Mentindo por uma boa causa: Quando até mesmo o detector de mentiras é passado pra trás

Conheça o experimento comportamental de Dan Ariely que analisa a relação com a mentira



Dan Ariely é um dos professores mais respeitados no mundo na área de psicologia e economia comportamental. No documentário recente sobre o escândalo da empresa de teste de sangue Theranos, Dan Ariely dá uma entrevista muito interessante, falando sobre um experimento que fez com diversas pessoas.

Ele pede que a pessoa jogue um dado e diga que número caiu. Nesse momento, a pessoa podia escolher tanto o número de cima, como o debaixo. Ou seja, se caísse no 2, ela podia escolher o 2 ou o 5. Se caísse no 3, ela podia escolher o 3 ou o 4, se caísse no 1, ela podia escolher o 1 ou o 6, e assim por diante. Além disso, a pessoa era remunerada de acordo com a escolha que fazia. Se caísse no 1, por exemplo, a pessoa escolhia o 6 e ganhava 6 doláres, e assim por diante. Dan Ariely não via o número e pagava a pessoa inteiramente baseado no que ela estava dizendo.

Depois de fazer inúmeras vezes esse experimento, o professor notou que as pessoas estavam mentindo, já que diziam de forma mais recorrente ter obtido as faces 6 ou 1 e de forma menos recorrente as faces 3 ou 4. Esse comportamento era comprovado já que a pessoa testada estava conectada a um detector de mentiras e o aparelho, de fato, detectava aqueles que estavam mentindo.

Numa outra versão do experimento, ele avisa que todo o dinheiro que a pessoa ganhar será destinado a uma instituição de caridade. Essa simples mudança no experimento traz resultados surpreendentes: as pessoas mentem mais e o detector de mentiras não consegue detectar quem está mentindo. Por quê? Porque o aparelho detecta mentira quando existe uma tensão. Quando a pessoa está mentindo por uma boa causa, ela não acredita que está fazendo algo errado, logo não fica tensa. Por isso, o detector não consegue captar que a pessoa está mentindo.  

Experimentos como esses podem ser vistos também no interessante documentário “(Dis)Honesty – The Truth About Lies”. Nele, Dan Ariely explora a tendência do ser humano em ser desonesto, se utilizando de diversas histórias, exemplos e experimentos. Para assistir o documentário, clique aqui. Veja abaixo o trailer:

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.