Paraná Banco

Entenda aqui quem é o Paraná Banco.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Este é um relatório informativo sobre as operações do Paraná Banco.

Para informações sobre taxas de CDBs, LCIs, LCAs, LCs, acesse a Plataforma da XP.

Caso não tenha familiaridade com o setor bancário, sugerimos leitura dos seguintes artigos: Balanço de bancos: saiba como analisar a saúde financeira das instituições, Bancos Médios: conheça as principais frentes de atuação das instituiçõesSaiba tudo sobre o FGC.

Resumo: O Paraná Banco é uma instituição financeira com foco em crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS, servidores federais, militares e pensionistas do exército, e servidores municipais e estaduais. Conta como diferencial competitivo plataforma digital de originação de crédito, com abrangência nacional. O elevado volume de investimentos para consolidar as operações digitais pressionou a rentabilidade do banco em 2020, porém, os balanços do 1S21 apontam para menores despesas daqui em diante. A natureza do crédito consignado (risco baixo) permitiu que o Paraná expandisse sua carteira mesmo com a crise da covid-19.

Destaques positivos

  • Foco em consignado público.
  • Plataforma de originação de empréstimo consignado 100% online.
  • Gestão conservadora.
  • Histórico resiliente.

Pontos de atenção

  • Investimentos em tecnologia.

Ao investir em um dos ativos do Paraná Banco elegíveis à garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), como CDB, LC, LCI e LCA, o investidor está coberto até o limite de R$250 mil*.

Letras Financeiras (LFs) não são garantidas pelo FGC.

Quem é o Paraná Banco?

Histórico

A Paraná Financeira foi fundada em 1979 pelo Grupo JMalucelli, com atuação em crédito pessoal e financiamento de veículos. Se tornou Paraná Banco em 1989, após autorização do Banco Central.

Iniciou suas atividades em empréstimo consignado em 1995, após a promulgação de lei estadual que possibilitava as operações com funcionários do Estado do Paraná. Com isso, se tornou um dos primeiros bancos a atuar nessa frente no Brasil.

Nos últimos anos, realizou o fechamento de seu capital em 2017, 10 anos após seu IPO, o que fez com que as ações deixassem de ser negociadas na B3, e revisou seu posicionamento ao concentrar as operações em empréstimo consignado, a partir de 2018.

O processo de digitalização das atividades foi consolidado em 2019 a partir da implantação de melhorias internas e a solução de Formalização Digital (end-to-end), que permitiu a ampliação da área de atendimento a todo o território nacional.

Atuação

As operações do Paraná Banco são organizadas a partir de duas marcas:

PB Consignado: concentra as atividades de crédito consignado do grupo, seu core business. A instituição atende aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), servidores federais, militares e pensionistas do exército, e servidores municipais e estaduais, estes através de mais de 120 convênios.

Paraná Banco Investimentos: disponibiliza opções de aplicações em renda fixa, renda variável e fundos de investimentos para pessoas físicas e jurídicas. Tem como finalidade ampliar a base de captações do banco.

O banco também controla a Junto Holding, tendo como sócia minoritária a norte-americana The Travelers Companies. Por meio da controlada, atua no segmento de seguro garantia com a Junto Seguros e ressegura as apólices de seguro garantia e fiança locatícia pela Junto Resseguros.

Presença

Em junho de 2021, o Paraná Banco contava com 23 lojas próprias, 136 correspondentes exclusivos e 101 correspondentes multimarcas. Sua rede de atuação presencial abrange os estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal e Bahia.

Com a consolidação da plataforma digital, o banco criou condições para originação de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS em todo o território nacional.

Fonte: Paraná Banco. Elaboração: XP.

Principais fatores do crédito

Para melhor entendimento, esclarecemos que a nomenclatura “2T21” significa “segundo trimestre de 2021” e 1S21 “primeiro semestre de 2021”. Suas variações também se aplicam (ex: 4T20 seria o quarto trimestre de 2020).

Para mais informações sobre análise financeira de bancos, clique aqui.

Carteira de crédito

Fonte: Paraná Banco. Elaboração: XP.

Desde a implementação da solução digital e a modernização do canal físico, a carteira de crédito do Paraná Banco seguiu apresentando expansão consistente. A carteira de crédito encerrou o 1S21 em R$ 5,8 bilhões, valor 1,1% superior ao saldo de 2020 e 19,7% acima do registrado no mesmo período do ano anterior. Além do crédito consignado, que representou praticamente o total da carteira, o banco carrega a carteira legado de home equity e crédito empresarial, em processo de descontinuação à medida em que os créditos vencem.

No crédito consignado, o valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento de aposentados, pensionistas ou funcionários públicos, o que diminui consideravelmente o risco de inadimplência.

Quanto à composição da carteira de crédito consignado por escopo, 69,0% se referem a aposentados e pensionistas do INSS, 10,5% são oriundos de funcionários públicos e aposentados na esfera estadual, 10,0% para servidores municipais e 10,6%, federais.

Enxergamos como positiva a concentração da carteira em INSS, linha menos exposta a riscos fiscais em comparação com os demais convênios estaduais e municipais. O Paraná Banco possui uma estratégia em curso de aumentar a produção de novos empréstimos do INSS, o que resultou no aumento da participação na carteira de crédito consignado de 46,9% ao fim de 2019 para 68,4% no 1S21.

