O FGC é seguro: entenda o porquê

No dia 26 de maio, realizamos uma live em que Camilla Dolle, analista de renda fixa da XP, e Lucas Genoso, analista de crédito da XP, conversaram com o CEO do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), Daniel Lima, sobre o que é o FGC e porquê ele é seguro. Trazemos abaixo os principais pontos de […]


Compartilhar:


No dia 26 de maio, realizamos uma live em que Camilla Dolle, analista de renda fixa da XP, e Lucas Genoso, analista de crédito da XP, conversaram com o CEO do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), Daniel Lima, sobre o que é o FGC e porquê ele é seguro.

Trazemos abaixo os principais pontos de destaque desta conversa, inclusive em relação à segurança do fundo:

Quem é o FGC?

  • Entidade privada que administra um mecanismo de proteção para os investidores menores, que podem ter acesso restrito a informações e por gerar movimento de confiança com relação à solidez do Sistema Financeiro Nacional.
  • É um órgão transparente, com divulgações financeiras semestrais. Dados estão disponíveis em www.fgc.org.br
  • São 231 instituições financeiras associadas, que contribuem com percentual dos depósitos elegíveis para a formação dos recursos disponíveis do FGC.
  • Alguns dos principais ativos bancários cobertos são CDBs, LCIs, LCAs, LCs e RDBs.

Quem é coberto?

  • A garantia ordinária do FGC é de R$ 250 mil por CPF e por conglomerado financeiro. Além disso, há limite de R$ 1 milhão a cada quatro anos (caso um mesmo investidor seja credor de diferentes bancos que venham a quebrar dentro do período de quatro anos, com montante máximo de cobertura de R$ 1 milhão).
  • O recurso pago aos investidores não é perdido pelo FGC. Após o processo, o fundo torna-se credor da instituição que teve dificuldades e pode recuperar, ao menos em parte, o valor da garantia paga aos investidores.
    • Os investidores contemplados pela garantia devem, por enquanto, se dirigir às agências bancárias apontadas pelo FGC, pois lá assinam um termo confirmando o recebimento do valor.
    • Esta e outras etapas operacionais podem atrasar de certa forma o pagamento, porém são importantes para a segurança jurídica do processo.
    • O FGC está desenvolvendo um aplicativo para melhorar este processo para que se mantenha de forma segura, porém com maior rapidez.

O que não é coberto?

  • Risco moral (moral hazard): não é benéfico que todos os tipos de ativos sejam cobertos por uma garantia extra, pois cria-se o “risco de se tomar risco demais”, uma vez que, caso algo dê errado, é um terceiro quem paga a conta. Por isso, é importante para a saúde financeira do mercado que analistas tenham incentivo para continuar a avaliar riscos.
  • Tesouro Direto não é coberto pelo FGC, porque não tem necessidade de ter um instrumento de proteção contra o governo.
  • Fundos de investimento não são cobertos pelo FGC, pois contam com a gestão profissional de gestores para fazer a avaliação de risco para seus cotistas.

Posso confiar?

Segundo o relatório anual do FGC, em 2019 ele tinha R$ 80,6 bilhões de patrimônio, sendo que R$ 54,6 bilhões correspondiam a caixa ou ativos que poderiam ser convertidos em caixa. Os depósitos elegíveis e cobertos totalizavam R$ 1,2 trilhão.

Isso às vezes causa receio nos investidores, por parecer que a garantia pode não ser suficiente para cobrir os investidores. No entanto, vale ressaltar que 99,7% dos clientes das instituições associadas ao FGC estavam 100% cobertos pela garantia de R$ 250 mil.

Os seguintes pontos foram levantados e explicados por Daniel Lima na live, demonstrando a elevada segurança do fundo e critérios rigorosos para definição do tamanho do fundo:

  • Premissa importante para a definição de recursos que o FGC deve ter em caixa é de que a indústria inteira não vai colapsar ao mesmo tempo.
    • Para custear este cenário improvável, seria muito mais caro para a sociedade (lembrando que os recursos do FGC vêm dos bancos), que provavelmente enfrentariam elevação de taxas e spreads bancários.
    • Nosso sistema financeiro é um dos mais saudáveis do mundo: temos fiscalização do Banco Central, normas de capital em padrões internacionais etc.
    • Análise de risco: o FGC conta com diversos modelos estatísticos para analisar o risco agregado do sistema. Com isso, chegam à segurança dos parâmetros de risco para identificar o tamanho ideal de reservas dado o risco do sistema financeiro.
    • Sempre tem reservas suficientes para aguentar cenários de estresse importantes (ou seja, de baixa probabilidade).
    • Os modelos são revistos periodicamente.
    • O tamanho do fundo é determinado em uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN).
    • As premissas são testadas tecnicamente pelo Banco Central. É um processo rigoroso que conta com contribuições de diversas partes interessadas na manutenção da saúde do sistema financeiro.
  • Existem pares do FGC em diversos outros países do mundo.

Por fim, ressaltamos que historicamente o FGC sempre honrou com as garantias dos investidores quando necessário (37 vezes nos últimos 24 anos). O prazo médio dos pagamentos foi de 90 dias.

Veja mais

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.