mais


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

CNPI: Saiba tudo sobre a certificação que eleva a carreira dos analistas de investimentos

Algumas certificações, como a CFA e CFP, são reconhecidamente de distinção e não obrigatórias para exercer qualquer função no mercado financeiro. Outras, como a CPA-10 e CPA-20, são necessárias para trabalhar com clientes e com a venda de produtos financeiros. Mas há uma certificação, em específico, que consegue aliar distinção e obrigatoriedade para um cargo: o Certificado Nacional de Profissional de Investimento (CNPI). Conheça mais sobre ele a seguir.

O que é o CNPI?

O CNPI é uma certificação, administrada pela associação de Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec), que contempla um programa de qualificação para profissionais de investimentos que trabalham no mercado financeiro e, mais especificamente, no mercado de capitais brasileiro.

O CNPI garante aos profissionais o título de analista de investimento de valores mobiliários, que inclui, por exemplo, a recomendação para os ativos na Bolsa de Valores, como ações, fundos imobiliários, ETFs, etc.

De maneira geral, quem pretende tirar essa certificação quer atuar, com maior senioridade, nas seguintes áreas, de acordo com a APIMEC:

  • Administração de Recursos
  • Consultoria
  • Análise e Pesquisa Financeira
  • Investment Banking
  • Finanças Corporativas
  • Administração de Riquezas
  • Relações com Investidores
  • Vendas e Operações nos Mercados Financeiros e de Capitais

Por você deveria tirar o CNPI?

Ao tirar o CNPI, o analista adquire uma elevação na carreira porque passa a ter um papel muito importante na decisão dos investimentos de clientes. Isso porque esses profissionais podem, a partir da obtenção do CNPI, recomendar uma boa variedade de papéis, inclusive os da Bolsa de Valores, aumentando o seu leque de atuação.

E, assim como outras certificações de distinção, ter o selo do CNPI no currículo dá tranquilidade aos clientes e avaliadores de carreiras em grandes empresas, pois esses profissionais precisam se submeter a um rigoroso e respeitado código de ética e padrões de conduta profissional da APIMEC.

Como tirar o CNPI?

Para tirar o CNPI é preciso três requisitos:

  • Comprovar diploma em um curso reconhecido como graduação pelo MEC;
  • Disponibilidade para pagar os exames. Veja os valores abaixo;
  • Ser aprovado nos exames.

Os exames oferecidos pela Apimec são realizados pela FGV e é possível fazer as provas em praticamente todo o território nacional. Há três categorias diferentes: CNPI para o analista fundamentalista, CNPI-T para o analista técnico e CNPI-P para o analista pleno ( que contempla tanto o analista fundamentalista quanto o técnico).

Para obter a certificação, é necessário passar nos seguintes exames:

CB – Conteúdo Brasileiro – fase comum para o analista fundamentalista, técnico e pleno.

Uma prova de duas horas de duração com 60 questões de múltipla escolha contendo as seguintes matérias: Sistema Financeiro Nacional, Mercado de Capitais, Mercado de Renda Fixa, Mercado de Derivativos, Conceitos Econômicos, Conduta e Relacionamento, Governança Corporativa, Relações com Investidores e Sustentabilidade.

CG1 – Conteúdo Global 1 – fase para o analista fundamentalista

Uma prova de duas horas de duração com 60 questões de múltipla escolha contendo as seguintes matérias:
Análise e Avaliação de Ações e Finanças Corporativas: 30 questões;
Contabilidade Financeira e Análise de Relatórios Financeiros: 30 questões

CT1 – Conteúdo Técnico 1 – fase para o analista técnico

Uma prova de duas horas de duração com 60 questões de múltipla escolha contendo as seguintes matérias: Fundamentos da Análise Técnica; Teoria de Dow, Conceito de Tendência, Figuras Gráficas, Teoria das Ondas de Elliott, Padrões Candlestick; Indicadores, Gerenciamento de Risco, Estratégias Operacionais e Trading Systems..

O profissional aprovado no CB e CG1 será certificado com o CNPI (recomendações através de relatórios de análise fundamentalista). Já o profissional aprovado no CB e CT1 será certificado com o CNPI-T (recomendações através de relatórios de análise gráfica). E, por último, o profissional aprovado no CB, no CG1 e no CT1 será certificado com o CNPI-P (recomendações através de relatórios de análise fundamentalista e/ou técnica).

Como funciona a dinâmica dos exames?

De acordo com a APIMEC, o candidato pode fazer a inscrição separadamente em qualquer um dos exames pelo site, com o prazo de 12 meses, contados da data da realização do primeiro exame em que foi aprovado, para realizar os outros exames se quiser. Os exames podem ser agendados em diferentes datas.

Se o candidato não conseguir respeitar esse prazo e quiser fazer um novo exame, precisará realizar nova inscrição para obter aprovação nas provas.

Para mais informações, acesse o site da APIMEC.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.


Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.