Morning Call Private (07/08): Guarda-chuva em dia de sol

Veja a análise diária dos especialistas da XP Advisory



A grande maioria já deve ter escutado de nós essa expressão e entende bem o que ela quer dizer.

Um erro comum de julgamento ou de comportamento do ser-humano é extrapolar para o longo prazo ambientes ou sentimentos de curto prazo. Quando atravessamos alguns dias seguidos de sol, costumamos ter um sentimento que nunca mais existirão dias de chuva.

O mercado financeiro, organismo vivo que melhor reflete, para o bem e para o mal, o nosso modelo de comportamento, não fica alheio à esse tipo de erro. Após um longo período de alta ou de baixa, os agentes de mercado passam a acreditar que o preços dos ativos seguirão a mesma tendência, quase que, eternamente.

A ideia de comprar guarda-chuva em dia de sol segue o mesmo raciocínio. Gostamos de comprar seguros baratos, quando todos acreditam que nada de ruim acontecerá no futuro. São nesses momentos que os seguros são oferecidos a preços bem atrativos. Afinal, ninguém acredita que alguma evento adverso acontecerá quando tudo está dando certo. É aí que surgem algumas assimetrias.

Como temos ditos, continuamos com nosso cenário estrutural que o excesso de liquidez, as taxa de juros zero e os pacotes fiscais seguirão reflacionando os preços dos ativos ao longo dos próximos semestres. Não acreditamos que esse ambiente sofrerá nenhum grande retrocesso fundamental por um longo tempo. Porém, isso não significa que não tenhamos dias de chuvas e trovoadas no curto prazo no caminho.

Pode ser que tenhamos dias de chuva logo, como também pode ser que não tenhamos por um longo tempo. Muito provável que sim. Mas com os atuais níveis de preços, mais esticados e com menor margem de segurança, a sensibilidade à notícias negativas será maior e a chance de um movimento de queda também aumentou. Nesse sentido, existe uma assimetria muito favorável em montar estruturas de proteção com custo baixo.

Faz parte da nossa filosofia de investimento sempre carregar seguros para eventos desconhecidos não antecipáveis, como os “cisnes negros”, expressão cunhado por Nicholas Taleb. São seguros para eventos de ruptura, de grande stress, que geram grandes movimentos de preço. Mas, os nossos guarda-chuvas de agora sao proteções baratas para eventos de curto prazos, de alguma maneira conhecidos. Queremos nos proteger de uma queda conjuntural e temporária, com objetivo de mitigar risco e nos manter aptos a aproveitar oportunidades que venham a surgir. Estamos ativos e conscientes de eventos de curto prazo que possam acontecer e queremos agregar mais valor, podendo aproveitar oportunidades que venham a surgir nesses momentos.

Equipe XP Advisory

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.