Ressalta-se a promulgação da Medida Provisória (MP) 1.006/20, em outubro de 2020, que aumentou temporariamente a margem consignável do INSS, ou seja, a parcela do benefício previdenciário que pode ser usada como pagamento no crédito consignado. O aumento foi de 30% para 35% até dezembro de 2020, excluindo cartão consignado, o que contribuiu com o crescimento da carteira.

Outro fator de crescimento em 2020 foi o avanço da originação de empréstimos por meio dos canais digitais, solução implementada no 1T19, que obteve elevada aceitação por parte dos clientes, ampliando a região de atuação para todo o território nacional.

A sanção da Lei 14.131/21 em março de 2021, que ampliou novamente para 35% o percentual máximo para a contratação de empréstimos consignados em relação à folha de pagamento, poderá ser um catalisador para um novo ciclo de expansão da carteira de crédito. O aumento vale até o fim de 2021 e inclui além de aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos (ativos e inativos) e militares. Nesse sentido, a originação no 1S21 totalizou R$ 663,1 milhões, valor 2x maior ao apurado no mesmo período do ano anterior.

Nota-se que a originação por meio digitais atende apenas a linha de consignado INSS, enquanto as agências físicas permitem a contratação de todo os escopos.

Fonte: Paraná Banco. Elaboração: XP.

Dada a natureza das operações de crédito consignado, a inadimplência da carteira segue em níveis reduzidos, mesmo com crescimento na concessão de crédito. A proporção de créditos nas categorias de D a H, segundo a Resolução BC 2.682/99, em relação à carteira classificada total, atingiu 3,0% ao fim do 2T21, ante 3,1% no 4T20 e 3,6% no 2T20.

A provisão para devedores duvidosos encerrou o semestre em R$ 142,6 milhões, contração de 3,1% ante o apurado em 2020 e de 17,2% frente ao 1S20. O percentual da carteira provisionada ao fim de junho foi de 2,5%.

Rentabilidade

Fonte: Paraná Banco. Elaboração: XP.

Houve avanço de 205,4% no lucro operacional no 1S21 em relação ao 1S20 para R$ 139,9 milhões e 188,7% no lucro líquido para R$ 94,7 milhões, totalizando Return on Equity (ROE) de 9,1%. O crescimento pode ser explicado pelo crescimento nas receitas de intermediação financeira, além do menor volume de investimentos em tecnologia e gastos com pessoal para a implantação da solução de formalização digital.

O banco passou por um período de retração em seu resultado e em sua rentabilidade em 2020, explicada pelos gastos com a plataforma digital, que foram concentrados no ano. Além disso, também se atribui a queda no lucro ao crescimento da carteira de crédito, que implica maiores despesas de contratação. Ao longo do tempo, as despesas serão diluídas pela rentabilização da carteira.

Capital

Fonte: Paraná Banco. Elaboração: XP.

Ao fim do primeiro semestre de 2021, o Índice de Basileia da instituição foi de 27,9%, aumento de 2,5 pontos percentuais ante o registrado ao fim de 2020, nível considerado elevado. O avanço do indicador é decorrente da expansão do capital principal, devido ao aumento de lucros acumulados em função de maiores receitas com o crédito consignado.

Nota-se que o Índice de Basileia apurado no trimestre foi significativamente superior ao atual patamar de 9,625% exigido pelo Banco Central, conferindo conforto à instituição.

Liquidez

O Paraná Banco encerrou o 1S21 com R$ 818,2 milhões em disponibilidades, valor 59,4% inferior quando comparado ao fim de 2020. A contração é justificada pelo elevado volume de captações realizado em 2020. Mesmo assim, o índice de liquidez de curto prazo do banco, que mede a capacidade de pagamento da instituição, encerrou o semestre em 1,3x, nível considerado adequado.

Pondera-se que o Paraná Banco conta com bom histórico de emissões no mercado de capitais, tendo realizado sua última no último mês de agosto: a 7ª Emissão Pública de Letras Financeiras levantou R$ 459 milhões.

Composição acionária

A participação no capital do Paraná Banco é composta majoritariamente por membros da Família Malucelli. Joel Malucelli possui a maior participação, 44,4% do capital total, porém nenhuma ação ordinária.

*Ao investir em um de seus ativos, o investidor está coberto pelo Fundo Garantidor de Créditos – FGC – para aplicações até o limite de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ por conjunto de depósitos e investimentos em cada instituição ou conglomerado financeiro, limitado ao teto de R$ 1 milhão, a cada período de 4 anos, para garantias pagas para cada CPF ou CNPJ.

Glossário

Liquidez: A relação entre os ativos mais líquidos de curto prazo e os passivos exigíveis no curto prazo. Esta é uma medida de cobertura de seu saldo devedor mais curto. Quanto maior o índice, melhor a situação da instituição financeira.

Basileia: parte de acordos bancários firmados entre diversos bancos centrais do mundo para prevenção de risco de crédito. Mede a relação entre capital próprio e o capital de terceiros que será exposto a risco por meio da carteira de crédito do banco.

ROE: é o quociente entre lucro líquido e patrimônio líquido da instituição. É uma medida de rentabilidade.

Carteira D-H: Classificação determinada pelo Banco Central na resolução nº 2.682. Os créditos bancários são classificados em nove níveis, sendo eles: AA (menor risco), A, B, C, D, E, F, G e H (maior risco). Sendo assim, a carteira E-H inclui os créditos mais arriscados e aqueles com atraso de pagamento a partir de 61 dias. Esses créditos exigem provisão entre 10% e 100% sobre o valor das operações.

Veja mais

Fonte

Paraná Banco

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.